Criar um Site Grátis Fantástico
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
VOTE
Qual Clube tem a 5ª maior torcida do Rio ?
América
Bonsucesso
Bangu
Volta Redonda
Portuguesa
Macaé
Goytacaz
Americano
Ver Resultados

  • Currently 2.72/5

Rating: 2.7/5 (541 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página

 

 

 


Ceres
Ceres

                                                                         

Amor pelo clube, semelhança com Marcos

Braz e o sonho da 1°: Winston conduz

Ceres a mais uma temporada

Clube celeste mantém a base para a disputa da Série B2 do Campeonato Carioca de 2021.

 

Postado dia 09/04/2021 ás 12h09 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Pode ser uma imagem de 2 pessoas e pessoas sorrindo

Winston e Léo Flores, com o troféu da Série C em 2019. (Foto: Divulgação)

 

Desde o início do século 21, se falou em Ceres, falou-se em Winston Soares, vice-presidente de futebol do clube á 22 anos. Um dos grandes conhecedores do futebol carioca, o dirigente estará mais um ano coordenando o futebol da celeste.

Apaixonado pelo clube, Winston é conhecido pelo seu temperamento vibrante nas partidas da equipe pelo estadual. Apoiador de estilo ofensivo em campo, suas características lembram de Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo. Ambos tem quase as mesmas idades, e dedicaram suas vidas aos seus respectivos clubes. 

Se formos falar de idolatria por parte da torcida, o Ceres não se resume apenas dentro de campo. Léo Flores, Dionísio, Claudio Pagodinho, Eudes e Douglas Silva, são grandes ídolos recentes da história do clube, mas Winston não fica para atrás. 

Além do título da Série C, é plausível lembrar que de 2019 até o momento, o Ceres deixou de brigar pela últimas posições, para ser campeão, e vice da Taça Waldir Amaral em 2020. A expectativa da torcida é grande para a Série B2 deste ano. 

A base é olhada com carinho pelo dirigente, uma vez que os jovens atletas enxergam o clube como uma boa oportunidade no seus inícios de carreira. Em 2006, o Ceres disputou a Copa São Paulo de Futebol Junior, terminando em 4º lugar, atrás do Corinthians. 

Torcedor do Ceres á mais de 20 anos, e presente in louco nas arquibancadas do estádio João Francisco em 1997, quando a celeste foi vice-campeão da segunda divisão, Leonardo Vieira destaca a história do dirigente pelo clube. 

— O Winston tem quase 23 anos de Ceres e nesse tempo enxerguei um amor incondicional pelo clube. Nunca mede esforços, não só para tentar o acesso, mas também para colocar o time em campo. O Ceres tem muitas dificuldades financeiras, os investimentos geralmente são pontuais, mas ele não deixa a casa cair e está sempre se esforçando para o clube se manter em atividade e escrever seu nome na história do futebol carioca — disse Léo, que completou.

— As expectativas são sempre boas. Sempre há o esforço dele e isso é muito importante. Vejo ele sempre planejando, sempre à frente de dirigentes de outras equipes. Não é a toa que, mesmo sem recurso algum, conseguimos conquistar a Série C em 2019. As vezes as coisas não saem como o planejado, pois tem muito aventureiro que se traveste de investidor de futebol e acaba prejudicando o andamento, vide as Série B1 e B2 de 2016, 2017 e 2020. Mas o vejo sempre correndo atrás e imagino que um dias as coisas vão acontecer. Imagino o Ceres na primeira divisão do Estadual ou até em alguma competição nacional antes do seu centenário — concluiu.

Sempre que possível, Leonardo busca assistir aos jogos do clube. Esteve nas finais em janeiro contra o Pérolas Negras, e 2019, contra o Campo Grande. Conhecedor da história do Ceres, busca um dia, trabalhar no seu clube de coração, mesmo que de forma voluntária, sem remuneração.

Com a base mantida, o Ceres deve retornar aos treinamentos a partir do meio do ano. A expectativa fica por conta da continuidade do treinador Leandro Silva. Luiz Carlos Pinto, seu auxiliar, tem a permanência garantida, pois comanda o Sub-20 do clube.

Capitão da equipe, o experiente Léo Flores, de 42 anos, vai para a sua 16ª temporada no clube, onde tem 238 jogos completados. Cláudio Pagodinho, de 35 anos, é outro confirmado para 2021. Com 105 jogos pelo clube, o CP7, tem 54 gols marcados. Ambos, tem contrato com o Ceres até o fim de 2021.

 

 

 

 

 

 

 


Wellington Zarur e João Vitor: Conheça as

estrelas da base do Ceres que prometem

agitar o futuro do clube

Jovens atletas chegaram no último ano após a conquista do título Sub-17 conquistada pela Angeluz, clube amador de Bangu.

 

Redação Futshow - 28/02/2021 ás 12h17 - (Bangu - Rio de Janeiro) 

Nenhuma descrição disponível.

Wellington e João Victor: Juntos buscam a ascensão na celeste. (Foto: Divulgação)

 

Vice-campeão da Taça Waldir Amaral de 2020, o Ceres já se articula nos bastidores visando a disputa da Série B2 do Campeonato Carioca, que tem inicio marcado para o final de setembro. 

Destaques da equipe na última temporada, o goleiro Léo Flores, zagueiro Davi, volante Thiago Sapo, meia Matheus Manhães e os atacantes Negueba e Claudio Pagodinho, estão garantidos para a competição no segundo semestre, já que ambos tem contrato até o fim do ano. A expectativa é que alguns atletas da base sejam integrados ao elenco principal.

A equipe celeste se notabilizou no mercado nacional nos últimos anos, após os atacantes Eduardo da Silva, brasileiro naturalizado croata, e Pedro, campeão brasileiro pelo Flamengo, terem atuado nas categorias de base do clube. Apesar de não terem atuado profissionalmente, nem recebido nenhum valor pela negociações dos ex-atletas, cresceu o interesse dos jovens em atuar pelo clube, sonhando com o crescimento no mundo do futebol. 

Diante disso, dois atletas que chegaram ao Ceres em 2020 vem dando resultados dentro de campo para o clube e seus companheiros. O meia Wellington Zarur, de 16 anos, e o atacante João Victor, de 17, vem colecionando vitórias e boas atuações, podendo ser coroado com título nos próximos dias, já que a equipe do treinador Luiz Carlos está na final da Rio Copa. 

Conhecidos no clube como Zarur e Zero Um, a dupla se destacou na Angeluz, clube amador da Vila Kennedy, no inicio do ano passado, onde se preparavam para disputar a Taça das Favelas. Sem a maior competição de favelas do mundo, o time disputou a Copa Ceres Sub-17, onde foi campeão, com Zero Um sendo o artilheiro da competição, e Zarur o melhor jogador. 

No bairro onde moram atualmente, a inspiração dos atletas são os ex-jogadores da comunidade que viram jogar, como Léo Moura, Hugo, Flávio Barros, Eduardo da Silva, Gabriel Silva, Felipe Dias e Patrick Vieira, além do seu próprio treinador Luiz Carlos. Todos se tornaram profissionais e atuaram por grandes equipes do futebol brasileiro como Flamengo, Vasco, Grêmio, São Paulo, Palmeiras e Corinthians. 

A expectativa é que ambos disputem a Série B2 Sub-20, que terá inicio em setembro. A esperança de um futuro promissor para os jovens atletas só aumentam, juntamente com a ansiedade das portas dos principais clubes do Brasil se abrirem. 

O Ceres retornará aos treinos em breve para a disputa do Campeonato Carioca. A expectativa é grande na diretoria e nos torcedores pelo trabalho do treinador Leandro Silva. 

 

 

 

 

 


Leandro e Luiz: Responsáveis por colocar

Ceres na final, dupla ainda não tem

permanência confirmada para B2

Treinador e seu auxiliar foram determinantes na mudança de postura do clube na competição, após flertar com o rebaixamento em todo o primeiro turno.

 

(Lucas Martins - 12/02/2021 ás 10h44 - Bangu)

Nenhuma descrição disponível.

Dupla deu certo no Ceres. (Foto: Divulgação/Arte)

 

Na FERJ, o inicio da Série B2 está programada só para setembro, mas no Ceres a preparação já começou. A diretoria já deu seus primeiros passos na busca do planejamento da comissão técnica para 2021. 

A prioridade é a permanência do treinador Leandro Silva e o auxiliar Luiz Carlos, onde ambos conquistaram o clube e a torcida pelo método de trabalho implantado. Desde que iniciaram a parceria, juntos conquistaram duas derrotas, três empates e seis vitórias, com o vice-campeonato da Taça Waldir Amaral, perdendo na final para o Pérolas Negras. 

O Ceres deseja que ambos continue o trabalho para o Carioca, mas não será fácil, pois tem sondagens do mercado e são alvos de pelo menos dois clubes, segundo a apuração do 'Futshow'. Pesa a favor da celeste que Luiz é o treinador do Sub-20, que está na final da Rio Copa e está em preparação para competições da categoria. Porém a B2 deve começar só em setembro, o que deixará 'parado' Leandro caso ele permaneça. Outra alternativa é ele assumir alguma equipe e voltar a celeste para a B2.

Leandro falou sobre a chance de continuar no Ceres. 

— Até agora não tenho nada certo não, não sei o que vai acontecer na realidade. Muito cedo ainda, o campeonato é só em setembro tem muita coisa para rolar ainda. Por enquanto estou esperando, não tenho nada definido não — concluiu em rápidas palavras. 

Com Leandro e Luiz como prioridades, o Ceres deve voltar aos treinos em julho. A expectativa é para a permanência de Léo Flores e Claudio Pagodinho, pois ambos tem contrato até o fim de 2021.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


No João Francisco, Ceres e Barcelona

empatam em jogo-treino antes da B2

 

A equipe celeste confirmou que o Alzirão será sua casa na B2. Já o Barça, assim como o 7 de Abril, mandará seus jogos no CFZ.

 

Postado dia 30/10/2020 ás 18h - (Estádio João Francisco - RJ)

Apesar do zero a zero, equipes protagonizaram uma boa partida. (Foto: Luccas Santos/Futshow)

 

Em amistoso de preparação, Ceres e Barcelona apenas empataram sem gols nesta sexta-feira (30) no Estádio João Francisco, em Bangu. 

No primeiro tempo, a equipe celeste teve duas grandes oportunidades com Cláudio Pagodinho, a primeira em cobrança de falta, que passou raspando a trave do goleiro Cássio, já a segunda, em finalização com a perna direita. Quase no fim do primeiro tempo, o Ceres teve nova oportunidade com Jobinho, que em bonito chute finalizou para a grande defesa do arqueiro.

Na segunda etapa, o Barcelona voltou melhor e igualou as ações da partida. Em chutes à queima roupa, Léo Flores fez milagre ao salvar a equipe duas vezes.

A partida se equilibrou, e outras chances foram criadas por ambas as equipes, porém, o zero não foi tirado do placar. 

 

 

 

 

 

 

 


Em primeiro amistoso de preparação para

B2, Ceres goleia o Porto Real por 4x0

Os gols foram marcados por Felipe Negueba, destaque do jogo com dois gols e bola na trave, Felipe Xuxa e Lucas Linguinha.

 

Postado dia 29/10/2020 ás 21h30 - (Estádio João Francisco - RJ)

Partida aconteceu sob os olhares do treinador Valber Lessa. (Foto: Christian Fuentes)

 

A equipe do Ceres realizou na manhã desta quinta-feira (29/10), o primeiro amistoso visando o início do Campeonato Carioca. O Alviceleste de Bangu derrotou a equipe de Porto Real pelo placar de 4 X 0.

 

Os gols foram marcados por Felipe Negueba, destaque do jogo com dois gols e bola na trave, Felipe Xuxa e Lucas Linguinha. O meio campista Maia também se destacou na partida, com bons passes, muita movimentação e ótima visão de jogo. O sistema defensivo pouco foi exigido.

Alguns jogadores, entre eles os principais nomes do equipe, como o goleiro Léo Flores e o atacante Cláudio Pagodinho, não atuaram na partida de hoje. Amanhã haverá outro amistoso, dessa vez contra o Barcelona - Rio. A tendência é que os jogadores citados iniciem o confronto como titulares.

O Ceres estreia na Série B2, no próximo dia 6 de novembro, às 15h, fora de casa, diante do Mesquita, no estádio Louzadão.

 

 

 


Com retornos de Pagodinho e Léo Flores,

Ceres se reapresenta com reforços para B2

Mantendo a base da equipe campeã do ano passado, alviceleste fará contratações pontuais para o elenco visando o campeonato estadual. 

 

Postado dia 14/10/2020 ás 14h45 - (Bangu - RJ)

Pagodinho está de volta ao clube onde o consagrou. (Foto: Christian Fuentes/Ceres FC)

 

Campeão da última Série C, o Ceres se reapresentou na manhã desta terça-feira (13) no estádio João Francisco para a disputa da Série B2 do Campeonato Carioca. A apresentação contou com a participação de 25 atletas. 

O primeiro dia de trabalho, foi marcado por uma longa reunião entre o Diretor Winston Melo e a comissão técnica, formada pelo treinador Válber Lessa, seu auxiliar Áureo Gomes e pelo preparador físico, João Marcelo. 

Dentre os reforços, confirmado os retornos dos ídolos Claudio Pagodinho e Léo Flores, que deixou recentemente o Bonsucesso. As caras novas foram o meia Igor Salles, o zagueiro Lucas Salles, e o atacante Jobinho. Mais reforços deverão chegar nos próximos dias.

O Ceres estreia na Série B2, no próximo dia 6 de novembro, às 15h, fora de casa, diante do Mesquita. A partida deverá acontecer no estádio Giulite Coutinho, caso o Louzadão não seja liberado.

 

 

 

 

 

 


Atual campeão da Série C, Ceres marca

reapresentação do elenco para a próxima

terça (13)

Cobiçado no mercado após a conquista do Estadual do ano passado, Valber Lessa está confirmado no comando da equipe celeste. 

 

Postado dia 09/10/2020 ás 18h22 - (Rio de Janeiro - RJ)

Clube tenta a liberação da sua casa para a Série B2. (Foto: Divulgação)

 

A temporada 2020 vai começar para o atual campeão da Série C. Na próxima terça-feira (12), o Ceres inicia oficialmente sua preparação para a disputa do campeonato estadual. Atletas e comissão técnica se reapresentam visando a B2. 

A base da equipe do ano passado deverá ser a mesma, com algumas exceções, como o ídolo Léo Flores, que acertou com o Bonsucesso. Reforços serão confirmados ao longo da semana, ao decorrer dos treinamentos. A principal novidade até aqui é o retorno do também ídolo Claudio Pagodinho, de 34 anos. 

Cobiçado no mercado após a conquista do título, Valber Lessa continuará a frente da equipe celeste. O treinador de 49 anos vai para o seu segundo ano consecutivo a frente do clube.

O Ceres, representado pelo diretor de futebol Winston Soares e o supervisor Marcelo Santiago,  tentam junto a FERJ, a liberação do seu estádio para as partidas da competição. Já que não haverá publico devido a pandemia do Coronavírus, o principal argumento é pelo alto custos de aluguel de estádios, já que os jogos em casa teriam um certo alívio financeiro. A tese beneficiaria outras equipes, como o Campo Grande (Ítalo del Cima), Barra Mansa (Leão do Sul) e Mesquita (Louzadão). Caso a equipe não consiga a liberação, Moça Bonita, Bariri e Marrentão seriam as possíveis opções.

O Ceres estréia na Série B2 do Carioca no próximo dia 6 de novembro, ás 15h, justamente contra o Mesquita, fora de casa. 

 

 

 

 

 

 


ELE VOLTOU! Ceres acerta retorno do ídolo

Claudio Pagodinho para a B2, e sonha com

atacante Allan

Aos 34 anos, atacante vai para a sua sexta passagem pela equipe celeste, onde é ídolo e um dos maiores artilheiros de todos os tempos. 

 

Postado dia 24/07/2020 ás 07h04 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Pagodinho é um dos maiores artilheiros do Ceres. (Foto: Vitor Costa)

 

Campeão da Série C no ano passado, o Ceres já tem o seu principal reforço para a disputa da B2 desta temporada. Trata-se de Claudio Cardoso Barbosa, o Claudio Pagodinho, de 34 anos. A informação foi apurada com exclusividade do Futshow.

Ídolo do clube, o atacante retorna a equipe após sua última passagem em 2018. No total, são 50 gols marcados em 93 jogos. Sua estréia com gols aconteceu em 2011, na partida contra o Artsul, onde entrou no segundo tempo marcando o gol da vitória por 3x2. 

No Rio, Claudio tem passagens ainda por Madureira, Mangaratibense, Boavista, Portuguesa, Sampaio Corrêa, Audax Rio, Tigres do Brasil e Mageense. 

O Ceres manteve a base campeã do último ano e a expectativa é com a chegada de mais três a quatro reforços para a Série B2.

O atacante Allan, de 35 anos, é bem visto no clube celeste para reforçar a equipe na temporada. Contratado para o Carioca 2020, o jogador deixou a Portuguesa recentemente.

Allan é o terceiro artilheiro no estado do Rio de Janeiro no período secular, com 153 gols marcados. Está atrás apenas de Romário, com 179 e Fred, com 172 gols.  

Devido a pandemia do novo Coronavírus, a Série B2 ainda não tem data para ser iniciada. A previsão é que se inicie em outubro. 

 

 

 

 

 

 

 


Perto de atuar em casa após 6 anos, Ceres

reforma seu estádio á espera da

Terceirona

Desde 2014, a Celeste da zona oeste não atua no João Francisco pelo Campeonato Estadual. Para público, a última vez foi em 2008, quando venceu o Independente, por 1x0 gol de Léo Pereira. 

 

Postado dia 03/07/2020 ás 19h21 - (Rio de Janeiro)

Esperança do clube é a liberação da casa para jogos da B2. (Foto: Divulgação/Ceres FC)

 

Campeão da Série C do ano passado, o Ceres já iniciou, fora das quatro linhas, os preparativos para o Estadual 2020. O alviceleste trabalha na melhoria do seu estádio João Francisco para a disputa da Série B2. 

Sem jogar em casa a seis anos, o clube está reformando seu gramado para conseguir a liberação da sua arena. Em 2014, a macaca chita foi surpreendida com a decisão da Federação de que os jogos de todas as divisões do Estadual só poderiam ser disputada em estádios com os laudos liberados. Sendo assim, o Ceres ficou longe de atuar em seus domínios.

O regulamento continua valendo nesta temporada, porém, com a pandemia do Coronavírus, á indícios de que seja liberados estádios que não vinham sendo autorizados para público nos últimos anos. 

O Ceres não joga para sua torcida em sua casa á 12 anos. A última vez foi em 2008, quando venceu o Independente, por 1x0 gol de Léo Pereira. 

Outra novidade para a competição desse ano, é a possível realização ao vivo dos jogos, seja na TV ou Internet. O Presidente Jair Bolsonaro autorizou em lei, o direito que dá aos clubes mandantes de cada partida de futebol a transmissão dos seus próprios jogos. O decreto está válido desde o último dia 18. 

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) ainda não autorizou os clubes a iniciarem suas pré-temporadas, devido a pandemia. A data programada para o inicio das competições é 15 de agosto, algo que dificilmente acontecerá. 

O Ceres manteve a base do ano passado, porém ainda não anunciou nenhum reforço para a competição. O comando da equipe seguirá sob a batuta de Valber Lessa, de 49 anos. 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                     


Aos 40 anos e com 222 jogos, título da

Série C coroa Léo Flores, maior ídolo da

história do clube

Arqueiro celeste conquista seu primeiro título no clube após dezenove anos, e marca de vez, seu nome na história do clube de Bangu. 

 

Postado dia 04/12/2019 ás 10h27 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Léo em sua homenagem pelos 100 jogos pelo o Ceres em 2011. (FOTO: Maria Pimenta)

 

 

Ele tem 40 anos, é capitão a quase dez, e chegou em 2001, após ser emprestado pelo Madureira. De lá pra cá, um sentimento foi criado, um amor foi crescendo e uma história foi criada. Assim se resume a história de Leonardo Moreira Flores, o Léo Flores, com a camisa do Ceres. 

Tudo começou a quase 19 anos, quando teve seu empréstimo concedido do Madureira ao clube celeste, depois da disputa do Carioca e a Série C do Brasileiro. Com passagens ainda por Olaria, Vasco da Gama, Portuguesa, Sertanense-POR e Paniliakos-GRE, acabou se identificando mesmo foi com o clube da Zona Oeste, onde ganhou fãs, por suas belas atuações e carinhos com o torcedor. 

Em 2005, Flores estava no elenco no qual o Ceres terminou na terceira colocação da Copa Record, competição profissional organizada pela FERJ e pela TV Record. A equipe celeste foi eliminada nas semifinais para o Flamengo por 2x1, a qual mais tarde se sagrou campeão em cima do Olaria. 

Nos anos de 2011 a 2013, Léo quase levou o Ceres ao acesso, ficando faltando poucos pontos para o feito inédito. Porém, na reta final, a equipe foi perdendo forças até ficar fora da disputa. Em 2017, foi rebaixado pela primeira vez na história do clube, voltando esta temporada, onde conquistou o inédito título da Quartona. Foram seis vitórias, seis empates e duas derrotas. 

Com 222 jogos, Flores tem três gols marcados e três assistências dadas com a camisa do Ceres. Sua idolatria no clube é algo indiscutível, assim como suas belas atuações, e seu carinho pelo torcedor alvianil. 

De férias, ainda não definiu o seu futuro, sobre a aposentadoria dos gramados ou acerto com um novo clube. Sua história na macaca chita é extensa, e caso queira optar por pendurar as chuteiras, é muito provável que faça parte da diretoria ou da comissão técnica do clube. 

 

 

 

 

 

 

 


É CAMPEÃO! De virada, Ceres vence o

Campo Grande no Marrentão e conquista a

Série C do Carioca

Acabou! O Ceres venceu o Campo Grande por 3 a 2 e ficou com o título do Estadual Série C na tarde deste domingo (1).

 

Postado dia 01/12/2019 ás 17h18 - (Duque de Caxias - Rio de Janeiro)

Jogadores celeste comemoram o título conquistado. (FOTO: Úrsula Nery/FFERJ)

 

Em final emocionante, o Ceres faturou o título da Série C Estadual ao virar sobre o Campo Grande, por 3 a 2, na tarde deste domingo, 1º de dezembro, no Marrentão, em Xerém.

Matheus Lessa, Bento e Michael marcaram os gols do Alviceleste, com Mancuso (contra) e Paulo Roberto anotando para o Campusca. As duas equipes estão classificadas para a Série B2 de 2020.

Não podendo contar com o volante Yuri, suspenso por levar cartão vermelho no primeiro confronto. Vilson Porto  efetuou três modificações no grupo considerado titular. Paulo Roberto, Wendel e Jefferson entraram respectivamente nos lugares de Fábio Henrique, Yuri e Gabriel.

Sem competições oficiais, as equipes entraram de férias, retornando apenas em 2020 quando iniciarão a pré-temporada para o Campeonato Carioca Série B2.

 

 

 

 

 


Sob forte chuva, Campo Grande e Ceres

empatam no primeiro jogo da Final 

Equipes fazem jogo movimentado no Marrentão, e com um a menos, campusca se segura no primeiro jogo de ida da decisão. 

 

Postado dia 28/11/2019 ás 17h18 - (Duque de Caxias - Rio de Janeiro)

Imagem

Equipes da Zona Oeste ficaram no empate. (FOTO: Úrsula Nery/FERJ)

 

Campo Grande e Ceres empataram sem gols, no primeiro jogo da Final da Série C do Campeonato Carioca. Debaixo de forte chuva, as equipes criaram boas oportunidades, mas não conseguiram balançar as redes.

O segundo duelo decisivo da final acontece no próximo domingo (1), ás 15h, no Estádio Los Larios, em Xerém. Quem vencer no tempo normal, leva o caneco. Um novo empate leva a decisão para as penalidades.

Vale lembrar que as duas equipes já garantiram o acesso a terceirona para a próxima temporada. 

 

 

 

 

 

 

 


ENTREGA A TAÇA: Ceres acerta retorno

do atacante Claudio Pagodinho, ídolo

celeste

Após acertar com o Barcelona e não atuar, jogador de 31 anos retorna ao Alviceleste na missão de tentar reerguer o clube a divisão superiores. 

 

Postado dia 06/07/2018 ás 01h45 - (Rio de Janeiro)

O bom filho a casa torna. (FOTO: Divulgação)

 

Perto de estrear na Série C do Carioca, joga dia 29, o Ceres acertou com um reforço de peso para a competição, ou melhor, ídolo. Aos 32 anos, Claudio Pagodinho está de volta ao clube que projetou ao futebol Carioca. 

O atacante é ídolo no Ceres, onde tem 46 gols em 83 partidas disputadas. Seu maior momento na carreira foi em 2014, onde terminou a temporada como o maior artilheiro do futebol carioca no ano, com 24 gols, atuando pelo Ceres e Boavista. Ele é o jogador com mais gols na história do clube. 

No Rio, Pagodinho já atuou por Madureira, Mangaratibense, Boavista, Audax Rio, Sampaio Corrêa, Portuguesa, Ceres e Tigres do Brasil, e por todos eles, anotou 68 gols em 184 jogos.

Depois de três rebaixamentos consecutivos, o Ceres agora busca a redenção, sobre a batuta de Cláudio. O Ceres estréia na Série C do Carioca no dia 29 de julho, ás 15h, contra o Itaboraí Profute, com local ainda a definir. 

 

 

 

 

 

 

 








Claudio Pagodinho e Allan: Artilheiros do

Rio no século, vivem má fase e buscam

clubes para 2018

Desde 2010, juntos, os atacantes passam a marcam de 160 gols só atuando por clubes cariocas. Após viverem o auge da carreira, ambos passam por má fase e estão no mercado para o restante do ano.

 

Postado dia 05/04/2018 ás 12h22 - Por Lucas Santos - (Rio de Janeiro)

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Pagodinho e Allan: Artilheiros estão clubes. (FOTO: Arte Futshow)

 

O Rio de Janeiro conviveu nos últimos anos com dois atacantes, que no modo popular do futebol, ''cheiravam a gol'' nos campeonatos que disputavam. Ambos se destacavam por suas boas atuações e por serem grandes artilheiros nos clubes cariocas.

Eles não desaparecem, apenas vive má fase, como qualquer outro jogador. Estamos falando de Allan Barreto da Silva, o Allan, de 33 anos, e Cláudio Cardoso Barbosa, o Claudio Pagodinho, de 32 anos. 

Mais experientes e cascudos, os atacantes estão sem clubes para o restante do ano e esperam voltar a jogar, para reviver as grandes fases da carreira, marcando gols e batendo recordes. 

Allan atua no futebol carioca desde as categorias de base, mas foi a partir de 2010, que ele deslanchou na carreira. Em 73 jogos pelo América, ele tem 34 gols. É o maior artilheiro do clube no Século XXI.

Já Claudio Pagodinho é ídolo no Ceres, onde tem 46 gols em 83 partidas. Seu maior momento na carreira foi em 2014, onde terminou a temporada como o maior artilheiro do futebol carioca no ano, com 24 gols, jogando pelo Ceres e Boavista. Ele é o jogador com mais gols na história do clube. 

Entres os anos de 2013 e 2015, Alan e Cláudio Pagodinho tem se revezado como goleadores de suas respectivos clubes. Juntos, eles passavam da média de 20 gols por temporada.

Em 2013, Allan foi o artilheiro da Segunda divisão atuando pelo América, com 18 gols. Pelo Ceres, Cláudio terminou em terceiro com 10. No ano da Copa no Brasil, foi a vez de Pagodinho se tornar goleador. Ele marcou 15 vezes pela macaca chita, com Allan ficando em segundo, com 12 pelo Barra da Tijuca. 

Após viver a fase de artilheiro, Pagode foi contratado em 2015 pelo Boavista para ser o camisa 9 da equipe na elite do Estadual. Porém, ele não repetiu as boas atuações, e não marcou gols, em oito partidas que disputou. No mesmo ano, só que na segundona, Allan se tornava artilheiro novamente, agora pela a Portuguesa, com 20 gols marcados.

No ano de 2016, quis o destino que ambos atuasse juntos pela a Lusa Carioca na disputa da Copa Rio. Allan atuou com mais frequência e foi titular em boa parte da competição, com Pagode amargando a reserva. No fim, final feliz para os companheiros que conseguiram o título da competição.

De Janeiro de 2010 a abril de 2018, Allan e Cláudio tem juntos 161 gols marcados em 402 partidas, só por clubes do Rio de Janeiro. A média de 0,7 é boa para a dupla que está no mercado. Allan foi informado pelo América em março, que não terá o contrato renovado para a disputa da Série B1. Já Pagodinho não atua desde novembro, quando deixou o Tigres.

 

(Allan - 33 anos - 218 jogos e 93 gols)

11 jogos - 4 gols - (Olaria)

12 jogos - 0 gols - (Cabofriense)

7 jogos - 2 gols - (Madureira)

16 jogos - 12 gols - (Barra da Tijuca)

87 jogos - 41 gols - (Portuguesa)

73 jogos - 34 gols - (América)

 

(Cláudio Pagodinho - 32 anos - 184 jogos e 68 gols)

11 jogos - 1 gol - (Madureira)

11 jogos - 5 gols - (Mangaratibense)

83 jogos - 46 gols - (Ceres)

7 jogos - 0 gols - (Sampaio Corrêa)

16 jogos - 4 gols - (Portuguesa)

29 jogos - 9 gols - (Boavista)

9 jogos - 0 gols - (Audax)

18 jogos - 4 gols - (Tigres do Brasil)

 

 

 

 

 

 

 

 







Sérgio Magalhães é o novo técnico do Ceres

Profissional tem 67 anos, já comandou equipes como Macaé, Bonsucesso, Artsul e Angra dos Reis, e na temporada passada estava comandando o Teresópolis.

 

Postado dia 23/03/2018 ás 18h50 - (Rio de Janeiro)

Magalhães é o novo comandante da macaca chita. (FOTO: Filipe Mello)

 

O Ceres já definiu o seu novo treinador para a disputa da Série C do Campeonato Carioca. Com destaques por Macaé, Bonsucesso e Angra, Sergio Magalhães foi o escolhido para comandar o alviceleste na competição. A informação foi dada em primeira mão pelo site ''Futrio''.

Aos 67 anos, o profissional chega com a missão de conquistar o acesso a Série B2. Diferente dos outros treinadores, Serjão encontra um clima leve e de otimismo no clube para a temporada. 

Além da esperança de subir de divisão, a diretoria trabalha na liberação da sua casa, o Estádio João Francisco. O clube realiza reformas no gramado e na arquibancada, e a expectativa é de novidades nas próximas semanas. Caso a diretoria consiga a liberação, não está descartada o aluguel para outras equipes, como Barcelona, Santa Cruz e Campo Grande.

O clube ainda não anunciou reforços, mas o elenco já vai ganhando forma para a competição, que começa em Junho.

 

 

 

 









Ceres realiza reforma no seu estádio em

busca da liberação para a Série C

Clube que já teve Ademir da Guia nas categorias de base vive grande crise: Dois Rebaixamentos, perda de sede, crise financeira e 4 anos sem atuar no João Francisco.

 

Postado dia 07/03/2018 ás 14h38 - Atualizado ás 18h03 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Estádio passa por reformas no gramado para a Série C do Carioca. (FOTO: Lucas Santos/Futshow)

 

 

Vice-campeão da Série B do Carioca em 1997, o Ceres passa por uma das piores crise de toda a sua história. Sem laudos no estádio a 10 anos, dois rebaixamentos consecutivos e crise financeiras, o clube em 2018 tenta o recomeço, pela a última divisão do estadual do Rio.

A equipe realiza melhorias no gramado para os treinamentos do time principal e caso retorne a mandar seus jogos em Bangu. Assim como outros clubes, a direção realiza peneiras em busca de jovens talentos para o estadual.

Em 2014, o alviceleste foi surpreendido com a decisão da Federação de que os jogos de todas as divisões do estadual só poderiam ser disputado em estádios com todos os laudos liberados. Sendo assim, o Ceres ficou longe de atuar em seus domínios.

O clube não joga para público no seu estádio a 10 anos. A última vez foi em 2008, quando venceu o Independente, por 1x0 gol de Léo Pereira. Desde o mesmo ano até os dias de hoje, o Ceres atuou 76 vezes no João Francisco. Foram 45 Vitorias, 18 empates e apenas 13 derrotas.

Em 2016, o clube foi notificado sobre a perda do terreno de sua sede e seu estádio, o João Francisco, por conta de dívidas com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Após meses de negociação, um acordo definiu sobre a continuidade do clube na sede, porém, sem o nome na fachada no lado de fora do terreno. 

Dentro de campo, a situação não anda bem. Em 2016, o clube foi rebaixado da segunda para terceira divisão e ano passado, caiu para a quarta divisão estadual. Nesta temporada, o clube trabalha para voltar a viver bons momentos. A Série C, equivalente a quarta divisão, começa em junho. O clube não divulgou reforços e nem o nome do novo treinador da equipe.

 

 

 

 

 

 

 

 







Ceres abre inscrição de peneiras para 

o profissional e as categorias de base

Atividades aconteceriam durante esta semana, porém fortes chuvas na zona oeste deixaram estado do gramado alagado, causando o adiamento. 

 

Postado dia 05/01/2018 ás 16h39 - (Bangu - Rio de Janeiro)

A imagem pode conter: céu, montanha, árvore, atividades ao ar livre, natureza e água

Avaliações serão feitas no campo do Ceres. (FOTO: Divulgação)

 

Rebaixado da Série B1 para B2, e depois para a Série C, em menos de dois anos, o Ceres começa a sua saga para tentar se reinventar no futebol carioca. Consagrado nos últimos anos, por revelar o goleiro Léo Flores e o atacante Claudio Pagodinho, a equipe celeste passa por momentos turbulento dentro do clube.

Buscando novos talentos para esse ano, a diretoria agendou uma peneira para todas as categorias de base e para a equipe profissional. 

As datas da inscrição começou no último dia 03 de janeiro e vai até o dia 06. Não há informação, se á outros meios para o cadastro, como telefone ou Email. Já os dias da avaliação, para os que se inscreveram, serão nos dias 08 a 13 de janeiro.

 

Confira abaixo todas as informações completas:

 

Profissional - Acima de 20 anos - (Não tem limite de idade)

Sub-20 - (Nascidos em 1997, 1998 e 1999)

Sub-17 - (Nascidos em 2000 e 2001)

Sub-15 - (Nascidos em 2002 e 2003)

Sub-13 - (Nascidos em 2004 e 2005)

Sub-11 - (Nascidos em 2006 e 2007)

 

Local: Rua da Chita, 638 - Bangu - (Campo do Ceres)

Horário: A partir das 08h

Taxa*: R$ 30

Levar exame médico (atestado) e cópia do RG

 

 

 

 

 

 

 







Ex-supervisor do Ceres, Misael Souza pode

voltar ao futebol como técnico ou diretor

Afastado do futebol a quase cinco anos e recém diretor de Instituto, profissional de 30 anos recebe sondagens para voltar ao batente.

 

Postado dia 09/12/2017 ás 11h12 - (Rio de Janeiro)

Misael pretende voltar ao futebol a partir de 2018. (FOTO: Divulgação)

 

Longe do dia-dia e da correria do futebol a quase cinco anos, o comprometimento, a ansiedade, o foco e o amor ao futebol não pode ser esquecido para quem doou praticamente quase a vida inteira ao esporte. 

Aos quase 30 anos, Misael Souza ou para os mais íntimos, apenas misa, revela seu amor ao futebol, onde começou cedo, com apenas 16 anos.

Considerado para muitos, um dos melhores jogadores da comunidade onde nasceu (Vila Kennedy), Misa entre peladas e torneios, foi descoberto e levado para disputar a então Campeonato de favelas, hoje nomeado como Taça das Favelas. 

Mesmo sem ter sido campeão na época, seu nome era bem falado entre os dirigentes da competição. Ainda novo, chegou a seleção brasileira sub-17. Participou de vários campeonatos Brasil e nos países sul-americanos. Com passagens por clubes como Vasco, Flamengo, América-MG, Friburguense, Ypiranga-RS e Ceres, seu último clube como jogador.

Um pequeno susto nos exames cardíacos fez o interromper a carreira mais cedo do que o previsto. Ainda no clube que encerrou, Misael começou seus passos na rouparia do Ceres. 

Rapidamente cresceu de patamar e pouco mais de 1 ano, a convite do diretor de futebol Winston Soares, assumiu o cargo de supervisor do clube. Misa ficou na equipe por dois anos (de 2010 a 2012) e quase levou o Ceres a primeira divisão.

Junto com outros profissionais, ele foi um dos que estavam na debandada que o Ceres sofreu nos últimos anos. Assim como ele, saíram o preparador físico Beto Leandro, atualmente no Fujairah (primeira divisão do Emirados Árabes), o médico Oswaldo Gambetta, e o diretor Bráulio Rodrigues, que está no Olaria. A grande perda ficou pelo o falecimento do roupeiro José Ferreira.

Para 2018, times das Séries B1 e B2 e Série C, o sondaram, porém nenhuma proposta concreta realizada. Com parceiras e alguns homens de confiança em mãos, ele mantém contato para um acerto para a próxima temporada. 

Misael é formado em administração, e atualmente é diretor executivo do instituto Flagol, ong presidida e criada pelo o ex-jogador do Flamengo Flávio Barros. 

 

 

 

 

 








Cláudio Pagodinho não renova com o

Tigres e está livre no mercado para 2018

Um dos maiores artilheiros da história do Ceres, o jogador não acertou sua permanência na fera da baixada e já procura novo clube para o ano que vem. 

 

Postado dia 07/12/2017 ás 14h12 - (Rio de Janeiro)

CP marcou 4 gols em 16 partidas pelo Tigres. (FOTO: Vitor Costa/Futrio.net)

 

O atacante Cláudio Pagodinho, de 31 anos, não é mais jogador do Tigres. Clube e jogador não renovaram o contrato, e com isso, o atleta deixa o clube pouco mais de 7 meses após a sua chegada. 

Um dos seus objetivos era levar o clube de volta a elite do futebol Carioca. Porém, a equipe terminou a competição em 10º na classificação geral. Na Copa Rio, levou a equipe até as semifinais, sendo derrotado para o campeão Boavista.

Ídolo do Ceres, Pagodinho tem 46 gols em 83 partidas com a camisa celeste. Seu maior momento na carreira foi em 2014, onde terminou a temporada como o maior artilheiro do futebol carioca no ano, com 24 gols, jogando pelo o Ceres e o Boavista. 

Para se ter uma noção da boa fase de Pagode, no ano da Copa do Mundo no Brasil, só ele marcou mais gols que o Duque de Caxias, em quatro competições que disputou. Campeonato Carioca, Copa Rio, Copa do Brasil e o Brasileirão da Série C.

Apos a boa fase, o jogador caiu de rendimento e não conseguiu repetir as boas atuações em que fizeram ser um dos mais ''badalado'' do futebol carioca. Desde 2015, ele atuou em 58 partidas e anotou apenas 7 gols. 

No Rio, Claudio Pagodinho já atuou por Madureira, Mangaratibense, Boavista, Audax Rio, Sampaio Corrêa, Portuguesa, Ceres e Tigres do Brasil.  

 

 

 

 

 







Ceres empresta atacante colombiano Manyoma ao Verê (PR) até o fim de 2017

Com o fim da Série B2, atacante de 24 anos foi cedido por 4 meses ao clube paranaense para a disputa da terceira divisão do estado. 

 

Postado dia 24/10/2017 ás 01h44 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Manyoma foi apresentado pelo novo clube. (FOTO: Divulgação)

 

Rebaixado na Série B2 do Campeonato Carioca, o Ceres emprestou no último dia 6, o atacante Colombiano Darlinton Manyoma ao Verê (Paraná) até o dia 30 de dezembro. Pela primeira vez, o jogador vai disputar a terceira divisão do campeonato paranaense.

Natural de Apartadó, norte da Colômbia, o atleta chegou ao clube banguense no inicio do ano, e ficou apenas 7 meses na equipe.  

''É uma sensação maravilhosa. Certo que teremos trabalho durante o campeonato, mas cresceremos com a força de todos, grupo, diretoria e da família.. Agradeço a diretoria por ter aberto as portas'' afirmou Manyoma, em sua apresentação pelo Verê. 

Em nove partidas com a camisa do Ceres, ele fez apenas um gol, na estreia, onde também concedeu uma assistência na vitória de 4x0 sobre o Duque Caxiense. 

A tendência é que o atleta volte ao futebol do Rio de Janeiro, na próxima temporada, seja para atuar no Ceres ou em outra equipe carioca. 

 

 

 

 







Após derrota, Ceres troca de comando,

Manicera deixa o clube e Alexandre

Barros assume 

Comandante deixa o alviceleste após derrota para o Futuro Bem Próximo, na última quinta (29). Novo treinador assume equipe na última rodada do primeiro turno. 

 

Postado dia 01/07/2017 ás 15h54 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Alexandre novo treinador do Ceres. (FOTO: Divulgação/CFC)

 

Manicera não é mais o técnico do Ceres. O profissional que chegou um pouco antes do inicio do campeonato para substituir Pedro Caçapa, foi desligado do cargo. Com nove pontos conquistados, com três vitorias e duas derrotas, em 5 jogos, o aproveitamento de 60% não foi o suficiente para a permanência do treinador. 

Certo que a derrota para o Futuro Bem Próximo na última quinta feira (29) em casa por 4x2, ajudou na troca de treinador. Quem assume o Ceres agora é Alexandre Barros, ex técnico das categorias de base do clube. 

O novo comandante inclusive estava presente na arquibancada do estádio João Francisco dos Santos, assistindo a goleada da equipe juniores do Ceres em cima do Futuro na quinta (29). Se foi para observar alguns atletas, Alexandre saiu contente. A equipe goleou por 4x1 com destaques para as atuações do zagueiro Yago, volante Julio, o meia e camisa 10 Ryan e o atacante Alisson. 

Mesmo não sendo competição profissional, Alexandre tem em seu currículo o título da Taça das Favelas conquistado em 2015 por Padre Miguel. 

Com a estréia do novo treinador, o Ceres recebe o Juventus-RJ neste domingo (02), na Bariri. A partida acontece ás 15h. Para se classificar, a equipe precisa vencer e secar o Rio São Paulo, para avançar a próxima fase. Caso empate, precisa torcer que o Rio São Paulo e Futuro Bem Próximo percam seus compromissos. 

 

 

 

 

 

 

 

 







Ceres define Caçapa como treinador, libera Léo

Flores para o Cano e acerta volta de Leandrinho 

Alvi Celeste acerta com novo treinador de 45 anos para a disputa da Série B2 do Carioca. Após acertar sua ida ao Americano, Léo Flores deixa o clube. Atacante Leandrinho, volta ao clube e Claudio Pagodinho tem volta especulada.

 

Postado dia 02/04/2017 ás 15h40 - Bangu - RJ 

Caçapa será o treinador na B2. (FOTO: Divulgação/Futrio)

 

Rebaixado ano passado para a Série B2, antiga Série C do Carioca, o Ceres entrou forte no mercado em busca de reforços para a disputa da competição. Com o batuque do diretor Winston Melo, a equipe acertou essa semana com o treinador Pedro Caçapa de 45 anos. O comandante chega com a missão de levar a equipe ao acesso da Serie B1. 

Com o novo treinador, estão de volta a equipe o volante Beto Triangulo, com passagens por Resende e América, e o atacante Leandrinho, que estava no Barra da Tijuca. Claudio Pagodinho, um dos maiores artilheiro da historia do clube foi especulado e pode voltar. 

Diante de tanta chegada, tem também saídas. O goleiro Léo Flores, que disputou a primeira divisão pelo Bonsucesso, acertou com o Americano e deixou o clube. Aos 38 anos, ele está disputando uma mesma divisão contra o Ceres pela a primeira vez.  

A celeste estréia na Série B2 dia 14 de maio contra o Duque Caxiense, ás 15h ainda em local indefinido. Possivelmente, este jogo pode acontecer no estádio Marrentão. 

 

 

 

 

 

 






Do quase acesso ao rebaixamento em seis

anos: Para voltar mais forte, Ceres estuda nova

reformulação 

Após quatro temporadas (2010-11-12-13) chegando bem em busca do acesso a elite do Carioca, o Alvianil Celeste não resistiu as saídas dos medalhões nos últimos anos e nesta temporada foi rebaixada a Série C 2017.

 

Postado dia 01/07/2016 ás 21h08 - Atualizado 02/07/2016 ás 02h32 - (Bangu - RJ) 

Zagueiro Caio e Léo Flores fizeram falta ao elenco este ano. (FOTO: Sandro Vox/Futrio)

 

No time titular tinha; Léo Flores, Betinho, Willian, Caio e Diego Maia; Arthur, Vitor Aragão, Douglas Silva e Eudes; Leandrinho e Claudio Pagodinho. As opções era; Felipe Lourenço, Vitinho, Maicon, Daniel e Rafinha; Índio, França, Valderrama e Samaroni; Bruno Barbosa, João, Igor Luiz e Léo Pereira. Para muitos, esse era um dos melhores elencos que o Ceres já teve nos últimos tempos. Porém, não conseguiu o acesso, apesar de chegar dois anos seguidos nas fases finais. O que houve com a equipe, porque do quase acesso, chegou ao rebaixamento em menos de 4 anos ?. O Futshow tenta explicar ao torcedor. 

Em 2010, o clube tinha jogadores considerados maestros do time, como Léo Flores, Eudes e Pagodinho, mas muito por erros de arbitragem, a equipe que precisava de dois pontos, não se classificou para a segunda fase da Série B. Na época, o clube vinha de uma sequência de 5 jogos invictos em casa, (quatro vitórias e um empate), o que fez empolgar o então técnico Manicera, que soltou na época: ''Meu time é imbatível em casa''. 

No ano seguinte, a equipe se classificou para a fase final com boa pontuação no primeiro turno, ficando na liderança do grupo B, na frente dos favoritos Friburguense, Quissamã, Tigres e Portuguesa. Porém, na segunda fase, o elenco deixou a ansiedade tomar conta e acabou terminando longe da dupla Bonsucesso-Friburguense, que conseguiram o acesso com ampla vantagem de pontos. 

Em 2012 com o elenco galático, foi a melhor participação do Ceres na segunda divisão, tirando o vice-campeonato em 1997. A equipe do técnico Floraci Pereira, manteve a base do ano anterior, e contratou reforços importantes como os atacantes Flavio Barros e Bruno Barbosa, ambos ex-Flamengo. Na primeira fase, a equipe terminou em segundo lugar, atrás apenas do líder Quissamã. Mesmo sendo a surpresa em todo o campeonato, na fase final a equipe caiu de produção e terminou em sexto lugar, com nove pontos de diferença para o acesso. Subia os dois primeiros. A equipe teve o recorde de atuar 21 jogos em casa, no estádio João Francisco, porém foi derrotado apenas uma vez, além disso teve o atacante Igor Luiz como o vice-artilheiro da competição. A melhor temporada da equipe, nos últimos 15 anos. 

Em 2013, a equipe terminou empatado com o mesmo número de pontos do Bonsucesso, mas não se classificou pois perdeu pelo critério de desempate. Na época, o desempate seria o maior número de vitórias, por isso o Ceres tinha (6 contra 5 do Bonsucesso) seria o vencedor. Porém, a celeste teria escalado jogadores irregulares e por isso perdeu 12 pontos. Este caso, não é aceito até hoje em alguns membros da diretoria do Ceres, que afirmam que o clube não cometeu irregularidade. 

Um ano depois, já com as saídas de alguns jogadores, a equipe terminou o ano de 2014 na fora da zona de classificação. Porém a equipe bateu um novo recorde, foi a única equipe invicta, que não perdeu em casa. Foram oito jogos no estádio João Francisco, com quatro vitórias e quatro empates, além de ter Pagodinho como artilheiro da competição, com 15 gols. 

Ano passado, a equipe foi mal e lutou contra a degola durante boa parte do segundo turno. Se passado três anos das boas campanha feita, o clube vive hoje um pesadelo. Nesta temporada, dos 17 jogos feitos, venceu apenas dois, resultando no rebaixamento inédito para a Série C do Carioca.

Diante de toda essa mudança nos últimos anos, o Ceres se tem um motivo pela a queda de rendimento nesses dois últimos anos. A última vez que o clube teve o estádio liberado para a torcida, foi em 2008.

A diretoria passou anos trabalhando na liberação, porém não foi possível. A diretoria trabalhava com duas frentes; ou tinha um elenco bom, de qualidade para brigar pelo acesso ou investiria na reforma do estádio. Foram cinco anos tentando a liberação, mas sem que o estádio fosse o objetivo principal. A partir da temporada 2013, a diretoria foi forçada a mudar o foco, e a reforma do estádio começaram a ser realizadas. Hoje os laudos ainda não foram liberados, porém o clube construiu arquibancadas provisórias atrás do gol e do lado direito (a capacidade pode chegar a 8 mil pessoas), gramado em bom estado e iluminação para jogos a noite. 

Ao longo dos anos, o Ceres perdeu jogadores importantes no elenco. Atletas como Betinho, Willian, Daniel, Maicon, Caio, Índio, Douglas Silva, Samaroni, Valderrama e Léo Pereira encerraram suas carreiras e deixaram o clube. Atualmente, Diego Maia e Pagodinho vestem a camisa da Portuguesa. Leandrinho e Igor Luiz estão em Barra da Tijuca e Cabofriense respectivamente. Léo Flores retornou de empréstimo da Cabofriense. Vitor Aragão, Bruno Barbosa e João seguiram suas carreiras em outros clubes. Da grande parte daquela época, apenas o goleiro Felipe Lourenço, volante Arthur, o meia Eudes, e o atacante Kleiton Tibúrcio continuam no clube. Porém, eles não conseguiram evitar o rebaixamento do clube. 

Não apenas fora de campo, o Ceres teve desfalques. Durante a renovação dentro de campo, saíram também cinco membros da comissão. O preparador físico Beto Leandro, que atualmente está no Fujairah (primeira divisão do Emirados Árabes), o médico Oswaldo Gambetta, o diretor de futebol Misael Souza, e o diretor Braulio Rodrigues, que está no Olaria. A grande perda ficou pelo o falecimento do roupeiro José Ferreira.

Na chegada dos novos funcionários estão, os auxiliares técnicos Robson Estanislau e Claudinei Borges, ex-Queimados e o massagista Valderley. Permanecem no clube, o preparador físico Gui Bastos, irmão de Beto Leandro, o auxiliar técnico permanente Leandro Ferreira, massagista Marinaldo, e o coordenador de futebol João Lomeu. O diretor de futebol Winston Soares, junto com o presidente Jairo Souza comandam a renovação do clube. 

Alguns jovens jogadores que chegaram, terão a missar de carregar o rótulo de novos ídolos do clube. Meia Paquetá e os atacantes Adeildo e Tinga, são as esperanças do clube para tentar recolocar a equipe na segunda divisão. 

O Ceres estuda se participa da Copa Rio 2016. Caso confirme a participação, a equipe deverá ser comandada pelo o auxiliar técnico Claudinei Borges ou pelo Leandro Ferreira, funcionário permanente.

 

 

 

 

 








São Cristovão goleia por 5x1 e rebaixa o Ceres

para a Série C do Carioca

Já sem chances de classificação, os cadetes golearam a azul celeste e rebaixaram o rival para a Série C do Campeonato Carioca 2017. 

 

Postado dia 10/06/2016 ás 01h49 - (Olaria - Rio de Janeiro) - 

Cadetes golearam a celeste de Bangu por 5x1. (FOTO: Divulgação/Agência FERJ)

 

Felicidade de um lado, tristeza do outro... !!! Jogando em casa e com o apoio do seu torcedor, o São Cristovão não tomou conhecimento do Ceres e goleou por 5x1, no estádio da Rua Bariri.

Com o resultado, a equipe cadete, sem chances de classificação, estacionou na quarta posição do grupo A da Taça Corcovado, com dez pontos. Já o Ceres foi rebaixado e está na lanterna da Série B com nenhum ponto. 

Os gols da partida foram marcados por Junior (2), João Paulo, Erick e Luiz Felipe. Adeildo, de pênalti, descontou para a equipe celeste. 

Encerrando suas participações na competição, o São Cristovão encara o Queimados, fora de casa, no estádio Nivaldão. Já o Ceres, encerra sua participação na Série B, contra o Itaboraí, na Rua Bariri. Ambos os jogos serão no domingo (12), ás 15h. 

 

 

 

 







Vinicius Paquetá e Miguel marcam e Campos vence

o Ceres no Luso Brasileiro 

O Roxinho bateu a Azul Celeste por 2 a 0 na tarde desta quarta-feira, no Estádio Luso Brasileiro, pela sexta rodada da Taça Santos Dumont. 

 

Postado dia 31/03/2016 ás 03h27 - (Ilha do Governador - RJ)

Roxinho conseguiu bela vitória fora de casa. (FOTO: Ferj/Futshow)

 

O Campos finalmente conseguiu chegar à primeira vitória fora de casa na Série B do Campeonato Carioca. Com gols de Vinicius Paquetá  - que chegou aos seu quarto na competição - e Miguel, o Roxinho bateu o Ceres por 2 a 0 na tarde desta quarta-feira, no Estádio Luso Brasileiro, pela sexta rodada da Taça Santos Dumont. 

Com o resultado, o Campos chegou aos oito pontos e assumiu a terceira colocação do Grupo B da Taça Santos Dumont. Já o Ceres permanece com seis pontos e na sexta posição do Grupo A. 

Na sétima rodada, o Campos folga, voltando apenas na rodada seguinte, contra o  e o Ceres encara o Belford Roxo no próximo domingo, no Estádio Marrentão, às 15h.

Ficha Técnica 

Ceres 0x2 Campos - Taça Santos Dumont - 6 ª rodada - 30/03/2016 às 15h
Estádio Luso Brasileiro (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Lucas Estevão
Assistentes: André Luis Azevedo de Souza e Ricardo Araújo de Souza 
Ceres: Felipe; Victor França, Felipe Reis, Almir e Angelo; Arthur, Eudes, Fabricio e Adeildo (Leonardo, 25’/2T); Sidney (Tinga - Intervalo) e Yago (Kleiton Tibúrcio, 20’/2T). Técnico: João Luiz Lomeu 
Campos: Bambu; Sérgio, Leandro, Jadinho e Tom; Jaiminho, Cleiton, Maranhão e Washington; Miguel (Gilsandro, 38’/2T) e Paquetá (Thurram, 40’/2T). Técnico: Rafael Barcelos  
Cartões amarelos: Angelo, Almir (CER) Washington, Jadinho (CAA)
Gols: Vinicius Paquetá, 15'/1ºT (1-0); Miguel, 15'/2ºT (2-0).

 

 







FERJ altera data dos dois próximos jogos do

Ceres na Taça Santos Dumont 

Alvi Celeste teve duas partidas consecutivas alteradas pela a Federação de Futebol do Rio. Partida que seria no sábado (26) foi alterado para o domingo (28) e jogo contra o Campos será no Luso Brasileiro. 

 

Postado dia 24/06/2016 ás 17h06 - (Bangu - Rio de Janeiro)

Celeste venceu bem o Angra no Marrentão. (FOTO: Divulgação/FERJ)

 

Vindo de duas vitorias consecutivas na Série B, 2x1 no Nova Iguaçu e 4x2 no Angra, o Ceres teve na tarde desta quinta (24), as datas das duas próximas partidas alteradas na competição. Como jogou na quarta (23), a equipe terá três dias de preparação, visando o próximo jogo. 

A partida contra o Barra Mansa, estava marcada para o próximo sábado (26), no Estádio do Trabalhador, em Resende, ás 15h. Porém, a Ferj adiou a partida para o dia seguinte, no domingo (27) de páscoa. O horário e o local permanece os mesmos. 

Já na rodada seguinte, 6ª rodada, o Ceres mandará a partida contra o Campos no Estádio Luso Brasileiro. O confronto está marcado para o dia 30 de março, quarta feira, ás 15h. 

A diretoria celeste segue tentando a regularização do Estádio João Francisco. Até o momento, apenas o laudo da Policia Militar foi liberado. 

 

 

 

 







Sidney faz dois, Ceres vence o Angra dos Reis no

Marrentão por 4x2 e chega aos seis pontos 

Celeste da Zona Oeste chegou a fazer quatro a zero na partida. Porém, Time da Costa Verde cresceu e pôs pressão no segundo tempo, porém Ceres segurou o resultado e a vitória. 

 

Postado dia 24/03/2016 ás 01h56 - (Duque de Caxias - Rio de Janeiro)

Eudes comemora um dos gols da celeste. (FOTO: Thierry Silva/Super Gol)

 

Pela quarta rodada da Taça Santos Dumont, o primeiro turno do Campeonato Estadual da Série B de Profissionais, o Ceres chegou à sua segunda vitória seguida ao derrotar o Angra dos Reis por 4 a 2, na tarde desta quarta-feira (23/03), no Estádio Marrentão, em Xerém.

O time alviceleste chegou a abrir 4 a 0, sofreu pressão do Tubarão Azul, mas segurou o resultado positivo de 4 a 2. Sidney, duas vezes, Kleiton Tibúrcio e Fabrício marcaram para o time da Zona Oeste, enquanto que Hugo e Felipe Reis, contra, fizeram os gols da equipe da Costa Verde.

Na próxima rodada o Ceres visitará o Barra Mansa, sábado (26/03) às 15h. Já o Angra dos Reis recebe o Artsul no estádio Jair Toscano no mesmo dia e horário.

Ficha Técnica 

Ceres 4x2 Angra dos Reis - Taça Santos Dumont, 4ª rodada - 23/03/2016 às 15h
Estádio Marrentão (Duque de Caxias-RJ)
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano
Assistentes: André Roberto Smith Silveira e André Luis da Silva Segundo.
Ceres: Felipe Paranhos; Ricardinho (Victor França 15'/2ºT), Felipe Reis, Almir e Angelo; Arthur, Fabricio, Eudes e Adeildo (Davi - intervalo); Kleiton Tibúrcio e Sidney (Tinga 23'/2ºT). Técnico: João Lomeu
Angra dos Reis:  Léo; Thomas, Cassio, Michel e Maicon; Gustavo (Edgar 22'/1ºT), Abedi, Christian e Henrique (Wellinton - intervalo); Arthur (Dyego 23'/1ºT) e Hugo. Técnico: Leandro Silva
Cartões amarelos: Ricardinho, Sidney, Eudes, Almir e Felipe Reis (CER); Gustavo, Thomas, Abedi, Wellinton e Maicon (ANG)
Cartão vermelho:
Gols: Kleiton Tibúrcio 17'/1ºT (1-0); Sidney 21'/1ºT (2-0); Sidney 3'/2ºT (3-0); Fabrício 7'/2ºT (4-0); Hugo 9'/2ºT (4-1); Felipe Reis (contra) 12'/2ºT (4-2)

 

 

 









Sem o João Francisco, Ceres manda partida de

estréia no estádio Luso Brasileiro 

Depois de muita espera, o Ceres não estreará em seu estádio. Luso Brasileiro, na ilha do governador, será a casa da equipe na primeira rodada. 

 

Postado dia 15/03/2016 ás 14h47 - (Ilha do Governador - RJ)

imgCapa

Luso receberá Ceres X Duque de Caxias. (FOTO: Divulgação)

 

Confirmado! A Federação de Futebol do Rio de Janeiro decidiu nesta segunda-feira (14), o local que será realizado o jogo entre Ceres e Duque de Caxias, pela segunda rodada da Taça Santos Dumont, primeiro turno da Série B do Campeonato Carioca. A partida será no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, na quarta-feira (16), às 15h.

O Gigante Tricolor da Baixada ocupa a segunda colocação do Grupo B com um ponto ganho e tanta a primeira vitória na competição para se estabelecer entre os classificados para a próxima fase.

Já o Alvianil Celeste estréia na competição, depois de folgar na primeira rodada. A diretoria segue tentando a regularização do estádio João Francisco para o restante da temporada.  

 

 

 

 






Willian marca e Audax vence o Ceres em

jogo-treino nesta Sexta (04)

Equipes se preparam para a estréia no Campeonato Carioca. Laranjas encaram o Barra Mansa, dia 12 no Estádio Leão do Sul. Já o Ceres folga na primeira rodada e estréia contra o Duque de Caxias, dia 16. 

 

Postado dia 05/03/2016 ás 04h04 - (São J. Meriti -RJ)

Audax vence por 1x0. (FOTO: Arquivo/Anderson Luiz)

 

Se preparando para o Campeonato Carioca da Série B, o Audax Rio venceu o Ceres na manha desta sexta (04) no Estádio Arthur Sendas, em São João de Meriti. O único gol do jogo-treino foi marcado por Willian, que entrou no decorrer da partida. 

Esta foi a segunda vitória do Audax na sua preparação para a competição. Antes a equipe já tinha goleado o Bela Vista por 10x1, e também empatado com o Gonçalense em 3x3 e derrotado pelo Bonsucesso por 3x1. 

A curiosidade do confronto foi o reencontro de Claudio Pagodinho com o Ceres, clube onde ele foi projetado mundialmente no Brasil. Ele é um dos maiores artilheiros da história do clube. Assim como atuava no Boavista e no Sampaio Corrêa, o camisa 7 não conseguiu balançar as redes contra o seu ex-clube. 

Na estréia da Série B, o Audax enfrenta o Barra Mansa, dia 12 de Março, ás 15h no Estádio Leão do Sul. Já o Ceres folga na primeira rodada, voltando apenas na rodada seguinte, onde recebe o Duque de Caxias, dia 16, ás 15h no Estádio João Francisco ou em Moça Bonita. 

FICHA TÉCNICA

Data: 04/03/2016 - 10h

Partida: Amistoso Preparatório 

Estádio: Arthur Sendas - São João de Meriti 

Audax Rio: Vinicius: Edilson, Vagner Eugênio, Luiz Matheus e Erick; André Barreto, Gelson, Gerson e Danrley: Wallan e Pagodinho. Téc: Luciano Moraes. 

Ceres: Felipe Lourenço; Diego, Almir, Lucas Sá e Arthur; Rafael, Rômulo, Leandro Baldanza e Sidney; Adeildo e Cleiton. Téc: João Lomeu.

 

 

 

 







DE VOLTA !!! Ceres acerta retornos do goleiro

Felipe Lourenço e volante Arthur

Após temporadas em outros clubes, dupla retorna a celeste para ser comandado por João Lomeu na Série B. Técnico Claudinei Martins é contratado e será o auxiliar. 

 

Postado dia 22/02/2016 ás 20h53 - Atualizado ás 01h58 - (Rio de Janeiro - RJ)

Felipe e Arthur acertaram a volta. Kleiton pode voltar. (FOTO: Arte Futshow)

 

Depois de acertar a volta do meia Eudes e do treinador João Lomeu, o Ceres segue repatriando seus jogadores para a disputa da Série B do Carioca. O clube fechou as contratações do goleiro Felipe Lourenço e do volante Arthur. Atacante Kleiton Tiburcio pode voltar. 

Apesar dos retornos dos jogadores, a equipe não terá o goleiro Léo Flores, emprestado a Cabofriense, os laterais Betinho e Diego Maia, na Portuguesa e o atacante Claudio Pagodinho, no Audax. 

Felipe Lourenço, goleiro de 29 anos atua no Ceres desde 2010. Em todos esse anos, ele foi o reserva imediato do capitão Léo. Ano passado, em busca de mais espaço, ele deixou o clube e fechou com o Queimados. Porém, atuou pouco e agora retorna com status de titular na equipe. 

Volante Arthur também está no Ceres a seis anos. Em 2013 interrompeu sua passagem, para atuar no Teresópolis. Ano passado voltou ao clube, desta vez para atuar no Futebol de 7 da equipe. 

Com João Lomeu no comando, a diretoria acertou com Claudinei Martins, que será o auxilliar técnico. Com isso, Leandro Ferreira deverá comandar os juniores ou migrar para a diretoria celeste. 

Na primeira rodada da Série B o Ceres folga, voltando apenas na rodada seguinte. A equipe receberá o Duque de Caxias, dia 9 de março, ás 15h ou no Estádio João Francisco ou em Moça Bonita. 

 

 

 

 








Debaixo de calor, Itaboraí e Ceres empatam

em jogo-treino neste sábado (20)

Equipes fizeram partida movimentada e debaixo de muito calor, apenas empataram em 2x2 na tarde deste sábado. Estréia das equipes na segundona será em Março.

 

Postado dia 22/02/2016 ás 16h54 - (Rio de Janeiro - RJ)

Equipes se enfrentam, e ao fundo a torcida do Ceres. (FOTO: Divulgação/TOTAZ)

 

Na tarde deste sábado (20), Itaboraí e Ceres empataram em 2x2 em jogo-treino, visando a disputa da Série B do Carica, que começa em Março. Com as equipes consideradas titulares, o time da casa venceu por 2x0. Na segunda etapa, os reserva da celeste empataram a partida.

Contando com o primeiro jogo-treino do recém chegado Neuhaus, o Azulão começou a partida pressionando os visitantes e não demorou para abrir o marcadores com Ricardinho e Fumaça. Na segunda etapa, o jogo foi ganhando cara de oficial e divididas e entradas duras foram alguns do elementos do empate celeste. Com equipe modificada, o alviceleste chegou ao empate com Vinicius Calisto e Julio Romaneli. 

As equipes estão no mesmo grupo B da segundona e ambas se preparam para a estréia. O Itaboraí enfrentará o Angra dos Reis, pela primeira rodada, no dia 05 de março, no estádio Jair Toscano de Brito. O horário inicialmente está previsto para ás 15h, porém poderá ser alterada para ás 19h. 

Já o Ceres folga na primeira rodada e só estreará no campeonato no dia 09. A partida será contra o Duque de Caxias, mas o local da partida segue indefinido. Caso regularize, mandará a partida no seu estádio João Francisco. As outra opção é jogar em Moça Bonita, do rival Bangu. 

FICHA TÉCNICA

Data: 20/02/2016 - 10h 

Partida: Amistoso preparatório 

Estádio: Alziro de Almeida - Alzirão 

Itaboraí: Rerysson; Léo Sabino, Neuhaus, Índio e Pedro; Peterson, Caio César e Rodriguinho; William, Fumaça e Ricardinho. Téc: Luiz Antonio.

Ceres: Felipe Paranhos: Diego, Almir, Lucas Sá e Rafael: Arthur, Rômulo, Leandro Baldanza e Sidney; Adeildo e Cleiton. Téc: João Lomeu. 

 

 

 

 






Ceres trabalha para regularizar João Francisco e

voltar a mandar jogos com torcida depois de oito

anos

Alviceleste não recebe torcida desde outubro de 2008. Para 2016, a diretoria já conseguiu a liberação da Policia Militar até o fim do ano. Agora o clube trabalha para tentar a liberação da Vigilância Sanitária, Bombeiros e Engenharia. 

 

Postado dia 02/02/2016 ás 05h18 - Atualizado ás 05h33 - (Bangu - RJ)  

João Francisco ficou mais moderno e pode receber jogos a noite. (FOTO: CUFA/Divulgação)

 

Com as olimpíadas no Rio neste ano de 2016, Flamengo e Fluminense ficaram sem jogar na sua casa, Maracanã, por pelo menos quase o ano inteiro. Achou muto tempo ? - Imagina quem está longe de jogar em seu estádio a dois anos e a oito sem torcedores. Este é o caso do Ceres. A equipe de Bangu não manda jogos no João Francisco desde abril de 2014 sem público e com público, a última vez foi em outubro de 2008. 

Essa é a maior derrota que o clube vem sofrendo nos últimos anos. Isso porque em média, as pesquisas comprovam que jogando em Bangu, o clube tem a sua grande força. Dos 100% de jogos, a equipe tem mais de 60% de aproveitamento. 

O Ceres não joga para público no seu estádio a oito anos. A última vez foi em 2008, quando venceu o Independente, por 1x0 com gol de Léo Pereira, que saiu do banco para garantir os três pontos. Nesta partida, foram 55 pagantes (97 presentes) e com a renda de R$ 155,00 reais. De lá pra cá, o Ceres já jogou 76 vezes no João Francisco. A equipe tem incríveis 45 vitórias, 18 empates e apenas 13 derrotas. 

Torcida presente na Taça das Favelas. (FOTO: Leda Costa)

 

Se passado anos, o Ceres tenta voltar a boa fase e utilizar seu estádio. A equipe sofreu com mudanças desde aquela época e não pode mais usar seu estádio para os torcedores. Em 2014, a Ferj mudou o regulamento e as equipes só poderiam jogar em estádio com todos os laudos válidos. Como foi o primeiro ano da nova mudança, a federação deixou passar e as equipes podê apenas naquele ano, jogarem no estádio, porém com portões fechados. 

Dois anos se passaram e a diretoria ainda tenta a regularização da casa. A equipe alternou mandos de campos em Giulite Coutinho (América), Marrentão (Duque de Caxias) e Moça Bonita (Bangu). Com a volta do treinador João Lomeu e dos jogadores Eudes e Léo Flores, emprestado a Cabofriense, a esperança é de mudanças para 2016. 

Para jogar em 2016, a equipe vem trabalhando desde o início do ano, em conjunto com empresa contratada para ajudar na liberação. O estádio que recebe jogos da Taça das Favelas, tem média de mais de 600 pessoas por dia de jogo. Porém jogos do campeonato da favela, não tem sequer ligação com a liberação da Federação, assim como informou Marcelo Vianna, diretor de competições da FERJ. 

- Ao contrário de partidas das taça das favelas, partidas de futebol profissional são submetidas ao estatuto do torcedor, lei federal 10.671. Com isso para ser liberado precisa obter os laudos liberatórios da vigilância sanitária, polícia militar, corpo de bombeiros e CREA laudo de engenharia, todos aprovados - afirmou. 

Para a realização da Taça das Favelas no Estádio João Francisco dos Santos, foram colocados refletores que suportam jogos a noite. Caso haja liberação, hipóteses ainda que pequenas surjam de uma possível partida realizada a noite no estádio, algo que a torcida sempre pede e que seria inédita, algo que jogos no João Francisco a noite nunca aconteceu.

Enquanto isso, a torcida celeste fica esperançosa pela liberação. O plano B da diretoria é Moça Bonita, que fica a poucos metros dali e onde o Barra da Tijuca anunciou que vai mandar seus jogos. O Ceres tem até o dia 2 de março para agilizar as papeladas. A estréia na segundona é dia 09 do mesmo mês, ás 15h contra o Duque de Caxias. 

A equipe está no grupo A da Série B, junto com Americano, Artsul, Audax, Barra da Tijuca, Goytacaz, Itaboraí, Queimados, São Cristovão e São Gonçalo FC. 

 

 

 

 








Ceres se reapresenta com reforços de Matheus

Lessa, Eudes e João Lomeu será o treinador

Macaca Chita voltou ao batente nesta segunda (18) e com o comando do diretor de Futebol Winston Soares, elenco vai ganhando forma para a Série B do Carioca que começa em março. 

 

Postado dia 19/01/2016 ás 22h20 - (Bangu - RJ)

João assume o Ceres para a disputa da Série B. (FOTO: Rede Sociais)

 

O Ceres se reapresentou nesta segunda feira (18) visando o Campeonato Carioca da Série B. A equipe celeste divulgou sua comissão técnica para 2016, além de reforços e volta de ídolos. Única indefinição segue sendo onde a equipe vai mandar seus jogos.

A diretoria acertou as chegadas do zagueiro Matheus Lessa, emprestado pelo o América, e as voltas do meia Eudes e atacante Leandrinho. Nomes como Adeildo e Willian Carlos estão presentes. Zagueiro Willian, que jogou a Copa Rio pelo o Barcelona volta de empréstimo. A expectativa é que mais reforços se apresentam durante a semana.  

Eudes Gomes, de 32 anos, volta a equipe após ficar quase dois anos longe do clube. Em 2014, ele deixou o Ceres rumo ao Timom (MA), e no ano seguinte rumou ao Estanciano (SE), onde ficou até maio. No clube sergipano, ganhou o apelido de Makelele. O meia ainda tem passagens por Boavista, Bangu e Villa Rio. 

No comando técnico da equipe está João Lomeu. O comandante volta a equipe após anos longe como treinador. João foi auxiliar técnico de Manicera em 2010. Depois disso ele passou por Karanba, foi técnico dos juniores do mesmo Ceres e supervisor de futebol, onde estava até o ano passado. 

A sua comissão técnica será formada pelo os preparadores físicos, Gui e Robinho, além dos diretores Thiago Silva, Robinho Estanislau e Helinho. É provável que chegue ainda preparador de goleiros e um auxiliar para João. 

Além de reforços, a equipe também tem baixas. Para 2016, a equipe não terá Pagodinho, que está na Portuguesa e Léo Flores, que vai disputar o Carioca pela a Cabofriense. A tendência é que Eudes ou Willian, assumam a braçadeira de capitão da equipe. 

O Ceres tem a política de seus treinadores trabalharem por longo período no clube. De 2008 pra cá, a equipe teve 5 treinadores, com apenas 2 ficando menos de um ano no clube. Confira o tempo de cada um:

Mário Marques (Janeiro a Julho de 2008)

Manicera (Julho de 2008 a Janeiro de 2011)

Nelson (Janeiro a Junho de 2011)

Floraci Pereira (Junho de 2011 a Agosto de 2013)

Leandro Ferreira (Agosto de 2013 a Maio de 2015)

Manicera (Maio a Dezembro de 2015) 

João Lomeu (Atualmente-2016) 

 

Na primeira rodada da Série B o Ceres folga, voltando apenas na rodada seguinte. A equipe receberá o Duque de Caxias, dia 9 de março, ás 15h ou no Estádio João Francisco ou em Moça Bonita. 

 

 

 







Barcelona acerta com goleiro Léo Flores, do

Ceres e mais cinco reforços

Depois de defender a celeste na Serie B, o Defensor de 27 anos chega ao azul-grená para a disputa da Copa Rio. Ele é o segundo ex-Ceres que chega ao Barcelona. Léo Flores já tinha sido contratado. 

 

Postado dia 08/08/2015 ás 23h30

Léo e Gustavo deixam o Ceres, rumo ao Barça. (FOTO: Carlos Junior)

 

Depois de acertar as contratações de André Barreto, Ximenes, Cazuza e Léo Flores, a diretoria do Barcelona fechou a contratação do zagueiro Luiz Gustavo, do Ceres e de mais 5 reforços. O defensor de 27 anos, tinha contrato até o dia 31 deste mês com o time celeste, mas como a equipe de Bangu não tem mais campeonatos a disputar nesse ano, ele foi rescindido. 

Gustavo estava no Ceres desde 2012. Ele tem 1,95 de altura e 80kg e é zagueiro de origem, mas joga também de volante e lateral direito. Em 2013, ele sofreu uma grave lesão no Joelho e teve que operar em agosto, ficando parado por mais de seis meses.   

Além dele, a diretoria confirmou a chegada de mais cinco jogadores: Os meias Leandrinho, ex-São Cristovão, e Caio, os volantes Mayaro, ex-Fluminense e Barra da Tijuca, e Betinho, ex-América, e o atacante Ricardo, ex-Botafogo.

Junto com André Barreto e Léo Flores, o meia Ximenes, ex-Barra da Tijuca, e o atacante Cazuza, ex-São Cristóvão também já acertaram com o cube. 

A estréia na Copa Rio, será no dia 26 deste mês, contra o América, ás 15h no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. O grupo C, onde estão os dois times, é formado por Macaé, Madureira e Rio São Paulo. 

 

 

 







Igor Luiz, ex Flu, rescinde com o Dhofar

Salalah e está livre no mercado

Centro avante de 26 anos com passagens por Nova Iguaçu, Ceres, Fluminense e Al-Arabi, estava no futebol do Omã e conseguiu liberação para voltar ao Brasil. 

 

Postado dia 13/07/2015 ás 18h35

Link permanente da imagem incorporada

Igor no Dhofar. (FOTO: Divulgação)

 

Após quase três anos atuando fora do Brasil, o centroavante Igor Luiz rescindiu contrato com o seu clube, o Dhofar Salalah, de Omã, e está liberado para voltar ao País. O Jogador de 26 anos, artilheiro da Bahraini Premier League, principal campeonato do país, espera por propostas para voltar a atuar aqui no Brasil.  

Revelado pelo o Fluminense, Igor atuou no Sertanense (Portugal). Depois foi para o Camaçari da Bahia, onde ficou por dois anos. Depois atuou no Ceres, sua melhor fase da carreira, sendo o artilheiro da equipe nas temporadas, 2011-2012. Fez uma otima dupla de ataque com Claudio Pagodinho.

Em dezembro de 2012, rescindiu com a celeste para atuar no Al-Arabi, dos Emirados Arabes Unidos. No final do ano passado, foi vendido para o Dhofar, onde estava até agora, onde pediu a rescisão para voltar ao Brasil. 

No Fluminense, Igor atuou com grande jogadores que hoje jogam profissionalmente. Rafael, que hoje defende o Manchester United da Inglaterra, Dalton, ex Fluminense e que hoje joga no Red Bull Brasil e Bruno Neves, da Cabofriense. Ainda no tricolor, Igor fez dupla de ataque com Bruno Veiga, que hoje atua no Mogim Mirim. 

 

 

 

 

 

 






Ceres Futebol Clube completa 82 anos

nesta sexta (10)

Há exatos 81 anos, marinheiros do 1º Distrito Naval, que moravam na rua Ceres, em Bangu, fundavam a equipe celeste. Sonho ainda é de chegar na primeira divisão e disputar um campeonato nacional. 

 

Postado dia 09/07/2015 ás 23h49

Ceres Futebol Clube completando 82 anos. (FOTO: Futshow)

 

O Ceres Futebol Clube comemora nesta sexta (10), 82 anos de vida. O Clube foi criado por marinheiros do 1º Distrito Naval, que moravam na Rua Céres, no bairro de Bangu em Julho de 1933. A equipe conseguiu disputar um campeonato estadual somente em 1988, quando participou de uma edição Campeonato Carioca, fazendo sua estreia na série C. Atualmente na segunda divisão do estadual, o Ceres jamais esteve na elite do futebol carioca, mas desde 2011, a equipe vem chegando perto do inédito sonho. 

A equipe tem títulos importantes como o Campeonato Carioca da Terceira Divisão (1990) e Departamento de Autônomo (1985), além dos vices campeonatos da Serie B do Carioca de 1997, Departamento Autônomo (1986) e um terceiro colocado da Copa Record (2005). 

Neste ano, a equipe terminou na décima quarta posição do Estadual. Assim como nos três últimos anos, a equipe foi punida pela perda de seis pontos por escalação irregular de Thiago Sapo. 

O Clube é conhecido por lançar dois grandes jogadores para o Futebol Nacional. Ademir da Guia atuou no clube na juventude, assim como o Brasileiro, naturalizado Croata, o atacante Eduardo da Silva.  

Atualmente, a equipe tem o goleiro Léo Flores como Ídolo recente do clube. O jogador completou em Junho, duzentos jogos com a camisa celeste. Além de Léo, o Ceres também teve José Ferreira. Um Roupeiro que trabalhou 25 anos no clube. ''Zé'' como era conhecido, faleceu em agosto do ano passado. Seu amor pelo clube era muito grande, assim como ele dizia no aniversario de 81 anos do clube, ano passado. 

'' Eu amo o Ceres. Não consigo viver sem o Ceres. Não é atoa que eu tenho 25 anos lá'', afirmou o ex roupeiro do clube. 

Atualmente, o presidente do Ceres é o Deputado Estadual e Coronel Jairo de Souza Santos. 

 

 

 

 






Artilheiro e capitão, Léo Flores completa

200 jogos com a camisa do Ceres

Goleirão da celeste completou duzento jogos e se tornou o jogador com mais partidas pelo o Ceres FC. Ele só pensará na aposentadoria com o Ceres na primeira divisão. 

 

Postado dia 11/06/2015 ás 00h02

Léo e sua homenagem pelo 200 jogos. (FOTO: Divulgação)

 

O goleiro Léo Flores completou nesta quarta feira (10) a marca de duzentos jogos com a camisa do Ceres FC. O arqueiro, agora se tornou o jogador com mais partidas pelo o clube em toda historia. Com 36 anos e esbanjando habilidade, ele é favorito para o posto de melhor goleiro da Serie B, ao lado de Ricardo (Portuguesa) e Felipe (América). 

Leonardo Moreira Flores chegou ao Ceres em 2001, emprestado pelo Madureira. Com passagens por Olaria, Portuguesa, Vasco da Gama, Portuguesa-RJ, além do futebol grego e português, acabou se identificando mesmo foi com o clube da  Zona Oeste, onde ganhou muitos fãs, por suas belas defesas e até pelos os gols marcados.

Por se parecido com Rogerio Ceni em campo, por fazer gols, o arqueiro vai colecionando apelidos como ''Léo Ceni'', ''Ceni do Ceres'' e ''Ceni de Bangu''. 

O diretor de futebol do Ceres, Winston Soares parabenizou pelo a marca do goleirão. 

- Meu ídolo, sou seu fã. Parabéns pelos 200 jogos no Ceres Futebol Clube, que Deus te abençoe, proteja e guarde. Que venham muito mais até que consigamos colocar o nosso Ceres FC na 1ª divisão do RJ - afirmou o diretor.

Presidente do Ceres, o Deputado Estadual Coronel Jairo também parabenizou o goleiro.

- Você merece, merece muito mais pelo profissional pelo homem pelo caráter pelo filho. Parabéns e obrigado. Eu e o Ceres FC temos orgulho de você - disse o chefão Jairo Souza. 

Antes da partida contra o Audax, Léo recebeu a placa comemorativa pelo o Winston. 

Com Léo completando 201 jogos, o Ceres recebe o Americano neste sábado, pela última rodada da Serie B. A partida acontece em Moça Bonita, ás 15h. 

 

Léo e Winston. (FOTO: Divulgação)

 

 

 

 

 






Em tarde de homenagem, Ceres apenas

empata com Audax em Bangu

Partida em Bangu terminou empatada em 1x1 com gols de Vitor Ferraz e Romarinho. Antes de a bola rolar, goleirão Léo Flores foi homenageado pelo 200 jogos com a camisa do Ceres. 

 

Postado dia 10/06/2015 ás 21h51

Jogadores comemoram o gol da celeste.  (FOTO: Reprodução)

 

Pela oitava e penúltima rodada do segundo turno do Campeonato Carioca da Série B, Audax Rio e Ceres se enfrentaram na tarde desta Quarta (10) e ficaram no empate em 1 a 1, em Moça Bonita.

Os gols da partida saíram apenas no segundo tempo de jogo. O Ceres saiu na frente do placar com Vitor Ferraz, mas logo depois, Romarinho deixou tudo igual.

Antes da bola rolar, o Ceres homenageou o goleirão Léo Flores, que completou 200 jogos com a camisa celeste. O capitão está a mais de 8 anos no clube e com 36 anos, ele ainda não pensa em aposentadoria.

Com este resultado de igualdade, as duas equipes estavam apenas cumprindo tabela, pois, já estão livres do rebaixamento. Mas no segundo turno, o Audax Rio está na lanterna do Grupo A com quatro pontos ganhos, já o Ceres na sexta posição com sete pontos.

Na tarde deste sábado (13), as duas equipes entram em campo pela última rodada desta fase da competição estadual. O Ceres recebe o Americano, enquanto, o Audax Rio visita o São João da Barra.

A partida
Audax Rio 1x1 Ceres – 8ª rodada da Taça Corcovado – 10/06/2015 às 15h
Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro – RJ)
Árbitro: Luis Antonio Silva Santos
Assistentes: Marcello Oliveira Costa e Thiego Miller Duarte de Oliveira
Audax Rio: Sidão; Rodrigo, Aderaldo, Agnaldo e Léo (Romarinho); Wallace Rato, Yuri (Vinícius), Everton (Gerson), Denílson e Castro; Pablo. Técnico: Marcelo Salles.
Ceres: Léo Flores; David, William, Lucão e Waguinho; Thiago Sapo, Wladimir, Lucas Silva (Marcos Vinícus) e André; Vitor Ferraz e Marcelinho. Técnico: Manicera.
Cartões amarelos: Lucão (CER); Castro (AUD)
Gols: Vitor Ferraz 7'/2ºT (0-1); Romarinho 20'/2ºT (1-1)

Público e renda: não disponíveis

 

 

 







Ceres demite Leandro Ferreira e confirma

retorno do treinador Manicera 

O técnico não resistiu aos maus resultados e não continua mais no cargo de treinador do clube. Manicera retorna ao clube após cinco anos.

 

Postado dia 28/05/2015 ás 01h16

Manicera está de volta ao comando do Ceres. (FOTO: Divulgação)

 

Leandro Ferreira não é mais o técnico do Ceres. Após a reunião realizada na manhã desta quarta (27), a diretoria celeste anunciou a troca no comando de treinador. Quem assume é Manicera, que está de volta ao comando do Ceres, após cinco anos. 

Leandro agora deverá se tornar auxiliar permanente do clube ou voltará ao comando do time-sub 20. 

De volta ao clube, Manicera na sua última passagem pelo clube, em 2010, conseguiu bateu um recorde de ficar 25 partidas invicto em casa, atuando no Estádio João Francisco. O treinador que é pai do jogador Lenon, que estava na Cabofriense, tem a missão de salvar o clube do rebaixamento.

Manicera é muito querido pela a comissão técnica do Ceres e sua contratação foi muito comemorada nos bastidores do clube. Ele foi apresentado e chegou comandando seu primeiro treino, visando a próxima partida. 

O Ceres está com 14 pontos e é o 14º colocado da classificação geral e o vice-lanterna do grupo a da Taça Corcovado. A equipe está apenas á dois pontos da zona de rebaixamento. 

A equipe folga nesta 6ª rodada e volta só no dia 7 de Junho, num domingo em Moça Bonita, contra o São João da Barra. 

 

 

 

 

 







Ceres lança nota oficial, sobre perda de

pontos por escalar jogador irregular

Azul Celeste divulgou uma Nota Oficial sobre a perda de pontos. Porém não informou, se vai recorrer do caso. 

 

Postado dia 23/05/2015 ás 20h35

 

O Ceres se pronunciou oficialmente sobre a punição que sofreu, nesta sexta-feira (22), pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), com a perda de seis pontos na Série B do Campeonato Carioca, por causa da escalação irregular do volante Thiago Sapo

Em nota, o Ceres se defendeu ao dizer que não há, no regulamento do campeonato, algo referente a uma suspensão automática de uma segunda expulsão não contar como suspensão paga de uma expulsão anterior, já que Thiago foi expulso na primeira rodada da Taça Santos Dumont mas, antes mesmo do julgamento, viu novamente o cartão vermelho, na quinta rodada. O clube não anunciou se irá ou não recorrer da decisão do Tribunal.

Confira a íntegra da nota:

"O Ceres Futebol Clube vem a público esclarecer o caso do jogador Thiago dos Santos da Silva (Thiago Sapo), onde o clube foi punido pelo TJD por escalar o jogador supostamente irregular e por não cumprimento de suspensão, o que ocasionou, a princípio, a perda de 6 pontos da equipe no Campeonato Carioca da Série B.
 
No dia 15/03, o atleta em questão foi expulso no jogo Ceres x São Gonçalo. Cumpriu automática na rodada seguinte, contra o Queimados, dia 18. Retornou normalmente na 3ª rodada (22/03 - Mangaratibense), 4ª rodada (25/03 - America) e 5ª rodada (28/03 - Angra dos Reis), onde foi novamente expulso.
 
No dia 01/04, houve o julgamento da primeira expulsão, onde ficou definido a punição de 3 jogos. Como o atleta já havia cumprido a automática, restavam dois jogos. Thiago Sapo cumpriu a automática da expulsão contra o Angra dos Reis na 6ª rodada (4/04 - Duque de Caxias) e subsequentemente na 7ª rodada (11/04 - Barra da Tijuca). Em nosso entendimento, e como não há explícito na regra que a automática de uma nova expulsão não conta como suspensão paga de uma anterior, o atleta em questão já teria cumprido os 3 jogos da punição do primeiro cartão vermelho, e também cumprido a automática do segundo cartão vermelho.
 
Dito isso, estava apto a entrar em campo dia 15/04 contra o Barcelona, pela 8ª rodada. O julgamento do segundo cartão vermelho veio ocorrer no dia 17/04, onde novamente o atleta pegou 3 jogos de suspensão. E que foram cumpridos dia 4/04 (automática), 18/04 (Olaria) e 10/05 (São Cristóvão). A fim de evitar complicações pela possível brecha no regulamento, o Ceres Futebol Clube, em carátr preventivo e isentando-se de benefício de tal brecha, não escalou Thiago Sapo por sua própria vontade na 2ª rodada da Taça Corcovado, dia 13/05 contra o Gonçalense, reiterando a total isenção e a tentativa de não ser interpretado de forma equivocada como um benefício ilícito, como estamos sendo julgados e punidos com a perda desses 6 pontos.
 
O Ceres Futebol Clube, em nome de todos os seus jogadores e comissão técnica, reforça o posicionamento de que julgamos cumprir o regulamento, não se beneficiando do mesmo, da maneira como nos está sendo acusada. Nossa obrigação é prezar sempre pela clareza dos fatos, e prestar satisfação a todos os torcedores e amantes do futebol carioca.
 
Rio de Janeiro, 22 de maio de 2015.
Ceres Futebol Clube"

 

 

(Materia: Futrio.net)

 

 

 






Ceres é punido pela FFERJ, perde seis

pontos e acesso fica mais longe 

Time da rua da chita não tem mais chances de acesso pela classificação geral. A Última chance para se classificar, a equipe tem que ficar entre os dois primeiros da Taça Corcovado.

 

Postado dia 23/05/2015 ás 19h30

Thiago Sapo (FOTO) jogou irregularmente. (FOTO: Adriane Cristine)

 

O Ceres foi punido com a perda de seis pontos pela escalação irregular do volante Thiago Sapo na partida contra o Barcelona, no dia 15 de abril, pela Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série B do Campeonato Carioca. 

O jogador havia sido expulso contra o Angra dos Reis, pela quinta rodada. Após julgamento foi determinada pela de três jogos de suspensão, mas Thiago entrou em campo com ainda uma partida a cumprir.

Nesta sexta-feira (22), em novo julgamento, o Tribunal determinou que a equipe de Bangu foi punida com a perda de três pontos naquele turno, já encerrado.
 
Assim, na classificação geral, o Ceres está agora com 14 e caiu para a 12ª colocação, apenas dois pontos a mais que o São João da Barra, antepenúltimo colocado e primeiro na zona de rebaixamento. Além da perda de pontos, o Ceres também foi multado em R$ 7 mil. 
 

O time da rua da chita não tem mais chances de acesso pela classificação geral. A Última chance para se classificar, a equipe tem que ficar entre os dois primeiros da Taça Corcovado. 

 

 

 







Léo Flores é expulso, Ceres toma pressão,

mas segura empate do Sampaio Corrêa

O Alviceleste teve seu goleiro, Léo Flores, expulso no segundo tempo e seu substituto, Douglas, fechou o gol e garantiu o empate para seu time. O Galinho da Serra acertou a trave cinco vezes.

 

Postado dia 22/05/2015 ás 01h11

Pagodinho reencontrou o Ceres pela segunda vez. (FOTO: Emerson Pereira/Super Gol)

 

Fechando a quarta rodada do segundo turno do Campeonato Carioca da Série B, Ceres e Sampaio Corrêa se enfrentaram na tarde desta quinta-feira, e ficaram no empate em 0 a 0, em Moça Bonita.

Com este resultado de igualdade, o Ceres permanece na sétima colocação do Grupo A, agora com três pontos ganhos. Já o Sampaio Corrêa/RJ segue na penúltima posição com dois pontos marcados.

O jogo começou de forma equilibrada e a primeira chance do jogo foi em uma cobrança de escanteio fechada, cobrada por Leomir. Léo Flores socou para longe da área. O goleiro apareceria novamente em chute de longa distância de Cláudio Pagodinho. O artilheiro arrematou de canhota da intermediária, obrigando o arqueiro a fazer bela defesa. O Ceres tentava agredir o Sampaio Correa em jogadas individuais, mas sem muito sucesso.

Com mais posse de bola, o Galinho da Serra tentava em jogadas pelas laterais, mas só oferecia perigo quando Claudio Pagodinho arriscava. Já pelo lado do Alvianil da Rua da Chita tentou criar com lançamentos longos, viradas de jogo e nas investidas do lateral direito Lucas, que sempre chegava com força na linha de fundo. Em uma dessas jogadas pela direita, dessa vez com Vitor Ferraz, Natan em um plástico voleio obrigou Marcos a fazer bela defesa e manter o placar no zero no primeiro tempo.

Na volta do intervalo a partida começou agitada. Com menos de cinco minutos Pagodinho apareceu livre dentro da área, bateu de canhota e Léo Flores, seguro, defendeu o chute do atacante, que logo depois tentou de cabeça, mas a bola foi para a linha de fundo. Em lançamento longo do meio campo do Galinho da Serra, Juninho apareceu livre e foi derrubado por Léo Flores na entrada da área. O goleiro foi expulso e Douglas entrou no gol Alvianil e nos dois chutes seguintes, fez belas defesas.

A pressão do Sampaio Correa só aumentava. Paquetá perdeu clara chance de marcar, quando sozinho desperdiçou chance de cabeça dentro da pequena área. Depois foi a vez de Jorge Luiz receber bola de Claudio Pagodinho, invadir a área e bater para a linda defesa do arqueiro Douglas, que arrojado, saiu nos pés do meia. Depois ele voltou a aparecer dentro da área, após tabela o jogador bateu na saída de Douglas, que arrojado, pegou a bola no reflexo.

O Ceres tentava em contra-ataques com Vitor Ferraz, mas sozinho, pouco criava. O Galinho da Serra pressionava. Em um lance o ataque da equipe acertou três vezes na trave. Paquetá bateu falta para área e acertou a trave, no rebote, bololô na área e o ataque carimbou duas vezes a trave no mesmo chute. Depois Henrique em forte chute de fora da área também acertou o poste da meta de Douglas, que um lance depois pegou cabeçada de Rômulo a queima roupa. O Sampaio seguiu com sua pressão até o apito final, mas nada se o time furar o bloqueio Alvianil: 0 a 0 placar final.

As duas equipes voltam a campo na tarde deste sábado (23), pela quinta rodada desta fase da competição estadual. O Ceres visita a Portuguesa, enquanto, o Sampaio Corrêa recebe a equipe do São João da Barra.

A partida

Ceres 0x0 Sampaio Correa - Taça Corcovado, 4ª rodada - 21/05/2015

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Gefferson Gonçalves Garvca
Assistentes: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Richardson Santos da Silva.

Ceres: Léo Flores; Lucas, William, Gustavo e Waguinho; Lucão (Douglas 12'/2ºT), Thiago, Wladimir e Natan (Tiago Vieira 17'/2ºT). Marcos Vinícius (Cleiton - Intervalo) e Vitor Ferraz. Técnico: Leandro Ferreira.

Sampaio Corrêa: Marcos; Maurício, Leandro, Cristiano (Henrique - Intervalo); Barrach, Leomir, Jorge Luiz, Jessé (Paquetá 27'/2ºT) e Davi; Juninho (Rômulo 31'/2ºT) e Cláudio Pagodinho. Técnico: Emanoel Sacramento

Cartões amarelos: Thiago (CER) Leandro (SAM)

Cartão Vermelho: Léo Flores (CER) 11'/2ºT

Público: 232 pessoas

 

 

 

 

 






Com um jogador a menos, Ceres arranca

empate do Goytacaz no Aryzão

Partida foi marcado por um duelo. Rondinelli até tentou, porém não conseguiu vencer o goleiro Léo Flores, do Ceres, de maneira alguma no jogo. 

 

Postado dia 17/05/2015 ás 02h22

Léo Flores não conseguiu evitar o gol do Goyta. (FOTO: Divulgação/Ururau)

 

O Goytacaz recebeu o Ceres, na tarde desta sábado (16/05), e ficou no empate por 1 a 1, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Estadual. Wandinho abriu o placar para o Goyta ainda no primeiro tempo, mas Waguinho deixou tudo igual na etapa final.

Com o resultado, o alvianil chegou aos quatro pontos e pulou para a terceira colocação do grupo A com quatro pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por São Cristóvão e São João da Barra, que ainda jogam na rodada.

A equipe da Rua do Gás dominou completamente o primeiro tempo e perdeu a oportunidade de ampliar o placar e ter tranquilidade. Miguel e o experiente Rondinelli, nas bolas paradas, levaram mais perigo ao gol defendido por Léo Flores. No segundo tempo, o Ceres chegou ao empate em um lance isolado e conseguiu segurar o marcador.

O JOGO 

Apesar do domínio do Goytacaz, a primeira oportunidade do jogo foi do time visitante. Rondinelli cobrou errado um escanteio curto, aos quatro minutos, e armou o contra-ataque do Ceres. Thiago Abreu ganhou da marcação na lateral esquerda e lançou Vitor Ferraz, que arriscou da entrada da área, mas a bola passou por cima do gol.

A partir de então, o Goytacaz tomou a posse de bola e pressionou o adversário em seu campo defensivo. Aos 11 minutos, Miguel recebeu lançamento longo na lateral esquerda, invadiu a área, cortou a marcação e chutou colocado no ângulo, mas o goleiro Léo Flores foi buscar e colocou em escanteio.

Rondinelli começou a aparecer bem aos 15 minutos. Após cobrança de escanteio fechada do camisa 10, o goleiro Léo Flores deu um tapa na bola, que sobrou para Bóvio na área, mas o meia pegou mal na bola, que saiu fraca a direita do gol.

O alvianil carioca tentou ensaiar uma reação aos 18 minutos. Vitor Ferraz recebeu livre na entrada da área e quis surpreender o goleiro Anderson com uma finalização de fora da área, mas a tentativa saiu por cima.

E a torcida presente ao Aryzão pôde comemorar aos 20 minutos. Rondinelli cobrou falta com muita força da entrada da área, Léo Flores espalmou no cantinho esquerdo, mas Wandinho aproveitou o rebote para abrir o placar.

Goytacaz e Ceres fizeram um otimo jogo, apesar do 1x1. (FOTO: Ururau)

 

Aos 30  minutos, Rondinelli, mais uma vez, cobrou falta com muito veneno na entrada da área, mas dessa vez o goleiro Léo Flores estava atento. Antes do intervalo o Ceres tentou uma reação em lances isolados. Aos 36, o goleiro foi ao ataque cobrar uma falta próximo a área, mas chutou em cima de Anderson. Aos 44, Gustavo lançou a bola, Anderson escorregou e o atacante Rael salvou em cima da linha.

O Goyta começou o segundo tempo com tudo. Logo no primeiro minuto, Diego cruzou para Rael cabecear livre no meio da área. Léo Flores fez ótima defesa. Aos 12, Rondinelli cobrou falta com força, a bola passou por todo mundo e Lacraia desviou para fora na pequena área.

E como diz o velho chavão do futebol: quem não faz, leva. Aos 16 minutos, o Ceres chegou ao empate em um lance isolado. Após cobrança de escanteio da direita, a defesa do Goytacaz afastou para a entrada da área e Waguinho pegou a sobra para acertar o canto direito de Anderson. Goytacaz 1x1 Ceres.

A equipe de Bangu se animou e, aos 19 minutos, Marcos Vinícius puxou contra-ataque. O meia tinha a opções de passe sem marcação, mas preferiu a finalização de fora da área. Para fora. Com 27 minutos, Rondinelli, em mais uma cobrança de falta, colocou a bola no cantinho esquerdo de Léo Flores. A bola passou raspando a trave e saiu em tiro de meta.

Aos 34 minutos, em mais um contra-ataque, Marcos Vinícius partiu em velocidade pela direita e cruzou rasteiro. Anderson estava vendido no lance, mas a retaguarda alvianil tirou em escanteio.

A situação do Goytacaz ficou melhor aos 38 minutos, quando André invadiu a área e simulou um pênalti. O árbitro Leandro de Lima e Silva mostrou o segundo cartão amarelo para o volante, que foi expulso.

O Goyta seguiu pressionando até o último minuto, em cobranças de falta de Rondinelli e em bolas levantadas para Rael, mas, mesmo jogando melhor, o time da Rua do Gás decepcionou e ficou no empate em casa com o Ceres.

A partida 

Goytacaz 1x1 Ceres

Gols: 20'/1º Wandinho (GOY), 15'/2º Waguinho (CER)

Local: Estádio Ary de Oliveira e Souza

Árbitro: Leandro de Lima Silva

Assistentes: José Carlos Batista de Arruda e Ricardo Fragoso de Carvalho

Cartões amarelos: Rodrigo (GOY), Léo Flores (CER), Gustavo (CER), André (CER)

Cartão vermelho: André (CER)

Goytacaz: Anderson, Matheus (Sassá), Rodrigo Lacraia, Cleiton, Diego; Renan, Miguel (Neto), Cleiton, Bóvio (Almir), Rondinelli, Wandinho, Rael.

Ceres: Léo Flores, Lucas Silva, Willian, Gustavo, André, Waguinho, Wladimir, Thiago Sapo, Cleiton (Marcos Vinícius), Thiago Abreu (Marcelinho), Vitor Ferraz (Thiago V.)

 

 

 






Ceres abre o placar, mas vacila, toma gol no

fim e empata em Moça Bonita

Os gols da partida foram marcados por Marcos Vinicius, para o Ceres, e João igualando para os visitantes.

 

Postado dia 14/05/2015 ás 17h43

Ceres e Gonçalense ficaram no 1x1. (FOTO: Gabriel Farias/Futebol Gonçalense)

 

Em confronto válido pela segunda rodada da Taça Corcovado, segundo turno da Série B Estadual, o Gonçalense empatou com o Ceres por 1 a 1, no estádio de Moça Bonita, em Bangu, na tarde desta quarta-feira, dia 13. Os gols foram marcados por Marcos Vinicius, para os donos da casa, com João igualando para os visitantes.

O Gonçalense fica na quinta colocação do Grupo A, agora com um ponto. No entanto, os jogos da noite e de quinta-feira, que complementam a rodada, podem mudar o panorama. Ao todo, na Segundona, já são quatro partidas sem sentir o sabor da vitória para o Tricolor, que volta a Moça Bonita no domingo (17), mas na condição de mandante, quando receberá o São João da Barra.

O primeiro tempo apresentou equilíbrio, com os times demonstrando posturas diferentes. O Gonçalense utilizada o toque de bola, enquanto o Ceres era só contra-ataque. André tentou por duas vezes seguidas, aos três minutos, dando susto no time de São Gonçalo. Julio defendeu bem. A resposta veio aos 18, quando Sabão aproveitou cruzamento de William Amendoim e finalizou para boa defesa de Léo Flores.

O panorama seguiu o mesmo até o intervalo, com cada equipe tendo mais uma boa chance. Lucas tabelou com Vitor Ferraz e jogou por cima pelo time banguense. Já o Tricolor viu Sabão arriscar da entrada da área, por cima do travessão alviceleste.

No segundo tempo o Gonçalense deu a impressão de que abriria o placar. Explorando a velocidade de William Amendoim e Sabão, o Tricolor teve dois bons momentos, ambos com Sabão. Nas duas oportunidades, entretanto, o atacante falhou ao finalizar em cima do marcador.

O castigo veio num contra golpe fulminante, após roubada de bola no meio de campo. A bola foi lançada em velocidade para Vitor Ferraz na ponta direita. Ele teve a calma de dominar e rolar para o meio da área. Livre, Marcos Vinicius escolheu o canto e colocou o Ceres na frente, de maneira inapelável para Julio.

O Gonçalense seguiu na pressão. As chances foram sendo disperdiçadas das mais variadas formas. Gilmax tentou em cobrança de falta que saiu perto do poste. Aos 30, Giovanni arriscou de longe, Léo Flores soltou, Talisson pegou o rebote, mas viu o arqueiro se recuperar.

Com um trio de ataque na frente, formado por Sabão, Talisson e João, o Gonçalense aumentou a pressão nos minutos finais, mas o nervosismo era nítido por parte do time de São Gonçalo. O Ceres, por sua vez, adotou uma postura totalmente retraída, abidcando do ataque.

Na casa dos 39 minutos o esforço do Gonçalense foi recompensado. Após chute de fora da área de Talisson, Léo Flores deu rebote e João demonstrou bom posicionamento para igualar o placar em 1 a 1. O Tricolor ainda teve a chance da virada com Amendoim, mas o meiocampista não conseguiu completar em gol, decretando o empate como placar final.

Ficha Técnica

Ceres 1X1 Gonçalense
Campeonato Carioca Série B - Taça Corcovado - 2ª Rodada
Estádio de Moça Bonita, Bangu (RJ)
Dia 13 de maio (quarta-feira) - 15h

Árbitro: Elton Azevedo
Assistentes: Alexandre Eller e Ivan Silva Araújo
Cartões Amarelos: Rodrigão, Dyeguinho, Yago, Pedrinho e Sabão (GFC)

Gols: Marcos Vinicius, 7'/2ºT (1-0); João, 39'/2ºT (1-1)

Ceres: Léo Flores; Lucas, Willian, Gustavo e Waguinho; Wladimir, Jonathan, Cayo Cezar (Thiago Abreu) e Natan; Marcos Vinicius (Marcelinho) e Vitor Ferraz. Técnico: Leandro Ferreira 

Gonçalense: Julio; Sales, Rodrigão (Giovanni), Joseph e Thiaguinho; Dyeguinho (Talisson), Pedrinho, Gilmax (João), William Amendoim e Giovanni; Sabão. Técnico: Cláudio Pinduca

 

 

 






Thiago Abreu afirma que Ceres sentiu falta

de ritmo, e convoca o torcedor para quarta 

Atacante da Celeste disse que derrota para São Cristovão foi porque equipe sentiu a falta de ritmo, devido a virada de turno do Campeonato.

 

Postado dia 12/05/2015 ás 02h11

Thiago só deseja a vitoria na quarta. (FOTO: Adriane Cristine)

 

Depois de ser derrotado pelo o São Cristovão na Bariri por 2x1, o Ceres mudou o disco, e já pensa no confronto de quarta-feira contra o Gonçalense. Para o duelo em Bangu, o técnico Leandro Ferreira terá as voltas de David, Lucão, André e Thiago Sapo, que estavam suspensos e machucados. 

O Vice-artilheiro do Ceres na competição comentou sobre a derrota para os cadetes no sábado (9).

- Eu acho que foi uma partida atípica, onde nós sentimos a falta de ritmo, devido a essa virada de turno. Ainda assim nós conseguimos sair na frente, mas com a expulsão de um jogador nosso acabou complicando a nossa situação - afirmou Thiago Abreu que se dirigiu ao companheiro Cleiton, expulso na partida. 

Precisando da vitoria na próxima rodada para poder continuar sonhando com a classificação, o Ceres convoca o torcedor para ir a Moça Bonita apoiar o time e conquistar os três pontos.

- Agora contra o Goncalense precisamos da vitória, para se reabilitar, até porque vamos jogar em casa e precisamos da vitória para se manter lá em cima na classificação geral do campeonato. É sempre importante que o torcedor nos apoie, até porque vamos jogar no nosso bairro em casa e isso faz muita diferença. Contamos com apoio do nosso torcedor quarta feira para sairmos vencedores - disse o atacante. 

A equipe celeste está na sétima colocação do grupo A da Taça Corcovado, com nenhum ponto conquistado. Na classificação geral da Serie B, o time está em terceiro lugar, com dezessete pontos. 

Ainda não foram oficializadas o inicio das vendas, mas a tendência é que os ingressos para a partida estejam sendo vendidos apenas no dia da partida. Não é oficial, mas os ingressos devem está custando R$ 10,00 (Inteira) e R$ 5,00 (Meia). 

Como não pode jogar no seu Estádio João Francisco, o Ceres recebe o Gonçalense, em Moça Bonita, ás 15h, desta quarta-feira. 

 

 

 

 






Dí Maria marca, e São Cristovão vira para

cima do Ceres na Bariri 

Vitor Ferraz abriu o placar na primeira etapa a favor do Ceres enquanto Nelinho e Di Maria construiram a vitória do São Cricri.

 

Postado dia 11/05/2015 ás 01h11

Cadetes venceram de virada na Bariri. (FOTO: Diego Zurita/Super Gol)

 

Na abertura da Taça Corcovado 2015, o São Cristóvão bateu o Ceres de virada, por 2 a 1, na Rua Bariri, na tarde deste domingo (10/5). Vitor Ferraz abriu o placar na primeira etapa a favor do Ceres, aos 8 minutos. Entretanto, Nelinho, aos 22 min, e Di Maria, aos 36 minutos do segundo tempo, viraram a partida para o time Cadete, que marcou os primeiros três pontos no Grupo A no Segundo Turno do Campeonato Estadual da Série B.
 
Na segunda rodada da Taça Corcovado, o São Cristóvão enfrenta o São João da Barra, próxima quarta-feira (13), às 19 horas, no Estádio Manoel José Viana de Sá. O Ceres joga no mesmo dia, às 15 horas, em Moça Bonita, contra o Gonçalense.
A partida
São Cristóvão 2 x 1 Ceres - Taça Corcovado, 1ª rodada - 10/05/2015 às 15h
Estádio da Rua Bariri (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Vinicio Mendes de Oliveira
Assistentes: Pedro Henrique Tavares da Eira e Renato Serôa da Motta
São Cristóvão: Renan; Paulinho, Venício, Vinícius e Anderson; Matheus, Calebe (Renteria 33'/2T), Macarrão (Nelinho - intervalo) e Igor (Serginho 19'/2T); Di Maria e Telê. Técnico: Athirson.
Ceres: Léo Flores; Lucas, Willian, Gustavo e Waguinho; Wladimir, Cayo Cezar, Jonathan (Marcos Vinicius - intervalo) e Natan (Jhony - intervalo); Cleiton e Vitor Ferraz (Oliveira 36'/2T). Técnico: Leandro Ferreira.
Gols: Vitor Ferraz 8'/1T (0-1); Nelinho 22'/2T (1-1); Di Maria 36'/2T (2-1)
Cartões Amarelos: Paulinho, Venício (SCR); Cleiton (CER)
Cartão vermelho: Cleiton (CER)
Público/Renda: Não disponíveis

 

 

 

 

 






Ceres muda mando de campo, e Moça Bonita

será sua casa na Taça Corcovado

Sem o João Francisco, o time celeste mandava seus jogos no Marrentão, e agora ficará no Estádio do rival, que é perto da sede do clube.

 

Postado dia 07/05/2015 ás 22h53

Moça Bonita será a casa do Ceres na TC. (FOTO: Divulgação)

 

Depois de mandar seus jogos no Marrentão na Taça Santos Dumont, o Ceres tem um bom motivo para comemorar antes da estréia no segundo turno. A equipe do técnico Leandro Ferreira escalou o Estádio Moça Bonita para mandar seus jogos na Taça Corcovado.

O estádio que fica á poucos metros do João Francisco, servirá de 'casa alugada' para os celestes. O Clube que no Marrentão tinha uma média de 200 Torcedores por jogo, agora espera aumentar a média de público atuando em Bangu. 

A estreia em ''casa'' ocorre na próxima quarta (13), ás 15h00, contra o Gonçalense. Antes a equipe enfrenta o São Cristovão, no domingo (10), na Rua Bariri. 

Na Taça Santos Dumont, a equipe jogando no Marrentão não perdeu nenhum jogo. Foram 3 vitorias e 1 empate. Na estreia da Serie B, o Ceres mandou a partida no Lourival Gomes, e saiu derrotado por 2x1 pelo São Gonçalo FC.

 

 

 

 







Ceres vence Olaria, mas não consegue

classificação para as semifinais

Azul Celeste faz sua parte, vence o Olaria no Marrentão, mas vitoria do Americano sobre Mangaratibense, eliminou as chances de classificação. 

 

Postado dia 18/04/2015 ás 17h25

André Oliveira cobra e faz para o Ceres. (FOTO: Ascom Ceres)

 

O Ceres lutou, correu, torceu, mas não conseguiu a Classificaçao para as semifinais da Taça Santos Dumont. A azul celeste até fez sua parte, mas o Americano venceu o Grêmio Mangaratibense em Cardoso Moreira por 3x2, e eliminou o time da próxima fase. 

O único gol da partida, foi marcado aos 31 minutos da primeira etapa. Vitor Ferraz foi derrubado dentro da área. O Camisa 5 André Oliveira cobrou mal, chutou por debaixo das mãos de Espindula, mas mesmo assim, a bola entrou. 

O JOGO

A Primeira etapa de partida, só foi de um time; Ceres. A Partida começou com grandes jogadas da equipe. Foram duas chances desperdiçadas, antes dos 15 minutos iniciais. 

Enquanto jogava no Marrentão, a azul celeste também jogava em Cardoso Moreira, de olho no jogo do Americano. Á essa altura de partida, já estava 2x1 para os donos da casa. 

Depois da parada técnica, aos 20 minutos, o Ceres veio melhor, e logo em seguida saiu o primeiro gol. Vitor Ferraz é derrubado dentro da área. O Camisa 5 André Oliveira finalizou mal, por debaixo das mãos de Espindula, mas mesmo assim, a bola entrou, 1x0. 

Com o resultado parcial, a Celeste precisaria apenas do gol do Mangaratibense, que a essa hora, perdia por 2x1 para o Americano. A Torcida do Ceres, sabendo que faltaria apenas um gol da outra partida, se animava. A nova Torcida organizada Trovão Azul, não parava de cantar, tentando empurrar o time. 

Após o gol tomado, o Olaria acordou e teve duas otimas chances, porém pararam nas mãos de Léo Flores. Tiago Amaral finalizou forte, de fora da área, e o goleiro artilheiro espalmou para escanteio.

Assim terminou a primeira etapa. O Ceres pressionando e Olaria se defendendo na medida do possível. Os visitantes também precisava dos três pontos, para poder se classificar. 

Na segunda etapa, a partida começou aberta, lá e cá, e logo aos 6 minutos, o Ceres quase ampliou. Falta na entrada da área do Olaria. O Goleirão Léo Flores chutou forte no angulo, mas Espíndola defendeu e a bola bateu caprichosamente na trave. 

Depois da cobrança, o Olaria voltou a jogar, e quase empatou aos 11 minutos. Araruama cabeceou e Léo Flores, sendo um dos melhores da partida, espalmou novamente para escanteio. 

Aos 17, Vitor Ferraz testou firme, e Espíndula fez outra otima defesa. O Tempo foi passando e as equipes, sendo eliminadas, foram ficando assustada e nervoso. Aos 27, Igor fez falta dura por trás, e foi expulso. 

Sabendo da vantagem, o Tecnico Leandro Ferreira, tirou o volante Wladimir, e colocou o meia Caio Fábio, para tentar o segundo gol, e não correr os riscos de tomar.  

A Partir daí, sobrou apenas para o Ceres, pressionar e segurar o resultado. Já no fim da partida, o Americano fazia o terceiro, acabando com as chances de classificação. O Mangaratibense ainda diminuiu com Wellington, mas não tinha mais tempo. Americano 3X2 Mangaraibense e Ceres 1x0 Olaria. Americano classificado e Ceres eliminado. 

Fora das semifinais, as equipes só voltam á campo apenas em Maio, pela a Taça Corcovado. Jogando em casa, na Bariri, o Olaria recebe o Mangaratibense, no sábado (09) ás 15h00. Já o Ceres vai até o Luso Brasileiro enfrentar o São Cristovão, ás 15h00 no Domingo (10).

FICHA TECNICA
 
Ceres 1x0 Olaria – Taça Santos Dumont, 9ª rodada – 18/04/2015 às 15h
 
Estádio: Romario de Souza Faria - Marrentão (Duque de Caxias-RJ)
Árbitro: Estevão Cunha da Trindade
Assistentes: Gabriel Bernardo Duarte e Marcus Vinicius Machado Araújo Brandão
 
Ceres: Léo Flores, David, William, Gustavo, André, Waguinho, Wladimir (Caio Fábio), Cayo Cezar, Cleiton, Jonathan (Nathan) e Vitor Ferraz. Téc.: Leandro Ferreira
 
Olaria: Espíndula, Antonio, Leandrão, Anderson do Ó, Rafinha, Paraguai, Josué, Igor e Araruama, Junior e Tiago Amaral. Téc.: Antonio Carlos Roy
 
Cartão Vermelho: Igor 26' 2ºT (OLA)
 
Gol: André Oliveira 32’/1ºT (1-0)
 

Público e Renda: Não Divulgados 

 

 

 

 

 




Com nova torcida organizada, Ceres recebe

o Olaria, com um objetivo: Vencer

Azul Celeste recebe Olaria no Estádio Marrentão, precisando vencer e torcer para combinações de resultados, para conseguir a vaga na semifinal do Carioca.

 

Postado dia 18/04/2015 ás 12h49

Torcida Trovão Azul. (FOTO: Divulgação)

 

O Ceres recebe neste sábado (18) o Olaria, pela última rodada da Taça Santos Dumont. A Equipe só tem apenas um objetivo; Vencer. O Time precisa ganhar os 3 pontos para conseguir a classificação para ás semifinais. 

A Classificação, para a próxima fase, não depende apenas da própria equipe. Além de vencer, o Ceres precisará de uma combinação de resultados.

Precisa vencer o Olaria em casa, e torcer para os empates ou derrotas de Americano, Audax e Gonçalense. O Time de campos recebe o Mangaratibense em casa. O Audax enfrenta o Angra em Moça Bonita, e o Gonçalense joga contra o Queimados no Aryzão. 

Para a partida de hoje, a equipe terá uma motivação a mais. Nas arquibancadas, terá a Torcida Trovão Azul Celeste. Uma nova torcida Organizada, já que o Ceres conta com 'Garra Azul Celeste', 'Torcida Jovem', 'Raça Azul' e agora há 'Trovão Azul Celeste'. 

Quem quiser ouvir, Ceres X Olaria, a Rádio Jovem Olaria transmite a partida Ao Vivo, direto do Marrentão. Basta clicar e ouvir, á partir da 14h50.

http://www.radios.com.br/aovivo/Radio-Jovem-Olaria/16338

 

Confira a nota Oficial de convocação da Torcida para o confronto de hoje.

''' É HOJE. ESTAREMOS NO MARRENTÃO APOIANDO NOSSO CERES E DIVULGANDO NOSSO TRABALHO. QUEM QUISER PODE CHEGAR. VENHA CONHECER A TROVÂO AZUL CELESTE. UM NOVO MODO DE TORCER !!!

Atenciosamente Diretoria Trovão Azul Celeste !!! '''

 

 

 

 




Ceres vence o Barcelona, continua vivo, mas

precisa de um milagre para ir as semi

Macaca Chita venceu o Xará espanhol por 1x0 na Ilha. Para ir as semifinais, a equipe precisa vencer o Olaria, e torcer para as derrotas de Portuguesa, Americano, Audax e Gonçalense. 

 

Postado dia 16/04/2015 ás 03h54

Jogadores Celete comemora o gol do jogo. (FOTO: Agência FFERJ)

 

O Ceres venceu o Barcelona pelo placar de 1 a 0 no Estádio Luso Brasileiro, em jogo que aconteceu às 15 horas válido pela oitava rodada da Taça Santos Dumont, o primeiro turno do Campeonato Carioca da Série B de 2015. Jonathan marcou, de fora da área, o único gol da partida.
 
O resultado fez o time de Curicica dar, definitivamente, adeus às remotas chances de classificação para a semifinal da Taça Santos Dumont, além de estar na oitava e penúltima posição do Grupo B com 5 pontos Barcelona também está na zona de rebaixamento na classificação geral. O Alvi-Celeste de Bangu com a vitória vai a 15 pontos ganhos, assume a quinta posição do Grupo A e permanece vivo na luta por uma vaga nas semi-finais do primeiro turno da Segundona.

 
Os dois times fizeram um jogo bem frio no primeiro tempo. Quem esboçava mais vontade era a equipe do Barcelona, que procurava atacar usando de velocidade pelas pontas, porém a produtividade do meio do campo e do ataque da equipe de Curicica, era praticamente nula. A única chance da primeira etapa foi em uma cobrança de falta executada por Thales, que desviou na barreira e tirou tinta do gol do Ceres.
 
Pelo lado do Alvi-Celeste de Bangu a situação foi praticamente a mesma, com a diferença que o Ceres, ao contrário do adversário, procurava jogar nos contra-ataques. Mas as chances foram igualmente pequenas, pois o time visitante esbarrava na defesa bem postada do time do Barcelona. A única chance de gol foi aos 36 minutos, em falta cobrada por Waguinho que passou longe do gol defendido por William. Sem nada acrescentar o árbitro apitou o fim do primeiro tempo.
 
As duas equipes voltaram sem alteração para o segundo tempo. E logo no início da etapa complementar, aos 2 minutos, o Ceres ficou com um jogador a menos. O zagueiro Lucão deu um pontapé muito violento no meia Romarinho. O juiz marcou a falta e deu o cartão vermelho direto.
Por conta da expulsão, o técnico do Ceres, Leandro Ferreira, tirou o meia Thiago Abreu para colocar Jonathan improvisado na zaga. Já o treinador do Barcelona, Luiz Paulo, aproveitou-se da vantagem numérica para colocar o meia Dejavan no lugar do volante David.
 
Com um a mais em campo, o Barcelona pressionava a defesa do Ceres. Aos 15 minutos, Thales recebeu na pequena área um bom cruzamento da direita e chutou em cima do goleiro Léo Flores, que mandou para escanteio. Na cobrança, a zaga do time visitante afastou da área e deu origem a um belo contra-ataque. Jonathan, da intermediária, arriscou o chute e marcou um belo gol, sem chance de defesa para o goleiro William.
 
Com a desvantagem no placar, o time de Curicica partiu todo para o ataque, insistindo na bola aérea. O lateral-direito Júlio César era o mais acionado e numa das chegadas pela ponta direita, aos 27 minutos,  o jogador do Barcelona acertou um belo cruzamento para Dejavan cabecear com força, no canto baixo esquerdo, mas o goleiro Léo Flores fez uma linda defesa.
 
Mesmo com um jogador a menos, o time do Ceres conseguia controlar bem a pressão do Barcelona, que insistia muita nas jogadas pelo alto. Era visível o nervosismo dos jogadores da equipe de Curicica, pois houve excesso de passes erros e finalizações mal feitas. No desespero, Dejavan chegou a cair na área no último minuto pedindo pênalti, mas o juiz nada marcou e deu a partida por encerrada.
 
Para ir as semifinais, a equipe precisa de um verdadeiro milagre. Tem que vencer o Olaria, e torcer para as derrotas de Portuguesa, Americano, Audax e Gonçalense. O Caso mais complicado, é torcer contra o Americano, que enfrenta o Mangaratibene em casa. Já a Lusa, recebe o Barcelona, no Luso Brasileiro. Audax enfrenta o Angra dos Reis, em Moça Bonita. O Gonçalense recebe o Queimados no Alzirão. Ou seja, um verdadeiro milagre, para o time da rua da chita.

 
Na última rodada, o Barça encara a Lusa. Já o Ceres, enfrentará o Olaria, no mesmo dia e horário no Estádio Marrentão, em Duque de Caxias. Ambos os jogos são válidos pela nona e última rodada do primeiro turno do Campeonato Carioca Série B 2015.
 

A partida
Barcelona 0 x 1 Ceres – Taça Santos Dumont, 8ª rodada – 15/04/2015 às 15h
Estádio Luso Brasileiro (Rio de Janeiro-RJ)
Árbitro: Marco Aurélio Correia Réges
Assistentes: Flávio Manoel da Silva e Rafael Almeida da Silva
Barcelona: Willian; Júlio César Pop, Douglas (Diego Love 27'/2ºT), André Luiz e Thiago; Davi (Dejavan 10'/2ºT), João Vítor, Thales e Romarinho; Filipe Silva e Marino. Técnico: Luiz Paulo.

Ceres: Léo Flores; David, William, Lucão e Waguinho; André (Natan 32'/2ºT), Thiago Sapo, Thiago Abreu (Jonathan 9'/2ºT) e Wladimir; Vítor Ferraz (Tavares 42'/2ºT) e Cleiton. Técnico: Leandro Ferreira.
Cartão vermelho: Lucão 2’/2ºT (CER)
Gol: Jonathan 18’/2ºT (0-1)

 

 

 


Depois de 12 partidas suspenso, Leandro

Ferreira volta ao comando do Ceres

Treinador foi punido assim como o Coordenador de Futebol João Lomeu, pelo o Artigo 236 e 243-A do CBJD, pela a escalação irregular do Zagueiro William na Serie B do ano passado. 

 

Postado dia 14/04/2015 ás 03h34

Leandro poderá dirigir a equipe na beira do campo. (FOTO: Anderson Luiz)

 

Depois de ficar suspenso por 12(doze) partidas e multado em R$ 30.000,00(trinta mil reais), o Treinador Leandro Ferreira voltará ao comando do Ceres nesta quarta feira, pela a 8ª Rodada da Taça Santos Dumont. 

O Treinador está suspenso desde 28 de Agosto de 2014, por ter sido considerado culpado, assim como o Coordenador de Futebol João Lomeu, pelo os Artigos 236 (Usar, em atividade desportiva, como própria, carteira de atleta ou qualquer documento de identidade de outrem ou ceder a outrem, para que dele se utilize, documento dessa natureza, próprio ou de terceiro) e 243-A (Atuar, deliberadamente, de modo prejudicial à equipe que defende) do CBJD, pela a escalação irregular do Zagueiro William na partida contra o Tigres do Brasil.

Durante sua suspensão, quem comandou a equipe na Copa Rio do ano passado e pela Serie B desse ano, foi Alexandre Barros, técnico campeão da Taça das Favelas deste ano, dirigindo a equipe de Padre Miguel. 

Enquanto o Leandro está de volta, pelo outro lado, João Lomeu poderá voltar somente na Copa Rio, em Agosto. Por ter sido considerado o principal culpado, ele foi suspenso em 360(trezentos e sessenta) dias e multado em R$ 30.000,00(trinta mil reais).

Com 'novo' treinador, o Ceres enfrenta o Barcelona no Estádio Luso Brasileiro, ás 15h00 desta quarta. Só a vitoria interessa á Macaca Chita, para chegar na última rodada ainda com chances de classificação. 

 

 

 


Jogando em casa, Ceres empata com o Barra

da Tijuca e fica distante do G-2

Vitor Feraz marcou para os mandantes e Bruninho fez o do Tricolor, deixando tudo igual. Clubes precisam vencer na proxima rodada, para continuar sonhando com a Semifinal.

 

Postado dia 12/04/2015 ás 01h45

Celeste apenas empatou em casa. (FOTO: Divulgação/Ascom Ceres) 

 

O Ceres perdeu uma grande chance de entrar vez na briga pela classificação às semifinais da Taça Santos Dumont. Na tarde deste sábado (11), no Marrentão, os celestes até saíram na frente sobre o Barra da Tijuca, mas ficaram no empate por 1 a 1. Vitor Feraz marcou para os mandantes e Bruninho fez o do Tricolor da Zona Oeste, deixando tudo igual.

Foi um jogo truncado, de poucas oportunidades, e com um gol no começo de cada tempo. Aos quatro do primeiro, Lucas cruzou e Vitor Ferraz chutou no canto esquerdo do goleiro Diego. Porém, aos sete do segundo, o Barra empatou: Serginho lançou Bruninho, que chutou mascado. A bola quicou e encobriu Léo Flores.

Com o resultado, o time da Rua da Chita chegou a 11 pontos e está três abaixo do Gonçalense, primeiro do G-2 no Grupo A. Na próxima rodada, o adversário será o Barcelona, na Ilha, às 15h de quarta-feira (15). Já o Barra da Tijuca tem seis e também segue com chances de classificação no Grupo B e agora enfrenta o Audax Rio.
 
A partida
Ceres 1 x 1 Barra da Tijuca - Taça Santos Dumont, 7ª rodada - 11/04/2015 às 15h
Estádio Marrentão (Duque de Caxias-RJ)
Árbitra: Simone Xavier de Paula e Silva (FIFA)
Assistentes: Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá e Lilian da Silva Fernandes Bruno

Ceres: Léo Flores; Lucas, Willian, Lucão e Waguinho; André, Wladimir, Cayo Cezar (Jhony 36'/2ºT) e Thiago Abreu (Adeildo 18'/2ºT); Cleiton (Tavares 21'/2ºT) e Vitor Ferraz. Técnico: Alexandre Barros.

Barra da Tijuca: Diego; Geovane, Felipe, Ronan e Ximenes; André, Serginho e Luciano (Acerola 18'/2ºT); Bruninho, Adilsinho e Zé Carlos. Técnico: Márcio Meira.

Gols: Vitor Ferraz 4'/1ºT (1-0); Bruninho 7'/2ºT (1-1)

 

 


Ceres abre o placar, vacila, sofre gol de

goleiro no fim e empata

Cleiton, aos 40, abriu o placar para o Alviceleste, resultado que garantia a liderança do Grupo A. Mas o goleiro Jaime, no minuto seguinte, empatou.

 

Postado dia 07/04/2015 ás 03h56

Ceres vacilou, e deixou Duque empatar no fim. (FOTO: Divulgação)

 

Neste sábado, o Duque de Caxias recebeu o Ceres, no Marrentão, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Carioca - Série B. De um lado, os donos da casa, na quarta posição com cinco pontos, queriam vencer para alcançar o G2 do Grupo B. Já os visitantes, na terceira colocação do Grupo A com nove pontos, poderiam virar líderes em caso de triunfo.

Ao final da partida, contudo, o placar apontou empate por 1 a 1. Os gols da partida só foram surgir após os 40 minutos do segundo tempo. Cleiton abriu o placar para o Ceres aos 41 e Jaime, aos 42 minutos, empatou para o Duque de Caxias.

Com o resultado, o Duque de Caxias caiu para a quinta colocação do Grupo B com seis pontos, enquanto que o Ceres se manteve na terceira posição do Grupo A com dez pontos. Na rodada subsequente do Campeonato Carioca - Série B, o Duque de Caxias visita o Goytacaz, no Ari de Oliveira, a partir das 15h (de Brasília) do próximo sábado. No mesmo dia e horário, o Ceres recebe o Barra da Tijuca, no Marrentão.

A partida
Duque de Caxias 1 x 1 Ceres - Taça Santos Dumont, 6ª rodada - 04/04/2015 às 16h

Estádio Marrentão (Duque de Caxias - RJ)
Árbitro: Elton Azevedo
Assistentes: Ivan Silva Araujo e Alrismar Arrais de Araujo
Duque de Caxias: Jaime; Felipe Foca, Thiago Eleutério, Mayco e Rivaldo; Cassiano Borges (Miranda 15'/2ºT), Makelele, Cassiano (Jackson 15'/2ºT) e Thales Avellar; Lucas Formiga e Lino. Técnico: Mário Junior.
Ceres: Leo Flores; Lucas (David 27'/2ºT), Caio Fábio (Jhony 34'/2ºT), Lucão e Waguinho; André, Wladimir, Cayo Cezar e Thiago Abreu (Vitor Castro 21'/2ºT); Cleiton e Vitor Ferraz. Técnico: Alexandre Barros.
Cartões amarelos: Rivaldo, Makelele e Thales Avellar; André (CER)
Gols: Cleiton 40'/2ºT (0-1) e Jaime 41'/2ºT (1-1)
Público e renda: não disponíveis

 

 


Ceres vence o Angra por 1x0, e mantém a

invencibilidade

O resultado faz o time chegar aos nove pontos, na terceira colocação do Grupo A. Já o Angra estacionou nos cinco pontos, ficando em quarto lugar na chave B.

 

Postado dia 28/03/2015 ás 20h34

Jogadores comemoram o gol da vitoria. (FOTO: Adriane Cristine/Ascom Ceres)

 

Neste sábado, o Ceres recebeu o Angra dos Reis, no Estádio Marrentão, em duelo realizado pela quinta rodada do Campeonato Carioca - Série B. Com apenas seis pontos, o Ceres precisava triunfar para se aproximar do G2 do Grupo A e continuar lutando pela classificação. 

O Ceres conseguiu manter um tabu de cinco anos entre as equipes. A Celeste não perdia para o Angra desde 2010. A última derrota havia sido em 17 de abril, derrota por 1x0. De lá pra ca, Foram três jogos, com três vitorias celestes. (3x0, 4x0 e 2x1).

O JOGO

O primeiro bom lance do jogo foi com um minuto: Cleiton, do Ceres, chutou para fora após cruzamento de Lucas Silva. O Angra tentava responder, mas encontrava um Ceres bem organizado na defesa.
 
 A equipe da Zona Oeste, por sua vez, pressionava, mas não conseguia marcar. Aos 38, finalmente veio o gol, quando Cleiton entrou na grande área e bateu de bico, no canto do goleiro Fernando Cunha, abrindo o marcador no Marrentão. Daí até o intervalo, o jogo não teve grandes mudanças no seu panorama e o primeiro tempo acabou com o marcador de 1 a 0 para o Ceres.
 
No segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada, mas com poucas chances de gol para os dois times. Aos 27, o Tubarão da Costa Verde ganhou uma esperança com a expulsão de Thiago Sapo, do Ceres, mas não pôde empatar a partida, apesar de tentar criar algumas chances.
No fim, o próprio Angra ainda perdeu um expulso: o lateral Itamar, o que acabou com qualquer pretensão do clube da Costa Verde e acabou garantindo o triunfo ceresino em mais uma jogo da Série B do Carioca.
 

Na próxima rodada do Campeonato Carioca - Série B, o Angra dos Reis recebe o São Cristóvão, no Estádio Jair Toscano, a partir das 15h30 (de Brasília) do próximo sábado. No mesmo dia, o Ceres visita o Duque de Caxias, no Estádio Marrentão, ás 16h (de Brasília).

A partida
Ceres 1x0 Angra dos Reis - Taça Santos Dumont, 5ª rodada - 28/3/2015 às 15h30

Estádio Marrentão (Duque de Caxias - RJ)
Árbitro: Raphael Silvano Silva
Assistentes: Marcelo da Silva Cardoso e Marcelo de Lima Cardoso

Ceres: Léo Flores; Lucas Silva, William, Lucão e Waguinho; André (Cayo Cézar - intervalo), Wladimir, Thiago Sapo e Thiago Abreu (Jonathan 30'/2ºT); Vitor Ferraz e Cleiton (Lucas Tavares 35'/2ºT). Técnico: Alexandre Barros.

Angra dos Reis: Fernando Cunha; Edgar, André (Robson 22'/2ºT), Rodrigo e Itamar: PH, Marcos, Lucas e Thiago (Flavio Medina 29'/2ºT); Douglas Pará (Fellipe 15'/2ºT) e Pimenta. Técnico: Carlos Alberto Santos.

Cartões amarelos: Thiago Sapo (CER); André, Itamar (ANG)
Cartões vermelhos: Thiago Sapo 27'/2ºT (CER); Itamar 47'/2ºT (ANG)

Gol: Cleiton 38'/1ºT (1-0)

Público e renda: não disponíveis

 

 

 


Ceres recebe o Angra dos Reis, querendo

manter a invencibilidade 

Macaca chita não perde para o Angra dos Reis desde 2010. Última derrota foi em Abril, derrota por 1x0 em casa. De lá pra, foram três partidas realizadas, todas com vitorias do Ceres. 

 

Postado dia 28/03/2015 ás 03h43

Celeste vai em busca da vitoria, para tentar ser líder. (FOTO: FERJ)

 

O Ceres recebe na tarde deste sábado (28), o Angra dos Reis querendo a vitoria, para poder entrar no G-2 da Serie B. Em caso de vitoria celeste, e tropeço da Portuguesa e Audax, a macaca chita ficaria na Liderança do grupo A.

A Equipe tem a seu favor, o bom retrospecto contra o Angra dos Reis. O Ceres não perde para o Tubarão Azul desde 2010. A última derrota do clube para o Angra foi em 17 de Abril , derrota por 1x0. Foram três jogos, com três vitorias celestes. (3x0, 4x0 e 2x1). O Técnico da última derrota, era o Manicera, com quem teve o recorde de ficar 25 partidas invicto em casa, quando comandou o Ceres. 

Tentando a reabilitação, depois da derrota para o América, a equipe parece ter deixado a derrota pra trás, e o grupo espera sair com um bom resultado. 

- Temos que levantar a cabeça e buscar a vitória contra o Angra dos Reis. Não existe time fraco ou forte, todos têm sua força. A Série B é muito equilibrada. O Angra é um compromisso complicado, mas é mais um adversário que está na nossa frente e temos que buscar os três pontos – afirmou o volante Wladimir, ao site Futrio.

Nesta sexta, a torcida cerense tomou um 'baita susto'. Artilheiro do Ceres em 2014, Claudio Pagodinho foi anunciado como novo reforço do Sampaio Corrêa para o Carioca. A Torcida celeste está supresa, pois esperava um retorno do 'CP7' ao clube, após o Carioca pelo o Boavista, clube qual disputou o campeonato.

Já o Angra dos Reis vem embalado, depois da vitoria sobre o Gonçalense por 2x1 em casa. Para a partida desta sábado, o Técnico Carlos Alberto Santos não poderá contar com o lateral Luciano, suspenso pelo o terceiro cartão amarelo. Em compensação, o treinador terá a volta do outro lateral Edgar, que foi expulso contra a Portuguesa, e estará de volta. 

A Equipe tem um retrospecto muito ruim neste campeonato. Das quatro partidas feitas pelo o clube, três teve expulsões. Na estréia contra o Sampaio Corrêa, o clube teve o Luquinhas expulso. Na segunda rodada, zagueiro Robson também foi expulso. Na Terceira rodada, foi a vez de Edgar. Apenas na última partida, contra o Gonçalense, que a equipe terminou com onze em campo. 

O Angra vai tentar sair do Marrentão com os três pontos. Caso vença, poderia entrar na zona de classificação para a Serie A. Para isso, teria que vencer, e torcer pela a derrota ou empate, de Duque de Caxias, Barra da Tijuca e Queimados. 

Ficha Técnica

Ceres X Angra dos Reis – Taça Santos Dumont, 5ª rodada - Grupo A – 28/03/2015, às 15h30

Estádio: Marrentão (Duque de Caxias-RJ)
Árbitro: Raphael Silvano Ferreira Silva
Assistentes: Marcelo da Silv Cardoso e Marcelo de Lima Cardoso
4º Árbitro: Clayton Rosa Fernandes

Ceres: Léo Flores, Lucas, William, Lucão e André; Waguinho, Thiago, Wladimir e Tavares; Vítor Castro e Thiago Abreu. Técnico: Luiz André.

Angra dos Reis: Fernando Cunha, Edgar, André, Rodrigo e PH. Itamar, Lucas, Marcus e Thiago. Pimenta e Douglas Pará. Técnico: Carlos Alberto Santos.

 

 

 


Jogando fora, Ceres perde para o America, e cai para a 3º posição

Apesar de ter mandando na partida, equipe celeste não resiste ao adversario, e é derrotado por 3x0. Resultados na rodada ajudam, e equipe cai para 3º posição. Mecão é líder.

 

Postado dia 25/03/2015 ás 22h33

America venceu por 3x0. (FOTO: Sandro Vox/America Rio)

 

Uma atuação digna de líder para a sua torcida. Com uma atuação segura e sem sustos, o America venceu o Ceres por 3 a 0 na noite desta quarta (25) no Estádio Giulite e beneficiado com o empate do Queimados contra a Portuguesa, assumiu a liderança do Grupo B da Segunda Divisão do Campeonato Carioca. Apesar da derrota, o Alviceleste permaneceu na vice liderança do Grupo A. 
 
Na próxima rodada, o America fará o tradicional clássico contra o São Cristóvão às 15h30 de domingo, no Estádio Luso Brasileiro. Já o Ceres encara o Angra dos Reis no sábado, também às 15h30, no Marrentão.   
 
O JOGO

O jogo não poderia ter começado de forma melhor para o America, que abriu o placar em seu primeiro ataque. Abedi deu excelente passe, por trás da defesa, para Marcelinho, que entrou na área pelo lado esquerdo de ataque do Mecão. O atacante tocou de primeira, no contrapé de Léo Flores, para Fábio Saci, que completou para o gol vazio: America 1 a 0, aos três minutos.

Melhor na partida que acabara de começar, o Rubro pressionou o Ceres ao longo de toda etapa inicial, mas só ampliou no fim da mesma, em uma cobrança de falta ensaiada. O estreante Accioli tabelou com Wagner Diniz, passou por entre dois marcadores, invadiu a área e chutou forte, à meia altura, no canto esquerdo de Léo Flores: Golaço.

Ainda com mais presença em seu campo ofensivo, o America quase marcou o terceiro gol aos nove minutos. Darlan arriscou de fora da área, Léo Flores deu rebote e foi driblado por Fábio Saci. Quase sem ângulo o atacante finalizou e viu a defesa rival evitar, em cima da linha, seu segundo gol. Nos minutos seguintes o jogo ficou morno, contudo os rubros voltaram a marcar.

Aos 28 minutos da segunda etapa, Felipe encaixou uma cobrança de falta do Ceres e iniciou o rápido contra-ataque americano. O goleiro acionou Enric na meia esquerda, que partiu em velocidade em direção à área do adversário. Na intermediária, o lateral deu passe preciso para Accioli, que mostrou categoria ao tocar de cavadinha por cima do arqueiro rival: 3 a 0 e festa nas arquibancadas do Giulite Coutinho. No restante da partida o Mecão administrou o placar, sempre presente em seu campo ofensivo e confirmou o triunfo.

Ficha Técnica

America 3x0 Ceres – Taça Santos Dumont, 4ª rodada - Grupo B – 25/03/2015, às 20h

Estádio Giulite Coutinho (Mesquita-RJ)
Árbitro: Wellington Mendonça de Mello
Assistentes: Carine Belmont Nascimento de Moraes e Fabiana Nobrega Pitta
4º Árbitro: Pedro Goulart Martins

America: Felipe; Muniz, Fábio Braz, Vagner Eugênio (Kazu, 36´/2T) e Enric; Darlan, Abedi (Lucien, 18´/2T), Wagner Diniz (Somália, 31´/2T) e Accioli; Fábio Saci e Marcelinho. Técnico: Arturzinho.

Ceres Léo Flores; David, William, Lucão e Waguinho; André (Thiago, intervalo), Wladimir, Vitor Ferraz e Vitor Abreu (Jhony, intervalo); Thiago Abreu e Tavares (Cleiton, 20´/2T). Técnico: Alexandre Barros.

Cartões amarelos: Thiago e Jhony (CER); Vagner Eugênio (AFC)

Gols: Fábio Saci, 3´/1T (1-0); Accioli, 45´/1T (2-0); Accioli, 28´/2T (3-0)

Público: 456 pagantes (606 presentes)

Renda: R$5.935,00.

 

 

 


Vice-Líderes, America e Ceres se enfrentam no Giulite Coutinho

Equipes estão em segundo lugar na tabela. Ceres é vice-lider do Grupo A, enquanto o America é vice do grupo B. Rubros não ganha da Celeste em casa, há 2 anos. 

 

Postado dia 25/03/2015 ás 01h49

America x Ceres Foto: America Rio

America e Ceres sempre fazem um bom jogo dentro de campo. (FOTO: Reprodução)

 

Nesta quarta feira (25), America e Ceres fazem o principal jogo da rodada da Serie B. As Equipes se enfrentam ás 20h00 no Estádio Giulite Coutinho. 

Apoiados pelos fanáticos americanos, o time de Arturzinho vai em busca de seu segundo triunfo no certame, que também seria o segundo no Estádio Giulite Coutinho. No duelo contra o Ceres, os rubros esperam usar as excelentes condições do gramado a seu favor.

- Primeiro espero que o meu time possa se comportar de uma forma correta e digna, como nos comportamos diante do Americano. Com todos lutando e se dedicando pelo resultado. Segundo, (espero que o America possa) jogar um futebol satisfatório. Vamos atuar contra uma equipe qualificada, que vem de uma vitória significativa, e que tem jogadores de qualidade. Por isso, mesmo jogando em nossa casa, temos que ter uma produtividade satisfatória para não sermos surpreendidos. Estamos atentos a todos os detalhes do adversário e esperamos fazer um jogo correspondente à capacidade de nossa equipe - relatou o treinador Arturzinho.

O America quer aproveitar o bom momento para quebrar um tabu nesta quarta. Os Rubros não vence o Ceres no Giulite Coutinho, há quase dois anos. A última vitoria foi em 6 de Abril de 2013, por 2x1. São dois jogos de invencibilidade da equipe Celeste. Vitorias por 1x3 e 1x2. 

Os diabos vermelhor não poderá contar com três jogadores. Léo Rocha e Ramon foram expulsos diante do Americano e cumprirão suspensão automática contra o Ceres. Já o volante Taércio, capitão do Rubro na competição, está vetado pelo departamento médico do clube, pois fissurou uma costela.

Já o Ceres vem embalado após as vitorias sobre Queimados (2x1) e Mangaratibense (3x1). O Auxiliar Técnico Alexandre Barros, vem dirigindo a equipe, enquanto o Técnico Leandro Ferreira vai cumprindo suspensão.

– Durante os treinamentos, trabalhamos forte e procuramos seguir a risca o que combinamos para executar dentro de campo. Conhecemos muito bem o grupo. A diretoria e o Leandro sempre me dão liberdade para mexer na equipe, mas quando eu sinto que a coisa está difícil, é só olhar para o Leandro que já nos entendemos. Nesses momentos difíceis, sempre busco a ajuda dele até porque ele é o treinador – explicou.

O Lateral David e o meia Vitor Castro, estão pendurados com dois cartões amarelos cada. Se um deles tomar cartão na partida, ficam de fora da próxima partida, contra o Angra dos Reis, em casa, no Marrentão. 

A Equipe vai com força maxima para a partida, e conta com os gols do Artilheiro do time e Vice no campeonato, Thiago Abreu, para sair com a vitoria de Mesquita. 

O Time vai entrar em campo, já sabendo em que posição poderá ficar na tabela. Se a Portuguesa perder para o Queimados, (Eles se enfrentam ás 15h), o Ceres assume a Liderança isolada do grupo A, independente dos outros resultados. Em caso de empate ou derrota, poderá cair até cinco posições, e terminar a rodada em sexto lugar. 

Ficha Técnica

America x Ceres – Taça Santos Dumont, 4ª rodada - Grupo B – 25/03/2015, às 20h

Estádio Giulite Coutinho (Mesquita-RJ)
Árbitro: Wellington Mendonça de Mello
Assistentes: Carine Belmont Nascimento de Moraes e Fabiana Nobrega Pitta
4º Árbitro: Pedro Goulart Martins

America: Felipe; Muniz, Fábio Braz, Vagner Eugênio e Enric; Darlan, Lucien (Abedi), Wagner Diniz e Accioli (Castro Jr); Paulo Pedra (Fábio Saci) e Somália (Marcelinho). Técnico: Arturzinho.

Ceres: Léo Flores, Lucas, William, Lucão e André; Waguinho, Thiago, Wladimir e Tavares; Vítor Castro e Thiago Abreu. Técnico: Luiz André.

 

 

 


Ceres vence Mangaratibense no Marrentão, e vira vice-líder da Serie B

Com a boa vitória obtida em casa, o Ceres assumiu a vice-liderança do Grupo A com seis pontos conquistados na tabela.

 

Postado dia 23/03/2015 ás 04h10 

Ceres (Branco) fez valer o mando de campo. (FOTO: Ascom Ceres)

 

O Ceres venceu o Mangaratibense por 3 a 1 em jogo disputado no Estádio Marrentão às 15h30min válido pela 3ª rodada do Campeonato Carioca da Série B. Com o resultado o time alvi-celeste de Bangu chegou à vice-liderança do Grupo A com 6 pontos. Já o Mangaratibense está na última colocação do Grupo B com apenas 1 ponto.

O primeiro tempo foi de muito estudo por parte dos dois times. Por conta da cautela de ambas as equipes, os dois lados estavam deixando o jogo muito amarrado no  meio e abusando dos erros de passe. A única chance de ter uma jogada de perigo, seria através de uma bola parada.

E foi justamente graças a esse tipo de jogada que o Ceres conseguiu abrir o placar. Em cobrança de falta de Wladimir, William cabeceou, o goleiro Flávio espalmou, abola bateu na trave e voltou para o próprio William que, novamente de cabeça, mandou para o fundo das redes.

As duas equipes mantiveram os seus times na volta para o segundo tempo. E logo no início da etapa final, o Mangaratibense conseguiu o empate. Em boa jogada do lado esquerdo, Juan cruzou e encontrou Mateus que chutou de primeira para empatar a partida.
Com o empate, o time visitante se animou e tentou buscar a virada fazendo pressão na equipe da casa. Mas faltava melhor execução na hora de dar o último passe. O Ceres se fechou e procurava os contra-ataques. E foi justamente nesse tipo de jogada que o Alvi-Celeste de Bangu desempatou. Aos 21, Waguinho cruzou do lado esquerdo para Thiago Abreu que, de voleio, mandou para dentro da rede sem chance para o goleiro Fabrício.
 
Com o desempate, o Mangaratibense foi pra cima, mas abusando dos erros de passe e da pouca efetividade, pouco assustava o time mandante. Já o Ceres, novamente se fechou, procurando um espaço no contra-ataque para fazer o terceiro gol. E ele veio quase da mesma forma como ocorreu o segundo gol. Aos 47 minutos, outra vez Waguinho cruzou da esquerda para Thiago Abreu que outra vez apareceu livre e, com tranquilidade, deu números finais à partida fazendo 3 a 1.

O próximo jogo do Ceres será contra o America na quarta-feira (25) às 20h no Estádio Giulite Coutinho. Já o Mangaratibense enfrenta o Goytacaz no Marrentão também na quarta-feira (25), mas às 15h.

A partida
Ceres 3 X 1 Mangaratibense – Campeonato Carioca Série B 3ª rodada – 22/03/2015 às 15h30min.
Estádio Marrentão (Duque de Caxias-RJ)
Árbritro: Marco Aurélio Correia Reges
Assistentes: Rafael da Silva Coimbra e Renato da Silva e Silva

Ceres: Léo Flores, Lucas, William, Lucão e André; Waguinho, Thiago, Wladimir (Vítor Ferraz – 10’/2ºT) e Tavares (Davi – 41’/2ºT); Vítor Castro (Jhonny – 20’/2ºT) e Thiago Abreu. Técnico: Luiz André

Mangaratibense: Fabrício, Jefferson, Marlon, Maicon (Felipe Santos – 25’/2ºT) e Matheus; Léo Moura, Bernardo, Jeffinho e Juan(Ubirajara – 12’/2ºT); Edney e Rodrigo (Felipe – 28’/2ºT) . Técnico: Márcio Goulart
Cartões Amarelos: Thiago Abreu, Tavares, Léo Flores e Vítor Castro (CER); Bernardo (MAN) 
 
Gols: William 34’/1ºT (1-0), Mateus 3’/2ºT (1-1) e Thiago Abreu 21’/2ºT (2-1) e 47’/2ºT (3-1)
Público: 150 pagantes (190 presentes)
Renda: R$ 1250,00

 

 

 


Sem João Francisco, Ceres estuda estádios para jogar na Serie B

Estádio João Francisco dos Santos está vetado pela FFERJ, e clube celeste terá que procurar outro local para jogar em casa. Estreia é dia 14 de Março, contra o São Gonçalo FC.

 

Postado dia 04/03/2015 ás 01h36

Ceres não terá seu estádio no Carioca desse ano. (FOTO: Reprodução)

 

Depois de Oito anos, o Ceres não poderá jogar no João Francisco dos Santos no Campeonato Carioca desse ano. O Estádio, que está em reformas para as Olimpiadas, não foi aprovado pela a Federação, e o clube terá que buscar 'outra casa' para atuar.

A Equipe Celeste tem excelente números dentro do seu Estádio. Desde 2008, o Ceres atuou 76 vezes no João Francisco. Foram incriveis 45 Vitorias, 18 empates e apenas 13 derrotas. As suas melhores campanhas foram em 2012, onde venceu 14 de 21 partidas jogando em casa. Ano passado atuou 8 vezes em casa, e não foi derrotado nenhuma vez. Foram 4 Vitorias e 4 empates. O Clube não perde no João Francisco, pelo Carioca, há dois anos. A última vez foi em 2013, quando foi derrotado pelo São João da Barra por 2x1, em 10 de Abril.

O Clube estreia no Estadual, dia 14 de Março contra o São Gonçalo FC. Até lá, o clube precisa arrumar um local para mandar seus jogos em casa. Há muita especulação, que o clube poderia mandar seus jogos em Moça Bonita, cujo rival Bangu é o dono. O Barra da Tijuca divulgou que mandará seus jogos, em casa, no estádio. 

Também surgiram Informações, que o clube poderia mandar seus jogos no Luso Brasileiro, estádio da Portuguesa. Mas o Barcelona e a própria Portuguesa jogará no local, assim encerrando as chances de o Ceres atuar. 

Giulite e Moça Bonita são os favorito. Estádio do Bangu leva vantagem. (FOTO: Arte Futshow)

 

O Clube mira ainda mais dois locais para poder jogar. Giulite Coutinho, estádio do America, e Conselheiro Galvão, estádio do Madureira. Apesar de o clube ter identificação com os dirigentes do America, o clube vê com bons olhos mandar seus jogos em Madureira.

O Futshow entrou em contato com o Clube que afirmou apenas, que 'estuda todas as possibilidades'.

- Estamos estudando o que fazer, Estamos estudando todas as possibilidades - afirmou o Clube, via rede social. 

Enquanto não decide a sua casa para o campeonato, o time vai treinando forte para a estreia, que acontece semana que vem, ás 15h30. 

 

 

 


Ceres conta com a jóia Gio Lima, para o inédito acesso a Serie A do Carioca

Futshow entrevista Jogador, que vem do Nacional de Manaus em busca do acesso com o clube celeste. Estreia é dia 07 de Março contra o São Gonçalo FC no João Francisco. 

 

Postado dia 18/02/2015 ás 16h03

Pretensão de Gio é ser Campeão. (FOTO: Arquivo Pessoal)

 

Em Busca do acesso inédito para a Serie A do Campeonato Carioca, o Ceres vai contar com alguns grandes jogadores em seu elenco, Mas a principal revelação do clube estará nos Juniores.

O Volante/Meia Giovane Lima ou Giovane Costa, de 20 anos, é a principal atração do time junior no campeonato. O Jogador, que vem do Nacional de Manaus, chega ao Ceres em busca do acesso para a Serie A.

Gio afirma não ter um Ídolo dentro de campo, mas admite admiração pelo Ronaldinho Gaucho, pelo seu futebol e Thiago Siva e Davi Luiz, pela humildade e personalidade dos dois, dentro e fora de campo. 

O Jogador, que vai começar o campeonato no Juniores, admite que um dois objetivos é se destacar e ser puxado para o profissional e de lá não sair tao cedo. 

A Estreia de Gio no campeonato, pelo os juniores, é daqui há duas semanas, dia 07 de Março contra o São Gonçalo, ás 13h30 no João Francisco.

Confira alguns trechos da entrevista |:| 

  •  

Futshow |:|   Onde vc começou sua carreira ?

Gio |:|  Nacional de Manaus

  •  

Futshow |:|  Começou nas categorias de base ou foi direto para o Profissional ? 

Gio |:|  Passei pelas categorias de base. não cheguei a ir pro profissional lá não.

  •  

Futshow |:|  Seus pais sempre foram a favor de você jogar futebol ? sempre lhe apoiarão ?

Gio |:|  Sim, no começo não acreditavam, mas depois me deram toda força e continuam sendo meus incentivadores ate hoje!

  •  

Futshow |:|  Pretende trazer seus pais para morar com você ?

Gio |:|  Sim, meu sonho é traze-los pra perto de mim.

  •  

Futshow |:|  O que falta pra você ser tornar realizado no futebol ?

Gio |:|  Reconhecimento e oportunidade

  •  

Futshow |:|  Até agora, Qual foi o momento mais marcante de sua carreira ? e porque ?

Gio |:|  Foi em 2009, em uma final em Manaus, na qual estávamos perdendo de 1 a 0, no ultimo jogo do antigo estadio que hoje é conhecido como Arena da Amazônia. Estávamos perdendo, foi qual eu empatei o jogo e depois meu outro companheiro foi lá e virou. Isso ficou marcado ate hoje, pois ficamos marcados na historia do estádio antigo, o qual se chamada Vivaldo Lima.

  •  

Encerrando a entrevista, o jogador fez um texto de agradecimento |:| 

- Agradecer a Deus, pelo que vem fazer na minha vida ate hoje, pois só Ele, eu e minha familia sabemos o que passamos, e continuamos acreditando que Ele prometeu então, Ele é fiel pra cumprir essa promessa de eu me tornar um grande jogador. E agradecer a você por essa moral ai, que Deus te abençoe e de muito sabedoria pra vencer e conquistar coisas maiores.

O Futshow agradece pela entrevista, e deseja sorte ao jogador no Carioca, e que consiga fazer um brilhante campeonato, com muitos titulos, Sucesso.  

 

 

 

 


Montillo faz, e Shandong Luneng vence Ceres em amistoso na Gávea

A Equipe Celeste não resistiu ao time do Técnico Cuca, e foi derrotado por 1x0. Destaque da partida, foi o Capitão Léo Flores, com grandes defesas difíceis.

 

Postado dia 05/02/2015 ás 02h42

Clubes se enfrentaram na Gávea. (FOTO: Adriane Cristine/CeresFC)

 

Se Preparando para a Serie B do Carioca, o Ceres enfrentou na tarde desta Quarta, o Shandong Luneng dos jogadores, Aloisio, Montillo, Diego Tardelli e do Técnico Cuca.

O Gol da partida saiu aos 16 minutos do primeiro tempo. Diego Tardelli passou pela a defesa do Ceres, saiu na linha de fundo e cruzou para Montillo, que melhor posicionado bateu, a bola desvia na zaga e entra.

No Segundo Tempo, Ceres e Shandong fizeram boas jogadas, mas não teve mais gol. Em última partida do Shandong Luneng no Brasil, vitoria sobre o Ceres; 1 a 0. 

Destaque da partida, foi o goleiro e capitão Léo Flores, que fez grandes defesas, e ganhou elogios do Técnico Brasileiro Cuca.

Agora o time celeste, vai se preparando para o estadual. A estreia será dia 7 de Março, ás 15h30, contra o São Gonçalo FC no João Francisco dos Santos.

FICHA TECNICA

CERES 0X1 SHANDONG LUNENG 

Local: Estádio da Gávea, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 04/02/2015 
Hora: 15h00
Público: 200 Pessoas
Gol: Montillo, aos 18'/1°T (0-1) 

CERES: Léo Flores, Lucas, Rodrigo, Lucão (Ítalo), Cleyton Machado (Rafael), Felipe (Luiz Felipe), Matheus (Wladimir), André, Cleiton Henrique (Tavares), Vitor Castro e Rafael (Thiago). Téc: Leandro Ferreira

SHANDONG LUNENG: Wang Lei, Zheng Zheng, Dai Lin, Zhao Ming, Wang Qiang (Qi Tianyu), Junior Úrso, Binbin (Jin Jing Tao), Hao Junmin (Li Wei), Zhang Zhao (Sra Wang), Montillo (Aloisio), Diego Tardelli. Téc: Cuca

 

 

 


Ceres vence Jogo-Treino, e antecipa Amistoso contra Shandong Luneng 

Jogo-Treino que seria na Quinta na Urca, foi antecipado para está quarta na Gavea, sede do Flamengo. Equipe venceu Duque Caxiense por 1x0 nesta Terça. 

 

Postado dia 03/02/2015 ás 20h40

 

Ceres venceu Duque Caxiense. (FOTO: Arquivo Pessoal)

 

Em Jogo Treino realizado na tarde desta Terça Feira, O Ceres venceu o Duque Caxiense por 1x0 no Estádio Ítalo del Cima, em Campo Grande. O Time adversario é comandado por Floraci Pereira, que comandou o Ceres por 3 anos, e deixou a equipe em 2013. 

A Equipe que venceu este Jogo-Treino não vai ter descanso, e já joga amanhã novamente. A Partida contra o Shandong Luneng queria seria realizado quinta na Urca foi antecipado para esta Quarta na Gavea. 

O Ceres vem se preparando para o Carioca, desde o inicio de Janeiro. A Diretoria vem montando uma equipe forte para brigar pela vaga na elite da Serie A em 2016. 

A Estreia na Serie B do Carioca acontece no dia 7 de Março, Sábado, no Estádio João Francisco dos Santos, contra o São Gonçalo FC.

 

 

 


Ceres confirma Jogo-Treino contra o Shandong Luneng (Chi)

Amistoso contra time de Cuca, Montillo, Junior Urso, Diego Tardelli e Aloisio acontece Quinta Feira (05/02) na Urca.

 

Postado dia 30/01/2015 ás 17h17

Léo completará 200 jogos pelo Ceres este ano. (FOTO: Maria Pimenta)

 

Na Pré-Temporada se preparando para a Serie B do Carioca, o Ceres irá fazer um amistoso contra o Shandong Luneng (China) no dia 05/02, Quinta Feira, na Escola de E. Fisica do Exercito na Urca.

A Equipe Chinesa, que rescindiu o contrato do Brasileiro Vagner Love, já realizou quatro amistosos no Brasil. Derrotas para Palmeiras (3x1) e Bangu (5x2), empatou com o America (1x1) e venceu o Botafogo na reabertura do Engenhão (0x1).

Já o Ceres vem se preparando para o Carioca, desde o inicio de Janeiro. A Diretoria vem montando uma equipe forte para brigar pela vaga na elite da Serie A em 2016. Mantendo sempre a mesma base dos últimos anos, o grande destaque da equipe Celeste segue sendo o Capitão Léo Flores, que irá fazer 36 anos em Fevereiro.

Léo já passou por varios clubes do Rio como, Olaria, Portuguesa, Vasco da Gama, Portuguesa-RJ, além do futebol grego e português. Atua no Ceres desde 2010, e este ano, se o Ceres passar de fase, o Goleirão Chegará a marca de 200 Jogos pela a equipe. 

Pelo outro lado, a equipe vem perdendo grandes Jogadores nos últimos anos. Para 2015, o Ceres não terá a dupla artilheira do ano passado, Chalita e Pagodinho. O primeiro, segundo o site Ogol.com acertou com o Francana de São Paulo. Já o segundo atua no Boavista desde o ano passado, e há a possibilidade de uma possivel volta após o Carioca.

No Ceres para este ano, há a possibilidade, mesma que pequena, de o Clube realizar pelo menos uma partida a noite na Serie B como teste para os próximos anos.

Esta possibilidade da partida á noite, está movendo alguns torcedores que estão ancioso para está grande novidade. Caso isso venha se confirmar, a partida poderá ocorrer ás 19h00 ou 19h30.

Nos últimos dois anos, o estádio do Ceres, João Francisco dos Santos, vendo sendo reformado para receber as Seleções para treinamento para os Jogos Olimpicos Rio 2016.

Além disso, o Ceres recebe os jogos da Taça das Favelas, por isso, o estádio ganhou melhoras e Iluminação. Mesmo que não seja muito boa, a Iluminação do Ceres chega a ser bem melhor que a de Moça Bonita, estádio do Bangu.

Mesmo que esta partida esteja com poucas chances de acontecer, o Torcedor vai esperando com paciência. Lembrando que os jogos no Estádio do Ceres são com portões fechados, mas o Clube trabalha para tentar regularizar tudo a tempo.

 

 

 

 


Ex Ceres, Supervisor Misael se reúne neste fim de semana para definir futuro

Para 2015, Misael recebeu propostas de dois clubes, porém nenhum desses foi do Ceres, sua ex equipe, para um possivel retorno. 

 

Postado dia 08/01/2015 ás 22h06

Misael (Centro) está de volta (FOTO: Futshow)

 

Depois de ouvir algumas propostas, Misael Souza, irá se reunir nesse fim de semana para definir onde irá trabalhar em 2015.

Misael Foi convidado a ser treinador da equipe juniores de um clube da 2° divisão carioca, por outro lado estuda a possibilidade se assumir a supervisão de futebol de um tradicional clube do Rio de Janeiro.

Misael revela que se tudo der certo na terça-feira já começa a trabalhar no seu novo Clube. E já está inclusive buscando parcerias para ajudar com os custos financeiros para a temporada 2015/2016, já que a proposta de trabalho é para um contrato de 2 anos.

 

 

 


De volta ao futebol! Supervisor Misael Souza recebe propostas, e retorno está próximo

Depois de duas temporadas afastado do Futebol, o ex Supervisor de Futebol do Ceres recebeu propostas e retorno ao Futebol está muito próximo. 

 

Postado dia 03/01/2014 ás 21h24

Misael (O Segundo da esquerda para Direita) planeja volta ao Futebol. (FOTO: Divulgação)

 

Depois de 2 anos longes dos gramados, ou, dos assuntos que dizem respeito ao futebol, o ex-Supervisor do Ceres Futebol Clube, Misael Souza ( entre O preparador Físico Gui Bastos e o Renomado Treinador Floracir Pereira) provavelmente está voltando.

Com algumas propostas para 2015, ele está próximo de aceitar um novo desafio. Foi convidado a ser treinador da equipe juniores de um clube da 2° divisão carioca, por outro lado estuda a possibilidade se assumir a supervisão de futebol de um tradicional clube do Rio de Janeiro.

Não deixando de lado o imenso carinho que tem pelo Ceres, seu ex- Clube, com quem garante não ter recebido nenhum contato. É esperar e ver onde esse jovem profissional irá dar continuidade ao trabalho que começou no Ceres após parar de jogar por conta de problemas cardíacos. Ele garante estar pronto para contribuir com o clube que ele estiver.

 

 

 


Ceres faz peneira em busca de Jovens talentos para a Serie B do Carioca

Depois do Atacante Eduardo da Silva ter atuado nas categorias de base do Ceres, o Clube celeste vai em busca de novos talentos para a Serie B do Carioca. 

 

Postado dia 03/01/2015 ás 15h37

Peneira será na sede do Clube em Bangu. (FOTO: Arquivo)

 

De olho na Classificação na Elite em 2016, O Ceres pretende fazer nesta Segunda (5) uma peneira em busca de jovens promessas para a Série B do Carioca. A Iniciativa é parecida com a do Volta Redonda, que em Novembro do ano passado também fez uma peneira para o Carioca.

Os Interessados devem comparecer dia 05/01, às 8h30min no Estádio João Francisco dos Santos, mais conhecido como, campo do Ceres, na Rua da Chita, 638, Bangu. Para participar é preciso ter entre 18 e 23 anos, levar material de treino e documento com foto.

O Ceres é conhecido por alguns atletas já ter atuado com a camisa celeste. O Croata Eduardo da Silva, que hoje joga no Flamengo, atuou na categorias de base do clube em 1997. 

Sede do Ceres. (FOTO: Divulgação)

 

Alem do Rubro Negro, um Mito Brasileiro atuou no Ceres em 1952. Trata-se de Ademir da Guia, Ídolo do Palmeiras, e que atuou também no Botafogo e Bangu. O Proprio Ademir disse em uma entrevista no passado, que atuou no clube celeste. 

Para a montagem do Elenco, o clube deve mesclar Experiencia com Juventude. Liderando o Ceres na busca pela Classificação, estão o ídolo e Capitão Léo Flores, junto com o Lateral Betinho e o Zagueiro William. O Clube manteve o Treinador Leandro Ferreira por mais um ano.

De Olho nas promessas que podem surgir, o Ceres vai se preparando para o Carioca. O Clube estreia dia 7 de Março, ás 15h30, contra o São Gonçalo FC no João Francisco dos Santos. 

 

 

 

 


Volante Alexandre e Atacante Flavio Barros anuncia Aposentadoria

Ambos Jogadores anuncia Aposentadoria do Futebol. Alexandre pois fim a sua carreira, como forma de protesto com a atual CBF. Já Flavio para aos 36 anos.

 

Postado dia 28/10/2014 ás 02h08

Alexandre para com 29. Flavio com 36. (FOTO: ArteFutshow)

 

O Ceres perdeu talvez dois jogadores importantes para o seu Elenco de 2015. Isso porque, o Volante Alexandre e o Atacante Flavio Barros, Ex Flamengo, Anunciaram suas Aposentadorias do Futebol Brasileiro.

Alexandre tem 29 anos, jogou no Bangu em 2011 e no Ceres em 2013 e 2014.  Ainda tinha alguns anos de jogador Profissional, mas resolveu parar, pois acredita que o Futebol Brasileiro, está em pessimas condições. Provalvamente, Agora recém aposentado, Alexandre apoiará o Bom Senso Futebol Clube.

Bom Senso é Um Grupo formado por Jogadores, como Paulo André,(Shanghai Shenhuaf-CHINA) Alex (Coritiba), Dida (Internacional), Zé Roberto (Grêmio), Fernando Prass (Palmeiras), D'Alessandro (Internacional), Roberto (Ponte Preta), Barcos (Grêmio)e Marcelo Pitol (Vilhena), que tem como Objetivo, melhorar o Futebol Brasileiro, com menos partidas no ano, mais Ferias e etc.

A Ação, já tem mais de 70 Mil de assinantes. Jogadores que estão para ser Aposentar, ou estão começando a carreira de jogador, são os que mais apoiam.

Já Flavio Barros tem 36 anos e já é mais experiente no Futebol. Começou a carreira no Vasco em 1999, Atuou por Flamengo em 2004, America-RJ 2006, Vila Nova (GO) 2007. Atuou também nos Tradicionais clubes como, Necaxa (Mexico), Nacional (Uruguai) e Racing (Espanha).

Atua no Ceres desde 2011, Sempre jogando o primeiro bimestre (Janeiro-Agosto) no Clube Celeste e o segundo (Agosto-Dezembro) em outro. 

Sua Última Partida pelo Ceres foi no ano de 2014. Segundo o ''Wikipédia'', Flavio deixa o Ceres, com 10 gols marcados, em 24 partidas, em 4 anos. 

Agora, o jogador inicia seu Projeto ''FlaGol'' na comunidade onde nasceu, na Vila Kennedy. O Projeto conta com mais de 50 Crianças, que sonha ser Jogador de Futebol. 

 

 

 


Copa Rio-Campanha: Mesmo sem ser prioridade, Ceres lutou até o fim 

Equipe Celeste teve em seu elenco para a Copa Rio, a maioria Juniores. Apenas os Destaques, Léo Flores,Felipe,Betinho,Rafinha, Wladimir,Maicon, Diego Maia e Victor Castro. 

 

Postado dia 03/10/2014 ás 16h11

Ceres vacilou e empatou com o Queimados em casa. (FOTO: Rubens Sales)

 

A Campanha do Ceres FC na Copa Rio não foi muito lamentada por não ter conseguido a Classificação. A Equipe usou a base do Elenco de Juniores, para poder ve-lo qual poderia ser reaproveitado no Carioca Serie B do Ano que Vem, onde é Prioridade. 

Léo Flores, Felipe, Betinho, Rafinha, Wladimir, Maicon, Diego Maia e Victor Castro foram os únicos do Elenco que estiveram no Elenco. A Equipe deixou de fora, Chalita, Eudes, Leandrinho, Douglas Silva, Caio, e outros.

Para a Serie B do Ano que Vem, a equipe pretende fazer um dos melhores Elencos dos últimos anos. Ainda terá o reforço de Léo Costa, que estrearia na Copa Rio, mas teve um pequeno erro e não foi escrito á tempo.

 

TIME BASE > Léo Flores; Yan, Caio, Maicon e Rafinha; Wladimir, Taylor, Diego Maia e Vitor Castro; Vitor Ferraz e Cleiton. Técnicos: Leandro Ferreira e Carlos Vinicius

 

 

DESTAQUE 

 

 

O Destaque da equipe celeste, foi sem dúvida o Goleirão Artilheiro Leonardo Moreira Flores, o Léo Flores. 

Léo tem 35 Anos. Está no Ceres desde 2008, tem mais de 100 Jogos com a Camisa Celeste. Jogou Quatro das Seis partidas do Ceres na Copa Rio deste ano. Contra o Queimados aos 10 Minutos do 1º Tempo, fez seu gol com a camisa celeste. 

 

 

CERES COPA RIO 2014:   

 

8 Pontos

6 Jogos

2 Vitorias 

2 Empates

2 Derrotas 

 

Vitorias  - Queimados 0x2 Ceres = Boavista 0X1 Ceres

Empates - Ceres 0x0 Bangu = Ceres 1x1 Queimados

Derrotas - Ceres 0x1 Boavista = Bangu 4X0 Ceres

 

4 - Gols Pró 

6 - Gols Contra

2 - Saldo de Gols

 

44% de Aproveitamento

 

 

 


Pagodinho perde pênalti, Ceres vence Boavista em Bacaxá, mas é eliminado

O gol da partida foi marcado por Victor Ferraz, aos 36 minutos do primeiro tempo. O artilheiro e Ex Celeste Cláudio Pagodinho ainda desperdiçou um pênalti para os donos da casa.

 

Postado dia 02/10/2014 ás 02h00 

Jogadores do Ceres comemoram o gol de Vitor Ferraz. (FOTO: Agencia FFERJ)

 

Apenas uma goleada sobre o Boavista levaria o Ceres à próxima fase da Copa Rio. Mas a vitória por 1 a 0, em jogo realizado na tarde desta quarta-feira (31), no Estádio Elcyr Rezende, em Saquarema. O gol foi marcado por Vitor Ferraz, ainda no primeiro tempo. Claudio Pagodinho ainda desperdiçou uma penalidade máxima na etapa complementar.

Com o resultado, o Boavista avançou para a próxima fase na segunda colocação do Grupo B, enquanto o Ceres concluiu sua participação em terceiro. As chances remotas do time de Bangu avançar era tão baixas que apenas um supente foi relacionado.

O Ceres entrou em campo precisando vencer, torcer para o Bangu perder seu jogo parao Queimados e tirar uma diferença de saldo para o seu conterrâneo, que era de sete gols no início da rodada. Apenas doze jogadores foram relacionados pelo Alviceleste Banguense. Enquanto isso, com força máxima, o Boavista precisava vencer para terminar a primeira fase em primeiro, no Grupo B.

A pressão do time da casa foi notável desde o início, com Claudo Pagodinho, ex-Ceres, quase marcando em duas oportunidades. Em uma delas, de cabeça, a bola raspou a trave. Um gol dos visitantes parecia improvável, mas Vitor Ferraz, aos 36, anotou seu tento e colocou sua equipe em vantagem.

A pressão do Boavista continuou nos 45 minutos finais. No ápice da partida, o Verdão teve a chance de fazer um gol de pênalti. Claudio Pagodinho, ex-Ceres, foi para a cobrança e bateu mal. O Ex Companheiro de Ceres, Felipe acertou o canto e defendeu o penalti do Ex Camisa 7 Celeste.

Na Proxima Fase da Copa Rio, o Boavista enfrenta o Macaé no Moacryzão, Dia 8, Quarta Feira ás 15h00. Já o Ceres só volta a campo em 2015. Mas para fazer uma boa Serie B, a equipe recomeça os Treinos já em Novembro. Com Muitas peças novas e com grandes reforços, como o atacante Léo Costa, que não conseguiu se regularizar a tempo e por isso não estreou na Copa Rio.

 

 

 

 


Bangu goleia o Ceres por 4x0 em Moça Bonita e segue vivo na Copa Rio

Na sua melhor atuação na Copa Rio 2014, o Bangu derrotou o Ceres por 4 a 0, na tarde desta quarta-feira, dia 17, em Moça Bonita.

 

Postado dia 17/09/2014 ás 23h41

Bangu goleou o Ceres em Moça Bonita por 4x0. (FOTO: Agência FERJ )

 

Na tarde desta quarta-feira (17), o Alvirrubro derrotou o Ceres com tranquilidade por 4 a 0 em Moça Bonita e retomou a vice-liderança do Grupo B, agora com cinco pontos. Anderson Penna, Marcelo Fernandes e Ferreira, duas vezes, marcaram os tentos dos comandados de Mário Marques.

Já o Ceres parou nos quatro e está em terceiro.Com o resultado positivo, a equipe alvirrubra chegou aos 5 pontos ganhos, ultrapassando o adversário que tem quatro. O Boavista, que derrotou o Queimados por 2 a 1, lidera o grupo com 10 pontos ganhos.

Na próxima quarta-feira, o Bangu irá até Saquarema enfrentar o líder, às 15h. Já o Ceres, no mesmo dia e horário, receberá em seu estádio, o Queimados.

O JOGO

Precisando da vitória de qualquer jeito para ainda continuar na briga por uma vaga na próxima fase, o Bangu tomou a iniciativa do jogo. E foi logo mostrando seu poder de fogo. Aos 7 minutos, Matheus Pimenta cobrou escanteio, e o zagueiro Anderson Penna de cabeça, abriu o placar.

Aos 17, o mesmo Matheus Pimenta, puxou contra-ataque rápido, e tocou para Du Paraíba livre, aumentar: 2 a 0. Em vantagem, o time da casa demonstrava tranquilidade e envolvia o adversário que pouco criava.

Na segunda etapa, o panorama da partida pouco foi modificado. O Bangu sempre tomava a iniciativa do ataque. Logo aos 10 minutos, o volante Ferreira marcou o terceiro. E, novamente Ferreira, aos 46 minutos, definiu o placar: Bangu 4 x 0 Ceres.

FICHA TÉCNICA

Bangu 4 x 0 Ceres – Copa Rio- 4ª rodada da primeira fase

Local/Data: 17 de setembro, às 15h

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos

Bangu: Fernando Cunha; Anderson Künzel, Anderson Penna (Steve Wonder), Luiz Filipe e Guilherme; Thiago Conceição, Ferreira, Magno e Matheus Pimenta; Dú Paraíba (Carlos Alberto) e Marcelo Fernandes (Bruno Luiz). Técnico: Mário Marques.

Ceres: Léo Flores; Yan,Caio, Maicon e Rafinha (Lucas Tavares); Wladimir, Taylor, Diego Maia e Vitor Castro (Alisson); Vitor Ferraz (Cleiton Silva) e Cleiton. Técnico: Leandro Ferreira.

 

 


Em Situações Diferentes, Bangu e Ceres se enfrentam em Moça Bonita 

Ceres quer a vitoria no Classico para poder sonhar com a Classificação. Já o Bangu quer afastar a crise e tentar a primeira vitoria na Copa Rio. Se Perder Mario Marques pode cair e Auxiliar assumir.

 

Postado dia 17/09/2014 ás 10h50

 

Times ficaram no 0x0 no Primeiro Turno. (FOTO: Bangu AC/Futshow)

 

Bangu e Ceres se enfrentam na Tarde desta Quarta Feira (17) pela 4ª rodada do Returno da Copa Rio 2014. As Equipes se enfrentam com metas parecidas: Vencer

A Equipe Celeste, quer a vitoria fora de casa, para se aproximar da Classificação para a proxima fase. Se o Ceres vencer o classico e o Boavista vencer o Queimados, a celeste fica a 3 pontos de diferença do 3º colocado. Isto porque ficaria com 7 Pontos no segundo lugar, e Queimados em terceiro com 4.

Na proxima rodada, os dois times se enfrentam no Estadio João Francisco dos Santos. Se vencer este dois jogos, o Ceres estará classificado para a proxima fase.

O Atacante Dionisio está Inscrito na Copa Rio, mas o Ceres não o utilizou em nenhuma das Três partidas que disputou até agora, e nem planeja utilizar.

Para o Classico, o Tecnico Celeste Leandro Ferreira poderá ficar no Banco de Reservas. Ele foi expulso contra o Queimados e cumpriu suspensão na derrota para o Boavista. Ele ainda será Julgado e ainda poderá ser Suspenso novamente. Em Caso de nova suspensão, o seu Auxiliar Tecnico Carlos André assume a equipe.

No Bangu, só a vitoria interessa. A Equipes tem 3 Jogos, com 1 Derrota e 2 Empates. Ainda não venceu, e em caso de nova derrota, o Tecnico Mario Marques pode ser Demitido no comando Alvirrubro.

O Time Banguense também está com a mesma situação do Dionisio do Ceres. Tem Escrito o Meia Almir Ex Botafogo, mas ainda não o utilizou no campeonato.

Após os Laudos de Moça Bonita ter vencido no último dia 4 de Setembro , a Diretoria reagiu rapido e conseguiu liberar o Estádio de Moça Bonita a tempo para o Classico.

Para os Torcedores que querem ir ao Estádio de Moça Bonita, Está localizado na Rua Sul América, 950, em Bangu, e Ingressos estão custando R$ 10,00 Inteira e R$ 5,00 Meia.

FICHA TECNICA

Bangu Bangu Atlético Clube X Ceres Futebol Clube Ceres - Copa Rio, Grupo B, 4ª rodada - 17/09/2014 às 15h

Estádio|:| Moça Bonita (Rio de Janeiro - RJ)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massara dos Santos

4º Arbitro: Diego Henriques Gandara

BANGU: Fernando Cunha; Everton, Rafael Santos, Rafael Sales e Guilherme; Thiago Conceição, Magno e Du Paraíba; Matheus Pimenta, Bruno Luiz e Daniel Marins . Técnico: Mário Marques.

CERES: Léo Flores; Lucas Silva, Cleyton, William e Diego Maia; Taylor, Maicon, Betinho, Cleiton; Yan e Lucas Tavares. Tecnico|:| Leandro Ferreira

 

 

 


Empréstimo acaba, e Felipe Reis está de volta ao Ceres 

Zagueiro estava no Duque Caxiense, mas o espréstimo acabou e, ele está de volta ao Ceres.

 

Postado dia 15/09/2014 ás 22h23

Felipe (no alto, no detalhe). (FOTO: Futshow/2014)

 

O Empréstimo do Zagueiro Felipe Reis, do Ceres para o Duque Caxiense acabou nesta Terça (16). O Jogador estava no Clube desde o Inicio de Junho, disputando a Serie C do Carioca e a Copa Rio.

O Jogador não conseguiu levar o Duque Caxiense a Serie B do Carioca, e nem na Copa Rio o time está bem. Está na Lanterna do Grupo A, com nenhum ponto. 4 Derrotas em 4 Jogos.

Curiosamente, Sua Última partida pelo o Duque Caxiense foi no dia 4 de Setembro. Vitoria em cima do Esprof por 2x1 no João Francisco, Estádio do Ceres, seu time.

Felipe Reis tem 24 anos, atuou nas Categorias de Base do Botafogo, de 2007 até 2012, deixando o Time rumo ao Ceres. O Jogador já atuou com a camisa do Duquecaxiense no ano passado, também emprestado pelo próprio Ceres.

Duque Caxiense enfrenta nesta quarta, o America no Giulite Coutinho ás 15h00. Já o Ceres joga o Classico da Zona Oeste contra o Bangu ás 15h.

 

 

 


Ceres vacila, e Líder Boavista vence em Bangu por 1x0

No Encontro de Pagodinho com o Ceres, Boavista derrota a equipe de Bangu por 1 a 0, na tarde desta quarta-feira, dia 10

 

Postado dia 10/09/2014 ás 23h07

Betinho tenta fazer o dible em cima de Pagodinho Ex Ceres. (FOTO: Agencia FFERJ)

 

O Boavista derrotou o Ceres por 1 a 0, Com um gol marcado pelo atacante Edu no segundo tempo, na tarde desta quarta-feira, dia 10, no estádio João Francisco, em Bangu.

Com o resultado, o Boavista continua na liderança do Grupo B da Copa Rio, com sete pontos ganhos. Já o Ceres está em segundo lugar com quatro, podendos se ultrapassado caso o Bangu vença o Queimados nesta quinta (11).

A Partida começou com 10 Minutos de atraso.  A Equipe do Ceres não tinha medico no seu Banco de reservas, e por isso, o Delegado do Jogo decidiu não inicar a partida em quanto não chegava. Prevista para começar as 15h00, a partida começou ás 15h11.

O JOGO

Debaixo de muito calor em Bangu, o primeiro tempo foi tecnicamente fraco, mas tinha uma atração: o atacante Claudio Pagodinho, ídolo alviceleste, vestindo a camisa do Verdão de Saquarema,

A primeira chance de perigo de gol veio aos 34 minutos: jogada rápida pela direita, Thiago recebeu passe de Pagodinho e, de primeira, chutou forte, no travessão.

Aos 40, O Goleiro Léo Flores acertou um lindo chute forte quase do meio campo numa falta cobrada, mas o seu xará Léo goleiro do Boavista fez uma linda defesa.

Na volta do intervalo, a partida começou mais igual mas, aos dez minutos, saiu o gol dos visitantes. Edu recebeu um passe perfeito de Maranhão e acertou o ângulo do goleiro Léo Flores.

O jogo, que já era quente, viveu um momento de tensão. Rafinha do Ceres e Pagodinho do Boavista começaram uma pequena discussão, mas sendo amigos nos tempos de Ceres não prosseguiu e acabou segundos depois. 

No fim, o Ceres começou uma pequena pressão em cima do Adversario, mas sem jogadores de criação,a bola não chegava no Centro-Avante Cleiton e com isso nada alterou, Fim de Jogo.

O Grande Destaque do Jogo, era fora de Campo. Filho de Pagodinho Ex Atacante do Ceres e hoje no Boavista. Perguntado para quem torceria, ele foi curto e grosso. '' Para os Dois. Sou Ceres e Boavista''. Sua Mãe não muito contente disse para o filho que ele não poderia ser os dois, tinha que escolher um. Mas ele continuou com o seu pensamento. ''Para os Dois''. 

FICHA TECNICA


Ceres Ceres Futebol Clube 0 X 1 Boavista Sport Clube Boavista- Copa Rio, 1ª fase, Grupo B, 3ª rodada - 10/09/2014 às 15h

Estádio João Francisco dos Santos (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Eduardo de Souza Couto e Flavio Manoel da Silva
Público e Renda: Portões Fechados
Ceres: Léo Flores; Betinho, Caio, Maicon e Rafinha (Rafael 37'/2ºT);Wladimir, Diego, Taylor e Cleiton (Lucas 27'/2ºT); Yan (Vitor 19'/2ºT) e Vitor Castro. Técnico: Leandro Ferreira.
Boavista: Léo; Thiago Câmara, Vitor, Cristiano e Erick; Weverton, Maranhão , Daniel e Jefinho; Pagodinho (Balotelli 44'/2ºT) e Edu (Leonardo 33'/2ºT). Técnico: Marcio Bittencourt.
Cartões amarelos: Betinho (CER); Cristiano, Edu e Daniel (BVT)
Gol: Edu, 10/2ºT (0-1)

 

 


No Encontro com Pagodinho, Ceres enfrenta Boavista de olho na liderança

Clube Celeste enfrenta o líder Boavista no encontro do Atacante Pagodinho com o Ceres, onde é idolo e Artilheiro nos últimos tempos.

 

Postado dia 09/09/2014 ás 15h28

Pagodinho no Boavista e antes no Ceres. (FOTO: Futrio.net/Divulgação)

 

O Ceres enfrenta na tarde desta quarta feira ás 15h00 no João Francisco dos Santos o Boavista do atacante Pagodinho, que foi artilheiro da Serie B do este ano com 15 gols com a camisa Celeste.

Claudio Pagode quase foi para o America, (chegou a assinar um pré-contrato), aonde não chegou a jogar. Tem contrato até o fim do Estadual do ano que vem, com o Boavista.

A Equipe de Bangu conta com o retorno do Goleiro e Capitão Léo Flores, que ficou de fora do jogo contra o Queimados por esta gripado. Além dele, o lateral Betinho também está de volta.

O Ceres tem ainda um retrospecto muito bom dentro de casa. A Último derrota da equipe em casa, foi em 2013. Derrota para o Goytacaz por WO-3x0 em 3 de Abril. Derrota mesmo jogado em campo, foi no dia 10 de Abril do mesmo ano, para o São João da Barra, 2x1. De lá pra cá, foram 15 Jogos, com 8 Vitorias e 8 Empate.

A Equipevai a campo disposto a sair com a vitoria, para Assumir a Liderança do Grupo B da Copa Rio. Se vencer é líder isolado com 7 Pontos. Se Empatar ou Perder, tem que torcer contra o Bangu que enfrenta o Queimados fora na quinta feira, para não perder o Segundo lugar e sair do G2.

Já o Boavista quer a vitoria para poder continuar a Liderança e encaminhar a vaga para a proxima fase. Tudo porque enfrenta o Ceres. Na proxima rodada encara o Queimados fora, o mais fraco do grupo. Independente do resultado do jogo contra o Ceres, Se vencer o Queimados e o Bangu na 5ª Rodada, e haver empate no classico Bangu e Ceres, o Boavista estará Classificado.

Na Últimarodada precisará apenas de um empate contra o Time da Chita para confirmar o primeiro Lugar nos Saldo de Gols. Com Isso estaria Classificado Boavista e Ceres.

Mesmo com pequenas chances de Classificação para a proxima fase da Serie D, o técnico Márcio Bittencourt pretende poupar alguns jogadores e entrar com uma equipe mista para evitar o desgaste do grupo para a rodada do final de semana da competição nacional. 

- Provavelmente entraremos com um time misto pela Copa Rio para evitar o desgaste dos jogadores. Teremos um viagem difícil pela frente. O acesso até Pelotas é muito complicado. Não tem voo direto. Então, pegaremos um avião, depois teremos um longo percurso para percorrer de ônibus. Pensando nisso, devemos poupar alguns jogadores - disse o técnico.

O treinador, no entanto, opta por fazer mistério e não revela que jogadores serão poupados. No Grupo 8 da Serie D com três pontos, o Boavista volta a campon no domingo, às 16h, para enfrentar o Pelotas, no Boca do Lobo.

 

FICHA TECNICA

Ceres Ceres Futebol ClubeXBoavista Sport Clube Boavista- Copa Rio, Grupo B, 3ª rodada - 10/09/2014 às 15h
Estádio: João Francisco dos Santos (Rio de Janeiro-RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes 1: Eduardo de Souza Couto
Assistentes 2: Flávio Ribeiro Aguiar
4° Arbitro: Fabricio Ribeiro Aguiar 

CERES: Léo Flores; Lucas Silva, Maicon, Caio e Diego Maia; Taylor, Cleyton, Betinho e Cleiton; Yan e Lucas Tavares. Tecnico|:| Leandro Ferreia

BOAVISTA: Dida; Leomir, Bruno Costa, Leandro Souza e Nil; Vitor Faíska, Adriano, Willian Maranhão, Juninho e Willian Bersan; Claudio Pagodinho. Técnico|:| Marcio Bittencourt.

 

 


Ceres vence Queimados e assume a Vice Liderança do Grupo B

Equipe Celeste venceu fora de casa, e com o empate entre Bangu e Boavista, ficou na vice liderança do Grupo B com 4 Pontos. Já o Queimados está em último com nenhum ponto.

 

Postado dia 03/09/2014 ás 19h30

Ceres venceu o Queimados no Nivaldão, Estádio do Artsul. (FOTO: Futshow )

 

O Ceres conquistou uma importante vitória nesta quarta-feira (3). No Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu, os comandados de Leandro Ferreira derrotaram o Queimados por 2 a 0 e assumiram a vice-liderança do Grupo B da Copa Rio, com os mesmos quatro pontos do Boavista. A desvantagem é no saldo de gols.

Logo no começo, quem assustou foi o Queimados. Aos dois minutos. Thiago chutou da entrada da área e a bola passou rente ao travessão. Porém, no seu primeiro ataque, o Ceres abriu o marcador. Aos nove minutos, Diego Maia cruzou da esquerda, a defesa parou pedindo impedimento e Lucas Tavares ganhou do goleiro na dividida, bateu para o gol vazio e fez 1 a 0.
Pouco depois, Thiago novamente chutou da entrada da área mas, desta vez, Felipe teve que trabalhar e espalmou para escanteio. O Queimados era melhor no jogo e dominava a posse de bola, mas errava o último passe, o que facilitava o trabalho da defesa celeste. 
Aos 28 minutos, o Ceres perdeu uma grande chance para ampliar. Deyvison bobeou, perdeu a bola para Rafael, que avançou e deixou Lucas Tavares na cara do gol, mas dessa vez, o atacante chutou fraco e Everton fez a defesa. Nervoso, o Queimados errava muitos passes e dava os contra-ataques para o Alviceleste.
Cleyton Machado roubou a bola no meio campo aos 41 minutos, tabelou com Lucas Tavares, mas bateu desequilibrado e Everton defendeu com as pernas. Em seguida, Deyvison falhou dentro da área e de cara com o gol, Rafael tentou dar um balão no goleiro ao invés de chutar e Everton defendeu, fazendo com que a primeira etapa acabasse 1 a 0 para a Ceres.
As duas equipes voltaram para a segunda etapa com seus objetivos traçados. O Queimados buscou o ataque e o Ceres se fechou na defesa para explorar os contra-ataques. E em mais uma bobeira da defesa Queimadense, o Alviceleste ampliou. Felipe cobrou o tiro de meta, Rafael desviou de cabeça e Cleiton Silva ficou na cara do gol e encheu o pé, fuzilando Everton para fazer 2 a 0.
Logo depois, o Queimados quase diminuiu. Rai invadiu a área pela esquerda e soltou uma bomba. O goleiro Felipe espalmou e no rebote, Vitinho não conseguiu cabecear para o gol vazio e perdeu uma grande oportunidade. Porém, muito nervoso, o Alvinegro errava muito e pouco assustou a meta de Felipe. O Ceres se fechou na defesa e segurou a vitória por 2 a 0.
 
Na próxima rodada, a última do primeiro turno, o Ceres enfrenta o Boavista no João Francisco, em Bangu, enquanto o Queimados visita o Bangu, em Moça Bonita, ambos na quarta-feira (10).
FICHA TECNICA
 
Queimados 0 x 2 Ceres - Copa Rio, 2ª rodada do Grupo B - 03/09/2014
Estádio Nivaldo Pereira (Nova Iguaçu – RJ) 
 
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano  
Assistentes: Tarsio Monteiro Lago e Itande Carneiro de Mendonça Silva
Queimados: Everton; Pop, Victor, Fidélis e Deyvison (Vitinho – intervalo); Luan, Rafinha, Marvyn e Thiago; Rai e Celsinho. Técnico: Claudinei Martins.
 
Ceres: Felipe; Lucas Silva, Caio, Maicon e Taylor; Cleyton Machado, Yan, Diego Maia e Lucas Tavares (Romarinho 33’/2ºT); Cleiton Silva e Rafael (Edson 29’/2ºT). Técnico: Leandro Ferreira.
 
Cartões amarelos: Fidélis, Luan e Thiago (QUE); Lucas Tavares e Maicon (CER)
Gols: Lucas Tavares 9’/1ºT (0-1); Cleiton Silva 17’/2ºT (0-2)
Público e renda: portões fechados

 
 

Ceres enfrenta Queimados de olho na Liderança do grupo B 

Equipe Celeste pode chegar a Liderança do Grupo, caso vença o Queimados,e o Bangu o Boavista, e ainda fazer mais gols que o Alvirrubro, para assumir a liderança pelo saldo de gols.

 

Postado dia 03/09/2014 ás 09h26

Dionisio foi regularizado, mas fica no banco. (FOTO: Divulgação)

 

O Ceres encara hoje o Queimados fora de casa, e quer a vitoria para poder quem sabe dormir na Liderança do Grupo B da Copa Rio. Para o time celeste assumir a Liderança, terá que ganhar e o Bangu vencer o Boavista para poder assumir pelo Saldo de Gols, e fazer mais gols que o Alvirrubro.

O Atacante Léo Costa, reforço que o Ceres contratou no Sábado (30), não foi regularizado a tempo, por isso está fora da partida. A Tendencia é ele estrear na proxima rodada, quarta feira (10) contra o Boavista. Este jogo marcará o reencontro do Ceres com o artilheiro Pagodinho, por onde jogou 4 anos seguidos, marcando 46 gols.

Mesmo Favorito do confronto, o Tecnico Leandro Ferreira pede respeito ao Queimados: 

– Todos os jogos são muito difíceis. O Claudinei é um grande treinador, teve uma semana para trabalhar com a equipe dele e terá mais jogadores a disposição. Vamos em busca da vitória, mas pode ter certeza que não será uma partida onde encontraremos facilidades – afirmou o treinador, em entrevista ao Futrio.

Para a Partida contra o Queimados, o treinador terá a disposição quase todo o elenco. Exceto Léo e alguns jogadores que ainda negociam suas pendências pela a regularização. 

Já o Queimados não regularizou seus jogadores, e a equipe novamente irá jogar com apenas 10 jogadores, assim como foi na derrota para o Boavista por 6x0.

O Time tem apenas seis jogadores inscritos para jogar, Com isso mais cinco amadores (jogadores abaixo de 20 anos que ainda não têm contrato profissional).

Contra o Boavista, o Queimados entrou em campo com 10 Jogadores. Porém o Zaqueiro Roberto foi expulso. Com isso o time deve entrar em campo com 9 em campo, ou convocar mais um jogador amador.

 

FICHA TECNICA
Queimados X Ceres - Copa Rio, Grupo A, 2ª rodada - 03/09/2014 às 15h
Estádio|:| Nivaldo Pereira (Nova Iguaçu - RJ)
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano
Assistentes: Tarsio Monteiro Lago e Itande Carneiro de Mendonça Silva

QUEIMADOS: Luis Claudio; Julio Cesar, Flavio e Dayvison; Rodrigo, Marvyn e Caio Lima; Thiago Luis e Celsinho. Tecnico|:| Claudinei Borges

CERES: Léo Flores; Lucas Silva, Cleyton, William e Diego Maia; Taylor, Maicon, Betinho, Cleiton; Yan e Lucas Tavares. Tecnico|:| Leandro Ferreia

 

 


Ceres acerta com atacante Léo Costa para a Copa Rio

Clube Está esperando a Tranferência Internacional do Vietnã. Caso não consiga estrear contra o Queimados, jogará contra o Boavista dia 10 de Setembro no João Francisco dos Santos.

 

Postado dia 31/08/2014 ás 17h35

Léo de 30 Anos. (FOTO:Ogol.com)

 

O Ceres Já acertou com um reforço para ser o ''Novo Pagodinho'', Trata-se do Atacante Leonardo Aleixo da Costa, o Léo Costa de 30 Anos, que atuou no Castelo Branco em 2007. O Reforço tem 2,03 Metros de Altura.

Além do Vietnã, jogou também pelo Volyn Lutsk (UCR) e Hamm Benfica (LUX). Começou nas categorias de base do Olaria, mas jogou por Miguel Couto, Semeando Cidadania e Castelo Branco.

O Ceres está esperando a Tranferência Internacional do Vietnã. Caso não consiga estrear contra o Queimados, jogará contra o Boavista dia 10 de Setembro no João Francisco dos Santos. 

Léo Costa jogou no Volyn em 2010 e foi companheiro de Ataque de Maicon Oliveira Ex Fluminense e Flamengo que morreu aos 25 anos, em Fevereiro deste ano, em acidente de carro na Ucrânia.

A Equipe contra o Bangu tinha só 13 Relacioandos. 11 Titulares e 2 Reservas, sendo um deles goleiro. Para a Proxima partida contra o Queimados, a Equipe terá 12 ''Reforços'', É que o Clube regularizou os outros jogadores.

Dos 12 que foram regularizados, destaque para o Meia Douglas Silva de 34 Anos e que já atuou no Ceres, e também Dionisio de 43 Anos que é Ídolo do Ceres e também do rival Bangu, onde atuou em 1987, marcando o gol da vitória sobre o Vasco, no Maracanã, que deu o título do Campeonato Carioca de Juniores ao clube.

O Ceres irá aproveitar os jogadores da base para fazer um teste para a Série B de 2015. O Clube deve mesclar Experiencia com Juventude, para poder fazer um bom campeonato e tentar a Inédita Classificação a Serie A do Carioca.

O Time Celeste joga Quarta Feira(3) contra o Queimados 15h00 no Nivaldo Pereira. No Classico da Zona Oeste, Ceres e Bangu se enfrentam dia 17 de Setembro em Moça Bonita pela 4ª Rodada da Copa Rio 2014. Este Jogo diferente do jogo da ida, terá Venda de Ingressos. A Torcida do Ceres deve está presente neste grande jogo.

 

 

 


Em Jogo Movimentado, Ceres e Bangu empatam em 0 a 0 

Na próxima quarta-feira(3), O Ceres enfrenta o Queimados, no Nivaldão, ás 15h00. Já o Bangu recebe o Boavista, também quarta,15h,em Moça Bonita.

 

Postado dia 27/08/2014 ás 20h35

Ceres e Bangu empatam na Rua da Chita. (FOTO: Bangu AC/Futshow)

 

O Esperado dérbi banguense reservou aos torcedores um bom espetáculo, mas nenhum gol. Nesta quarta-feira (27), Ceres e Bangu ficaram no empate em 0 a 0, pela estreia dos dois times na Rua da Chita.
O duelo foi marcado por boas oportunidades de gol, especialmente do Bangu, e um futebol ofensivo, já o Ceres pouco chegava, mas quando chegava , era com perigo.
Na próxima quarta-feira(3), O Ceres enfrenta o Queimados, no Nivaldão, ás 15h00. Já o Bangu recebe o Boavista, também quarta,15h,em Moça Bonita. O Classico do jogo de volta, será no dia 17 de Setembro, no Moça Bonita, ás 15h00 com Venda de Ingressos.
O JOGO

A primeira chegada de perigo do jogo aconteceu aos quatro minutos e foi do Bangu. Everton cruzou e Rafael Santos tocou para fora. O Ceres buscou responder numa boa chegada de Yan, que correu pela esquerda, mas acabou travado pela defensiva rival. O Bangu voltou a chegar quando Matheus Pimenta recebeu na área e foi calçado na área por Maicon. Na sobra, Daniel Marins levou vantagem, mas chutou por cima da meta.

Com mais posse de bola, o Ceres cercava mais a área do Bangu, mas também permitia mais oportunidades aos adversários. Aos 34 minutos, novamente Pimenta recebeu bola após passe de Magno. Mesmo errando o tempo da pelota, ele ajeitou o corpo e disparou, perigosamente perto da trave de Leo Flores. Mas a chance mais clara veio quando Daniel Rozen ficou sozinho na área e chutou para fora, após corta-luz de Daniel Marins.
Torcedor da um jeitinho, para ver seu Bangu. (FOTO: BanguAC/Futshow)


Na segunda etapa, o Bangu voltou mais ofensivo, com Thiago Leonídio no lugar de um lesionado Luiz Filipe. Diante de um Ceres que passou a valorizar mais o contra-ataque, o time de Moça Bonita buscou mais o gol, sobretudo com Matheus Pimenta, que finalizava e criava espaços como podia. Daniel Marins tentava se mexer, mas estava muito marcado.

Já perto da metade do segundo tempo, Pimenta trocou passes com Magno pela esquerda da área e soltou uma bomba, que passou raspando o travessão de Leo Flores. Os donos da casa chegavam com Cleiton e foi o camisa 10 que quase tirou o zero do placar: ele deu um belo drible em Everton e chutou na direção da área, mas Lucas não conseguiu chegar na bola.

A pressão, nos minutos finais, foi do Bangu, mas a bola não entrou. Aos 44, Daniel Marins chegou a marcar pelo Bangu, mas estava impedido após o chute cruzado de Magno. Mesmo nas cobranças de falta de Daniel Rozen e Antonio Carlos, a rede não balançou e o zero a zero marcou o reencontro dos dois times de Bangu, seis anos após o primeiro jogo da história do confronto, que também terminou sem gols.
FICHA TECNICA

Ceres 0x0 Bangu - Copa Rio, Grupo B, 1ª rodada - 27/8/2014 às 15h

Estádio João Francisco dos Santos (Rio de Janeiro - RJ)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: André Roberto Silveira e Francisco Pereira de Sousa

Ceres: Leo Flores; Lucas Silva, Maicon, Cleyton e Diego Maia; Betinho, Rafael, Edson (Fabricio 28'/2ºT) e Cleiton; Yan e Lucas. Técnico: Leandro Ferreira.

Bangu: Fernando Cunha; Everton, Rafael Sales, Luiz Filipe (Thiago Leonídio - intervalo) e Guilherme; Rafael Santos, Thiago Conceição (Steve 30'/2ºT), Magno e Daniel Rozen (Antonio Carlos 30'/2ºT); Daniel Marins e Matheus Pimenta. Técnico: Mário Marques.

Cartões amarelos: Maicon (CER); Everton, Luiz Filipe, Thiago Leonídio (BAN)

Público e renda: portões fechados

 

 

 


Claudio Pagodinho agradece Ceres no twitter, pelo o carinho do clube 

Clube de Bangu e Atacante do Boavista trocam mensagens de carinho no Twitter. Clube deseja a volta do atacante, porém ele despista.

 

Postado dia 26/06/2014 ás 22h55

Ceres e CP7 trocam mensagens no Twitter. (FOTO: Futshow/twitter)

 

Ceres Futebol Clube e Cláudio Pagodinho trocaram mensagens de Agradecimento na noite desta Terça(26).  Ápos o Twitter Oficial do Ceres desejar sorte ao jogador durante sua passagem pelo o Boavista.

Pagodinho respondeu agradecendo pelo o carinho que o clube da chita tiveram com ele. O Clube aproveitou para poder ''convoca-lo'' há um dia Pagode poder voltar a jogar no clube de bangu.

Vestindo as cores azul e branca do Ceres, o atacante de 28 anos se cansou de marcar gols nos últimos anos e sempre esteve presente na parte de cima da lista da artilharia da competição. Agora, o jogador tem o desafio de ajudar o Boavista na Série D do Campeonato Brasileiro. 

Claudio Pagodinho (Verde) no jogo-treino do Boavista. (FOTO: Müller Souza/Globo.com)

 

Os números de Cláudio Pagodinho na Série B do Carioca são indiscutíveis. Nas últimas quatro edições, ele marcou nada menos que 46 gols: 15 em 2014, 10 em 2013, 12 em 2012 e 9 em 2011, todos defendendo o Ceres. Mesmo com o bom desempenho, ele só conseguiu terminar a competição como artilheiro isolado este ano.

Até Agora, no Boavista, Pagode em 5 Jogos fez 2 Gols. Ele é o Artilheiro do Boavista na Serie D do campeonato brasileiro.

No Dia 10 de Setembro, Ceres e Boavista se enfrentarão no Estádio João Francisco dos Santos. Jogo importante para o CP7 que enfrentará seu Ex Clube, que o colocou na ''Fama''.

Claudio Pagodinho é atualmente ainda, o Artilheiro Carioca no Ano de 2014, com 17 Gols. Atras de CP7 está o Atacante Alecsandro do Flamengo, com 16.

 

 


Ceres x Bangu - O Classico da zona oeste depois de 6 anos

Azul Celeste e Alvirrubro se enfrentam depois de 5 anos. Torcidas querem acompanhar o jogo,mas devera ser com portões fechados.

 

Postado dia 11/08/2014 ás 14:02

As Torcidas Organizadas de Ceres e Bangu estaram presente no jogo de volta. (FOTO: Futshow)

 

Depois de 6 Anos, Ceres e Bangu vão voltar a se enfrentar. Dessa vez não vai ser no Carioca e sim na Copa Rio, Algo Inédito.

O Primeiro jogo entre os clubes, foi realizado em 06 de Agosto de 2008, com a vitoria do Bangu por 3x1 realizado em Moça Bonita. Nessa Época se enfrentaram pelo o Carioca Serie B.

Esse Jogo teve um golaço Historico marcado por Hiroshi, Ex Resende. Ele recebeu já girando pra cima do Marcelão e bateu do meio de campo, encobrindo o goleiro. Um Golaço !!!

 

Veja Aqui > https://www.youtube.com/watch?v=E_IBkvJH0qY

Hiroshi marcou um golaço no Classico 'Banres' em 2008. (FOTO: Santos Souza / Futshow )

 

O Segundo foi realizado no ''Ceres Arena'', no João Francisco dos santos, com a derrota novamente do Ceres, desta vez por 5x0.

De la pra cá, nunca mais se enfrentaram, mas a rivalidade de sempre continua. Os Cluber ira se enfrentar 2 vezes. A Primeira no estadio do ceres dia 27 de Agosto, e a segunda no Moça Bonita.

A Copa Rio começa dia 20 (Quarta) com abertura de Duque Caxiense X America-RJ e Audax Rio X Volta Redonda ambos as 15h00

Ceres e Bangu é dia 27 ás 15h00 no João Francisco dos Santos, Rua da Chita, em Bangu, Zona Oeste do Rio.

 

                           

 

 


LUTO! Ceres perde seu Roupeiro Zé Ferreira

Roupeiro estava no Ceres Futebol Clube a 24 Anos. Um Mito do Clube da Zona Oeste. 

 

Postado dia 02/08/2014 ás 11:27

 

Uma Perda! O Verdadeiro sentimento neste momento é a saudade, a dor da perda e também o arrependimento por ter falado demais ou, de menos. É um momento complicado para quem fica, pois, são os vivos que continuam com a consciência da existência, quanto os que partiram, deixaram tudo para trás…  José Ferreira 

 

05/07/1950 + 02/08/2014 

Homenagem do Ceres, aos 24 Anos prestados de José Ferreira ao Clube.

 

Nossos Sentimentos a Todos. Os Familiares, Os Torcedores, Os Dirigentes, e os Amigos. Nossos Sentimentos do Site Futshowrio. 

 

 

 

 

 


Ceres estaria negociando com atacante Allan ex america

Time da Rua da Chita tenta montar um bom ataque para o ano que vem: Pagodinho e Allan

 

Postado dia 08/07/2014 ás 15:11

 

Allan Ex America e Pagodinho Ex Ceres que esta no america. (FOTO: Arte/Futshow)

 

O Ceres Está Mesmo, disposto a montar um Elenco Forte para tentar o Acesso Inédito a Primeira Divisão do Carioca de 2015. O Azul Celeste pode está negociando com o Artilheiro Allan Ex America e Barra da Tijuca.

Allan Foi o Artilheiro da Serie B do Carioca da Segundona de 2013 com 18 Gols com a camisa do America, Pagode no Ceres ficou em Terceiro com 10.  Já na Serie B deste Ano , Pagodinho ficou em Primeiro com 15 Gols e Allan foi o Segundo com 12 pelo Barra da Tijuca.

Caso a Contratação se realize, Allan poderá fazer o Quarteto Ofensivo, da Rua da Chita, com Pagode, Eudes, e Chalita. 

Claudio Pagodinho, CP7 como é conhecido , Foi Anunciado Recentemente como o Reforço do America para a Disputa da Copa Rio. Mas para o Carioca da Segundona , ele provavelmente deve voltar ao Ceres.

 

 


Ceres empata com o Sampaio Corrêa em Moça Bonita

João Rodrigo abriu o placar para o Galinho da Serra e Luiz Gustavo deixou tudo igual

 

Postado dia 18/03/2013 ás 13:09

Na Quarta, Se o America-TR, Mesquita e Cabofriense perder, O Ceres assumi a Liderança. (FOTO: Futshowrio)

 

Na tarde deste domingo (17), Ceres e Sampaio Corrêa empataram por 1 a 1 em Moça Bonita em jogo valido pela quarta rodada da Taça Santos Dumont. Com o resultado o time da Zona Oeste chegou aos quatro pontos na competição e ficou em quinto do Grupo A. Já o Galinho da Serra tem sete pontos e assumiu a quarta colocação da Chave B.

O Ceres começou dominando a posse de bola enquanto o Sampaio Corrêa se defendia e tentava sair nos contra ataques. Entretanto, a primeira oportunidade só aconteceu aos 14 minutos. Paulo Victor fez grande jogada individual, passou por dois marcadores, invadiu a área e bateu rasteiro no canto esquerdo, mas Wagner Braz fez grande defesa e espalmou para escanteio.

Sem conseguir sair para o ataque, o Sampaio apenas olhava o Ceres jogar. Aos 29 minutos, foi à vez de Luiz Gustavo fazer grande jogada individual, passar pelo marcador e bater para o gol, mas a bola passou rente a trave direita e foi para fora. A primeira chance do Galinho da Serra foi aos 35 minutos. Após cobrança de escanteio, a zaga não afastou e a bola sobrou para Rômulo que encheu o pé, mas a bola explodiu na defesa.

No fim da primeira etapa, o Sampaio Corrêa começou a sair para o jogo e quase abriu o placar em cobrança de falta de longe. Léo Fumaça bateu forte e Léo Flores fez grande defesa, salvou o Ceres e o primeiro tempo acabou 0 a 0.

A segunda etapa começou diferente da primeira e o Sampaio Corrêa abriu o placar logo aos quatro minutos. Rodrigo cobrou escanteio do lado direito de ataque, a zaga não afastou e a bola sobrou para João Rodrigo que se enrolou na primeira tentativa, mas mesmo caído, mandou para o fundo das redes. Aos nove minutos, o autor do gol saiu machucado e Ramon entrou em seu lugar. Na sua primeira jogada no jogo ele quase ampliou. O atacante foi lançado e tentou encobrir Léo Flores, mas mandou para fora.

Em seguida, Paulo Victor chutou de fora da área e o goleiro Wagner Braz quase se complicou, mas fez a defesa com as pernas. Aos 14 minutos, veio o empate. Após lançamento longo, Baiano ficou com a bola no campo de ataque, passou para Paulo Victor que rolou para Luiz Gustavo mandar uma bomba de fora da área e marcar um golaço.

Luiz Gustavo estava inspirado e quase marcou outro golaço aos 21 minutos. Ele arrancou pela ponta direita, passou pelo primeiro marcador, jogou entre as pernas do segundo e bateu de pé esquerdo, mas a bola passou rente ao ângulo direito de Wagner Braz e foi para fora.

Tentando sair com a vitória em casa, o Ceres buscou o ataque. Aos 32 minutos, Luiz Gustavo cruzou, Caio cabeceou forte e Wagner Braz fez um verdadeiro milagre e espalmou para escanteio. Em seguida, Willian Bersan fez grande jogada individual pelo lado esquerdo de ataque, invadiu a área, mas foi travado na hora do chute.

No fim do jogo, o cansaço atrapalhou as duas equipes que começaram a errar muitos passes e o placar ficou mesmo no 1 a 1.

Na Proxima Rodada, o Ceres jogaria contra o Juventus mas o time foi Exlcuido da competição, então o ceres irá ganhar por WO (3x0). Se o America-TR, Mesquita e Cabofriense perder, O Ceres assumi a Liderança do Grupo A. 

O time da Zona Oeste só volta a campo no sábado (23) contra o Angra dos Reis no Estádio João Francisco. Já o Sampaio Corrêa recebe o Cabofriense no Lourival Gomes. os dois jogam são as 15h30.

A partida
Ceres 1 x 1 Sampaio Corrêa – Taça Santos Dumont, 4ª rodada – 17/03/2013

Estádio de Moça Bonita (Rio de Janeiro – RJ)
Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho
Assistentes: Daniel de Oliveira Alves Pereira e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha

Ceres: Léo Flores; Luiz Gustavo, Daniel (Thomas 21’/2ºT), Brito e Vaguinho; Caio, Maicon, Xande e Baiano (Bruno Barbosa 16’/2ºT); Claudio Pagodinho e Paulo Victor. Técnico: Floraci Pereira.

Sampaio Corrêa: Wagner Braz; Ênio, Jadson, Léo Fumaça e Davi; Cássio (Victor Silva 31’/2ºT), Adriano, Rodrigo e Willian Bersan; João Rodrigo (Ramon 9’/2ºT) e Rômulo (Léo Santos 18’/2ºT). Técnico: Rafael Soriano.

Gols: João Rodrigo 4’/2ºT (0 – 1); Luiz Gustavo 14’/2ºT (1 – 1)

Cartões amarelos: Brito e Maicon (CER); Cássio e Davi (SAM)

Público: 203 pagantes (303 presentes)
Renda: R$ 2.005,00

 

 

 


Com Três de Pagodinho, Ceres goleia Artsul por 5x2

Derrota afunda Artsul e deixa equipe na lanterna geral da série B

 

Postado dia 13/03/2013 ás 19:26

Ceres goleou Artsul fora de casa. (FOTO: Futrio )

 

Artsul e Ceres se Enfrentaram Nesta quarta (13) no estádio Nivaldo Pereira em partida adiada da primeira rodada, essa historia mudou. O Time da Zona Oeste venceu e conveneu.

Com amplo domínio no primeiro tempo, o time marcou dois ainda antes da parada técnica: o primeiro foi de de Pagodinho, que completou cruzamento de Vitor; o segundo, de Paulo Vitor, de cabeça, após cruzamento da direita.

Apesar da superioridade ampla no jogo, o Artsul diminuiu, aos 45, com Lucas. Esse foi apenas o segundo chute a gol do time na primeira etapa.

O Tricolor da Dutra equilibrou as ações no segundo tempo e empatou o jogo aos 6, com Vitor. A bola bateu na zaga e matou o goleiro. Mas a reação parou por aí. Aos 13, Paulo Vitor marcou o terceiro em chute cruzado. O Artsul abateu-se com o gol. Sobrou desorganização e espaços na zaga.

Cláudio Pagodinho aproveitou pra se consagrar marcando mais dois: o primeiro de cabeça e o segundo em linda cobrança de falta. Números finais: Artsul 2 x 5 Ceres.

Com o resultado Alvi-Anil agora é o quarto colocado do grupo A da série B com três pontos; O Artsul é o lanterna geral, com saldo de -7 gols.

 

Pagodinho fez Três gols. (FOTO: Divulgação )

 

A partida
Artsul 2 x 5 Ceres – Taça Santos Dumont, 1ª rodada – 13/03/2013

Estádio Nivaldo Pereira (Nova Iguaçu – RJ)
Árbitro: Rodrigo Saraiva Castanheira
Assistentes: Márcio Moreira Queiroz e Patrícia Silveira R. da Silva

Artsul: Leonardo, Pedro, Mateus, Welligton, Vitor; Leandro, Arthur (Wesley), Jean e Lucas; Rômulo, Alexandre (Renan). Técnico: Carlos Tozzi.

Ceres: Léo Flores, Daniel, Brito e Caio; Vitim, Maicon, Xande, Miller (steve) e Vaguinho; Cláudio Pagodinho, Paulo Vitor. Técnico: Floraci Pereira

Cartões amarelos: Mateus (ART)

Gol: Cládio Pagodinho 7′/1ºT (0-1), Paulo Vitor 38′/1ºT (0-2), Lucas 45′/1ºT (1-2), Vitor 6′/2ºT (2-2), Paulo Vitor 13′/2ºT (2-3), Cláudio Pagodinho 20′/2ºT (2-4), Cláudio Pagodinho 24′/2ºT (2-5)

Público: portões fechados

 

 

 

 

 

 


Portuguesa vence Ceres por 2x0 no Luso Brasileiro

Amaral marca de novo e Lusa Carioca faz 2 a 0, ficando na vice-liderança da chave  

 

Postado dia 9/04/2013 ás 18:45

Lusa venceu o Ceres no Luso. (FOTO: Divulgação)

 

A Portuguesa manteve os 100% de aproveitamento na Série B do Campeonato Carioca. Na tarde deste sábado (9), pela terceira rodada da Taça Santos Dumont, a equipe insulana derrotou o Ceres por 2 a 0, gols de Sassá e Amaral. Com o resultado, alcançou a vice-liderança, com seis pontos em dois jogos. O Ceres, que fez sua estreia, é o lanterna, sem pontuar.

Diante de um primeiro tempo com poucas oportunidades, a Portuguesa aproveitou a melhor que teve. Aos 34 minutos, Guilherme cobrou escanteio e Sassá subiu e desviou de cabeça, sem chances para Léo Flores. A melhor chance do Ceres foi no finzinho: Borges e Cláudio Pagodinho trombaram e a bola sobrou para Paulo Victor; da pequena área, o jogador chutou pra fora.

Logo aos 5 da segunda etapa Cláudio Pagodinho chutou de fora da área obrigando Borges a fazer bela defesa. Três minutos depois, porém, a Portuguesa ampliou: Amaral, da meia lua, cortou para esquerda e acertou chute indefensável. Sassá, aos 19, quase marcou o terceiro após aproveitar cobrança de escanteio.

O Ceres foi ao ataque, criou algumas poucas chances, mas não as aproveitou. A Portuguesa administrou o resultado e conquistou mais uma vitória. Na próxima rodada, a Lusa visita o Tigres do Brasil; já o Ceres, recebe o Sampaio Corrêa.

A partida
Portuguesa 2 x 0 Ceres – Taça Santos Dumont, 3ª rodada – 09/03/2013

Estádio Luso Brasileiro (Rio de Janeiro-RJ)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Rafael da Silva Coimbra e Thiago Rosa de Oliveira

Portuguesa: Borges; Formiga (Leandrinho 32′/1°T), Marlon, Jordan e Wallace; Clebão, Sassá, Márcio Gomes e Guilherme (Gilmax 19′/2°T); Juninho e Amaral (Fu 31′/2°T). Técnico: Manoel Neto.

Ceres: Léo Flores; Gustavo, Britto, William e Waguinho; Cayão (Arthur 30′/1°T,  Ronan 27′/2°T), Alexandre, Paulo Victor e Miller; Baiano e Cláudio Pagodinho. Técnico: Floraci Pereira.

Cartões amarelos: Marlon e Amaral (POR); Arthur (CER)

Gols: Sassá 34′/1°T (1-0); Amaral 8′/2°T (2-0)

Público e Renda: portões fechados

 

 

 

 


Especial Carioca Serie B: Ceres vai como favorito para a vaga na Serie A em 2014

Léo, é a Estrela do Ceres. (FOTO: Ferj/Futshow)

 

O Ceres como nos últimos anos, manteve a base do time. Nos Últimos Dois anos (2011,2012) O Ceres tem ido para a Fase Final. Pensando em repetir a boa campanha, mas dessa vez melhor, o time de Bangu manteve a boa base do último elenco. Nomes como o Goleiro Léo Flores, Lateral Betinho, Zagueiros Daniel, Wiliiam, Volantes Arthur, Alexandre, Vitor Aragão e Maicon estão no Elenco deste ano.

Voltou de Emprestimo, o Atacante Claudio Pagodinho, que estava no Madureira. Em Relação ao ano passado, O Ceres perdeu peças importantes este ano. O Meia Douglas Silva acertou com o Bonsucesso. o atacante Leandrinho acertou com a Portuguesa-RJ. O Atacante Igor acertou para jogar no Emirados Arabes. O Atacante Flavio Barros também deixou a equipe, e acertou com o 4 de Julho do Piaui. O Meia Eudes e o Lateral Esquerdo Diego Maia, estão emprestados até o fim do carioca, para Bangu e Audax, Respectivamente.

Chegaram Vitor Castro do Botafogo, Paulo Victor do Barra Mansa e Tiago Santos. Além deles, chegou o Caio Ex São João da Barra e Serra Macaense. Em 2008 nos Tempo de Juniores, Caio formava uma otima dupla de zaga com o Maicon. que hoje com o Tecnico Floraci joga de volante.

Além de Perder otimos Jogadores, O Ceres perdeu também na Comissão Tecnica. Deixaram a Equipe, o Supervisor de Futebol Misael Souza, e os Irmãos Preparadores Físicos, Gui e Beto Leandro. 

 

TIME BASE:  1 Léo Flores ; 2 Betinho, 3 Daniel, 4 Wiliiam, e 6 França; 5 Arthur, 7 Maicon, 8 Vitor Castro e 10 Paulo Victor; 11 Pagodinho e 9 Bruno Barbosa. 

 

 

O TREINADOR: FLORACI PEREIRA

 

 

 

ESTÁDIO: JOÃO FRANCISCO DOS SANTOS

 

 

CARIOCA SERIE B - COLOCAÇÃO NOS ÚLTIMOS ANOS : 

 

SERIE B 2012 - 6º LUGAR -  72 PONTOS - 42 JOGOS - 21 VITORIAS - 9 EMPATES - 12 DERROTAS 

SERIE B 2011 - 6º LUGAR -  62 PONTOS - 40 JOGOS - 18 VITORIAS - 8 EMPATES - 14 DERROTAS

SERIE B 2010 - 15º LUGAR - 23 PONTOS - 16 JOGOS - 7 VITORIAS - 2 EMPATES - 7 DERROTAS 

 

 

 

TABELA - CARIOCA SERIE B 2013:

 

1ª RODADA - 02/03/2013 - 15:00 - SERIE B - CERES X ARTSUL - NIVALDO PEREIRA - 

2ª RODADA - 06/03/2013 - 15:00 - SERIE B - CERES X RIO BRANCO - JOÃO FRANCISCO -

3ª RODADA - 09/03/2013 - 15:00 - SERIE B - CERES X PORTUGUESA-RJ - LUSO BRASILEIRO -

4ª RODADA - 16/03/2013 - 15:00 - SERIE B - CERES X SAMPAIO CORREA-RJ - JOÃO FRANCISCO

5ª RODADA - 20/03/2013 - 15:00 -  SERIE B - CERES X JUVENTUS-RJ - JOÃO FRANCISCO DOS SANTOS

 

 

 


Ceres acerta com Zagueiro Caio Ex Serra Macaense

Novo Reforço do Ceres, Jogou a Serie B 2011 pelo o São João da Barra e 2012 pelo o Serra Macaense.

 

Postado dia 23|02|2013 ás 17:22

Caio já foi apresentado. (FOTO: Futshowrio)

 

Depois de Vitor Castro (ex-Botafogo) e Paulo Vitor (ex-Barra Mansa), o Ceres acertou com um reforço conhecido da torcida Banguense. Trata-se de Caio Cesar, Ex São João da Barra e Serra Macaense. 

Caio vestiu a camisa do Céres em 2008, quando a Equipe quase caiu para a Serie C. O Zagueiro chega para tentar a Titularidade, já que nos Últimos anos, a Equipe vem mantendo a base da zaga, com Daniel, Willian, Gustavo e Maicon, que com o Treinador Floraci Pereira joga de Volante.

Caio falou com Exclusividade ao Futshow Rio. 

"Todos estão dispostos a superar as dificuldades e vêm se doando com muito empenho nos treinamentos. Já conhecia o trabalho do Floraci e sei que todos vão brigar pelo acesso. Pesou na minha decisão atuar no clube que manteve a base que conseguiu excelentes campanhas nos últimos anos, mas desta vez brigaremos até às últimas rodadas pelo acesso e com muito trabalho vamos chegar à Série A", garante o jogador.

"Na semana passada enfrentamos o Tigres, no sábado, e vencemos por 4 a 3, em Xerém. Foi um bom jogo-treino e o nosso time mostrou virtudes contra um adversário jovem e de excelente condição física, e ontem voltamos à Baixada Fluminense e também em jogo-treino enfrentamos o Nova Iguaçu e, mesmo mostrando bom futebol, fomos derrotados por 1 a 0, mas valeu pela boa impressão que os jogadores observados me causaram", disse Caio.

O Capitão da Equipe do Céres, O Goleiro Léo Flores tambem comentou sobre o Reforço.

"Mesmo com a chegada de jogadores mais rodados, a média de idade do elenco não subiu e o entrosamento que já vem de outros anos continua. O ambiente é o melhor possível e queremos surpreender este ano mas, acima de tudo, conquistando o acesso, e não apenas fazer uma boa campanha. Vamos em busca de algo melhor para o clube e todos nós", disse o arqueiro de 34 anos.

O Clube celeste estreia na Série B do Campeonato Carioca, Sábado, no dia 2 de março, às 15h, contra o Artsul, no Estádio Nivaldo Pereira, em Austin, na Baixada Fluminense.

 

 

 


Aniversariante, Leo Flores confiante no Acesso do Ceres

Com o estádio João Francisco dos Santos passando por reformas, as atividades do alviceleste estão sendo realizadas no SESI.

 

Postado dia 06|02|2013 ás 11:58

Léo no amistoso contra o America-RJ. (FOTO: Lucas Souza / Facebook )
 
 

No dia em que completa 34 anos, o experiente goleiro Leo Flores (foto) é um dos mais felizes com a pré-temporada do Ceres com vistas à Série B do Estadual.

Com o estádio João Francisco dos Santos passando por reformas, as atividades do alviceleste estão sendo realizadas no SESI, em Honório Gurgel, e o grupo vem demonstrando total empenho segundo o arqueiro:

"Mesmo com a chegada de jogadores mais rodados, a média de idade do elenco não subiu e o entrosamento que já vem de outros anos continua. O ambiente é o melhor possível e queremos surpreender este ano, mas acima de tudo, conquistando o acesso, e não apenas fazer uma boa campanha. Vamos em busca de algo melhor para o clube e todos nós", disse.

Léo, Ano Passado completou 100 Jogos, pela o Ceres. (FOTO: Lucas Souza )

 

Após comandar trabalhos táticos na manhã desta terça-feira, o treinador Floraci Pereira mostrou confiança na qualidade do elenco que ainda está aberto a reforços, mas desde cheguem nomes prontos para assumir a titulariedade, mesmo satisfeito com os jogadores contratados e a base mantida:

"É claro que qualquer grande jogador interessa a qualquer clube, mas como temos uma verdadeira família formada há pelo menos três anos posso dizer que o Ceres hoje tem plenas condições de brigar pelo acesso em igualdade com os favoritos, sem desmerecer os concorrentes. A disputa pelas vagas estará entre poucos e o nosso time, por tudo o que já vem sendo feito, está entre os postulantes", disse.

 

 


Ceres reforma estádio, sem deixar de Trabalhar

O Tecnico Floraci Pereira busca definir o elenco até o final de janeiro, quando a equipe deixará Bangu para trabalhar na Vila Militar.

 

Postado dia 25|01|2013 ás 16:04

Ceres em Reforma. (FOTO: Lucas Martins / Futshow)

 

Com a sequência da pré-temporada no Estádio João Francisco até sábado, os jogadores alvicelestes seguem trabalhando com vistas à Série B e, após um mês de atividades, a comissão tecnica do Ceres intensificou o ritmo, principalmente na parte tática. O tecnico Floraci Pereira (foto) busca definir o elenco até o final de janeiro, quando a equipe deixará Bangu para trabalhar na Vila Militar, também na Zona Oeste:

"Já conto com a base dos últimos anos e sigo observando alguns jogadores, tanto dos juniores que subiram agora como os que chegaram no início do ano, para poder definir a equipe que começará o primeiro jogo-treino da nossa programação. Quando voltarmos ao nosso estádio certamente estaremos ainda mais fortes. A reforma nos trará vários benefícios, pois o gramado receberá um tratamento todo especial e a instalação dos refletores nos beneficiará em treinos e jogos noturnos, aplacando o calor, principalmente", disse o comandante.

Por conta das chuvas, Floraci Pereira vem treinando no campo de jogo apenas uma vez por dia e na última quinta-feira as atividades foram realizadas pela manhã, quando foi comandado um treinamento fisico-técnico com minicoletivo ao final. Satisfeito com o empenho dos jogadores, o treinador garante que o Ceres tem tudo para reeditar as campanhas dos anos anteriores, quando o time esteve presente na fase final: 

"O que todos esperamos é que tenha ficado a experiência e venha o amadurecimento este ano para, finalmente, chegarmos ao acesso.  Nosso campo é uma arma, não perdemos no ano passado atuando em casa, mas pontos preciosos ficaram pelo caminho e na reta final já não tínhamos mais chances.  O grupo está consciente de todas as dificuldades da Série B deste ano e quer mostrar logo nas primeiras rodadas que vem forte rumo ao acesso", finalizou.

A estreia do Ceres será no dia 02 de março, atuando no Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu, quando enfrentará o Artsul, às 16 horas.

 

 


Atacante Igor deixa o Ceres e vai para Emirados Árabes

Artilheiro da Equipe do Céres, deixa o Clube e vai defender o Fujarayah dos Emirados Árabes

 

Postado dia 16|12|2012 ás 23:20

 

O Goleador Igor deixa o Ceres, com mas de 30 Gols Marcados em 2 anos. (FOTO: Futshowrio)

 

O Ceres perdeu neste Domingo um grande Jogador para a Disputa do Carioca Serie B. trata-se do Goleador Igor, que ajudou o Ceres na Temporada de 2012 a ficar entre os 5 Primeiros da Fase Final.

O novo time de Igor o Fujarayah já deu a camisa 9 para ele. ele assina por 1 ano. além de Igor, o Fujarayah também tem o Ex Preparador Físico do Céres Beto Leandro. 

Além do novo time do Jogador, outros Clubes também estava Interresados no Camisa 9, mas o Jogador prefiriu o time da Arabia.